Tag Archives: Supers

Aranhaverso da Sony ganha protagonista

Venom, inimigo do Homem-Aranha nos quadrinhos, vai retornar aos cinemas interpretado por Tom Hardy. O anúncio foi realizado pelos estúdios Sony, que está planejando criar um universo cinematográfico aproveitando personagens secundários das revistas do herói. A iniciativa deve chegar aos cinemas em outubro do ano que vem, com direção de Ruben Fleischer (Zumbilândia).

O Gollum da Marvel Comics
© Marvel

Outros projetos que estão sendo elaborados incluem o Sexteto Sinistro, um grupo organizado de inimigos do Homem-Aranha, e uma parceria entre a Gata Negra e Silver Sable, que já enfrentaram e se aliaram ao personagem em várias ocasiões, geralmente sozinhas.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Que tal um projeto que não faz sentido algum? Assinam uma parceria com a Disney para enfiar o Homem-Aranha no universo cinematográfico da Marvel, efetivamente prendendo o personagem em um compromisso gigantesco, mas resolvem continuar fazendo filmes sem ele.

Ok, faz algum sentido – querem imitar o modelo da Marvel aproveitando os poucos direitos que possuem, que pelo jeito inclui todo mundo que já apareceu em uma HQ do cabeça de teia. No quesito popularidade o Venom é um ótimo lugar para começar, provavelmente sendo o mais reconhecível oponente desse herói.

Mas colocá-lo sozinho em um filme significa que vão mudar radicalmente o personagem, desde sua origem como gosma alienígena apaixonada pelo Homem-Aranha, ao seu papel de stalker da identidade secreta dele. Pelo jeito vão manter apenas o visual, que é basicamente o que importa aos fãs desse vilão.

Gostei mais da ideia da Silver Sable e a Gata Negra, mas o que diabos elas fariam em um filme solo também?

Fonte: Blastr

Tagged

S.H.I.E.L.D. sobrevive à temporada de cortes

Agentes da S.H.I.E.L.D. vai ganhar uma quinta temporada, anuncia o canal de televisão americano ABC. Em meio a vários cancelamentos que vão abrir espaço para a nova programação deste ano, a série baseada na agência secreta da Marvel Comics exibe seu episódio final esta semana, e volta no segundo semestre. Todo o elenco atual deve permanecer, a menos que haja alguma reviravolta.

Parece que o misticismo não foi bem aceito
© ABC

Clark Gregg protagoniza como o agente Phil Coulson, introduzido no universo cinematográfico da Marvel no primeiro Homem de Ferro, e removido em Os Vingadores. As primeiras três temporadas estão disponíveis no serviço de streaming de vídeo Netflix.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E seguindo o padrão, devemos ter acesso à quarta temporada logo após sua conclusão nos EUA. Pelo menos isso permite ao telespectador repetir a típica experiência do Netflix, assistir uma tonelada de programas de uma vez só.

Enquanto assisto aos filmes da Marvel pela necessidade fútil de acompanhar todo o material que distribuem, os serializados são uma experiência mais agradável. Agentes da S.H.I.E.L.D. tem melhorado de qualidade com o tempo, sobrevivendo mesmo ao teste da terceira temporada. Parece-me que a quarta teve uma queda de audiência, mas assim que passaram do Motoqueiro Fantasma para a inteligência artificial Aida, ao menos as críticas melhoraram suas avaliações.

Descobriremos em breve, acredito.

Fonte: Deadline

Tagged

Sexta parceria Marvel/Netflix ganha trailer

A Netflix divulgou o primeiro trailer oficial de Os Defensores, sua próxima série de super-heróis em parceria com a Marvel Entertainment. Os protagonistas serão o Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e o Punho de Ferro, todos já com seus próprios seriados disponíveis no serviço de streaming de vídeo.


© Netflix

Os heróis também são acompanhados por seus coprotagonistas, mas a vilã será inteiramente inédita: Alexandra, interpretada por Sigourney Weaver. A personagem aparentemente foi inventada para o programa, não tendo aparecido antes nos quadrinhos.

Todos episódios ficam disponíveis para assinantes a partir do dia 18 de agosto.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Estou completamente atualizado nessa parceria Marvel/Netflix, e obviamente vou assistir boa parte desses Defensores em sua estreia. O trailer é um monte de mais do mesmo, mas pelo menos a série é mais curta que as outras, e parece ter investido a maioria do orçamento em uma boa vilã.

Não tenho o hábito de fazer listas, mas segue uma com minhas preferências, em ordem:

Jessica Jones
Demolidor 2ª temporada
Demolidor 1ª temporada
Luke Cage & Punho de Ferro

Analisando superficialmente, parece que a qualidade do vilão é totalmente responsável pelas minhas preferências. JJ e DD tiveram os melhores, enquanto LC tinha os piores (exceção o Cottonmouth) e PF reciclou os mais fraquinhos do Demolidor (mas os Meachum foram ótimos).

O drama dos protagonistas e as cenas de ação, tão exigidos pelo público, são bem secundários para as minhas preferências, parece.

Fonte: Netflix

Tagged

Overwatch pode ser considerado um sucesso

A Blizzard comemorou recentemente a marca de 30 milhões de jogadores em Overwatch, seu jogo de tiro em primeira pessoa completamente online. O resultado foi obtido em apenas um ano desde o lançamento comercial, alçando o título ao mesmo patamar de sucesso das outras franquias já estabelecidas da empresa: Diablo, Warcraft e Starcraft.


© Blizzard

Em Overwatch duas equipes de seis jogadores se enfrentam em mapas temáticos, podendo escolher entre uma gama de 24 personagens diferentes. Cada um tem seus pontos distintos, bem como personalidades chamativas.

Entre os títulos da Blizzard, ele atualmente perde em número de usuários para Hearthstone, que reúne 70 milhões de jogadores – mas, ao contrário de Overwatch, este é gratuito.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acompanho a Blizzard desde o primeiro Diablo, tendo experimentado um pouco de Warcraft e Starcraft, além de alguns meses em World of Warcraft. Não pulei na onda de Hearthstone já que parecia melhor em plataformas móveis e meu celular não foi contemplado na criação de um aplicativo; e Overwatch evitei porque jogos de tiro não são minha praia. Em suma, fiquei de fora dos maiores sucessos da empresa nos últimos três anos.

Pesquisando sobre Overwatch fiquei até espantado em descobrir que é um FPS. Acreditava que era em terceira pessoa, dado o fascínio dos jogadores por seus personagens, achei que ficavam admirando-os o tempo todo.

Bom para a Blizzard, obviamente. Mas espero que não desistam de expandir Diablo, dado o retorno muito mais modesto que providencia.

Fonte: MMORPG.com

Site oficial: https://playoverwatch.com/

Tagged ,

Shyamalan anuncia sua primeira continuação/crossover

O elenco de Corpo Fechado e Fragmentado se reunirão em um filme em 2019, anunciou o diretor de ambos, M. Night Shyamalan. Bruce Willis e Samuel L. Jackson reprisarão os papéis de David Dunn e Elijah Price após 19 anos, contracenando com as múltiplas personalidades interpretadas por James McAvoy e a jovem Anya Taylor-Joy. O título do novo longa será Glass.


© Buena Vista


© Universal Pictures

Corpo Fechado é uma homenagem a quadrinhos de super-herói, imaginados de forma realista. Willis é o relutante protagonista invulnerável, enquanto Jackson ocupa a função do vilão Sr. Vidro (Mr. Glass no original), que ajuda-o a assumir seu papel no mundo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acho que o desempenho recente de Manoj Shyamalan confirma aquela velha teoria, que sucesso e dinheiro demais só fazem mal ao talento. Depois que começou a colecionar centenas de milhões de dólares em toda bilheteria, deram a ele um upgrade para filmes com um orçamento que já começava absurdo, e o resultado foi praticamente uma década de fiascos – se analisar bem, há quase uma curva “quantidade de dinheiro x qualidade do longa”.

Daí ele resolve voltar aos filmes de suspense com um orçamento baixo para moderado, e todo mundo passa a adorá-lo novamente. Ou é culpa do sucesso exagerado anterior, ou ele simplesmente é bom somente em um gênero de filme. O que não é nada terrível, contanto que renda boas obras.

Corpo Fechado é o meu predileto de sua filmografia, e ainda não vi Fragmentado (exceto pelos trechos finais no Youtube, após esse anúncio). Minhas expectativas são enormes.

Fonte: Slash Film

Tagged ,

Adolescentes são novo alvo da Marvel

Cloak & Dagger é uma das próximas séries da Marvel a chegar na televisão, de pelo menos três planejadas. O programa está sendo desenvolvido no canal Freeform, voltado para o público adolescente e adulto jovem. Os protagonistas são o casal Manto e Adaga, criados na década de 80.


© Freeform

Os 10 episódios de uma hora serão lançados no ano que vem.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

O programa não parecia tão ruim assim, somente pesado no drama, até os efeitos especiais darem as caras e ficarem completamente deslocados. Me lembrou muito do episódio final da primeira temporada de Demolidor, quando o uniforme ridículo destruiu boa parte da credibilidade do show.

O cristal de luz na mão da atriz parece ter sido reaproveitado dos antigos filmes do Super-homem, e o rapaz esvoaçante em cima do telhado parece estar posando para uma sessão de fotos, na frente de um ventilador.

E ainda nem mostraram os vilões.

Fonte: Blastr

Tagged

Piadas dominam Thor 3

Thor: Ragnarok ganhou seu primeiro trailer, dando ênfase no elenco novo e ao retorno do Hulk aos filmes do universo Marvel. A direção desta vez é de Taika Waititi, das comédias O que Fazemos nas Sombras e Flight of the Conchords. Cate Blanchett entra para a franquia como a vilã Hela, acompanhada por Karl Urban, Sam Neill, Jeff Goldblum e Tessa Thompson. Lançamento em novembro deste ano.


© Marvel Films

Reprisam seus papéis Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Benedict Cumberbatch, Idris Elba, Jaimie Alexander, Anthony Hopkins e Mark Ruffalo, além dos outros colegas asgardianos de Thor.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Parece que a Disney/Marvel resolveu escancarar e transformar seus filmes em comédias de ação. Não dá para negar que rendem bons trailers, e nas duas tentativas mais óbvias anteriores, ótimos filmes: Guardiões da Galáxia e Homem-Formiga.

O próprio Hemsworth tem se destacado nos papéis mais cômicos que tem feito em anos recentes, como o novo Caça-Fantasmas. Ainda não vi, mas na época as resenhas geralmente elogiavam as idiotices que fazia em cena.

Eu achei que ia reclamar de novo do excesso de filmes de super-herói, mas acabei me divertindo com o trailer, então encerro aqui com otimismo. Que raro.

Fonte: Deadline

Tagged

Abutre e Homem de Ferro roubam um trailer

Homem-Aranha: De Volta ao Lar ganhou seu segundo trailer, ampliando os pontos altos do vídeo anterior: a interação com o Homem de Ferro e os vilões. Tom Holland retorna ao papel do herói após Capitão América 3, enfrentando três oponentes de uma vez só: o Abutre, Shocker e o Consertador. O longa chega aos cinemas em julho.


© Columbia Pictures

Michael Keaton é o vilão principal, trabalhando em parceria com Bokeem Woodbine e Michael Chernus para desenvolver uma roupa voadora e armas de grande poder destrutivo. Marisa Tomei também retorna como a Tia May, e juntam-se a ela Angourie Rice, Jacob Batalon e Tony Revolori como elenco de apoio à identidade secreta do Homem-Aranha.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Há realmente dois fatores capazes de gerar um filme de super-herói de boa qualidade: um protagonista que carrega a coisa toda nas costas, e um ótimo vilão. Os melhores filmes da Marvel equilibram esses dois, bem como suas séries pelo Netflix, e mesmo em seus piores produtos pelo menos um deles se destaca e salva um pouco a situação (sim, a DC Comics está conseguindo falhar em ambos, sempre, exato). Se o roteiro faz sentido ou não, isso geralmente é mero detalhe.

Nesse filme do terceiro Homem-Aranha já ficou claro que o rapaz está mandando muito bem na função, e se derem uma melhorada em sua versão computadorizada balançando por aí, é provável que vire o melhor deles. Vamos torcer para que não acabe deprimido e chorão como os anteriores.

O vilão está quase lá. Em quesito visual e ameaça, a versão com armadura do Abutre está no ponto – o Keaton, entretanto, precisa de falas melhores e uma motivação decente. Seu monólogo de gângster ficou bom, mais realista do que se espera de um monstro nesses filmes, mas a vingancinha contra o Homem de Ferro porque ele é rico não está funcionando. Espero que tenham algo melhor na manga.

Dois trailers de super-heróis na mesma semana. Acho que basta.

Ah, a Angourie Rice mencionada acima é a filha do Ryan Gosling em Dois Cara Legais. Excelente filme!

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Mais elenco inédito em Guardiões da Galáxia 2

Kurt Russel finalmente faz sua aparição oficial no novo trailer de Guardiões da Galáxia 2, próxima aventura dos heróis espaciais da Marvel. O filme chega aos cinemas locais no início de maio deste ano, e mostra o grupo ganhando novos integrantes e enfrentando outra ameaça interplanetária. Os planos da vilã inédita ainda não foram revelados pelo estúdio.


© Disney Pictures

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Melhor (e talvez o único realmente bom) trailer divulgado até agora, restaurando boa parte de minha expectativa para esse filme. Até agora estavam se ancorando basicamente em versões exageradas de piadas do primeiro, mas parece que possuem muito mais material disponível.

E pelo que notei, estreia uma semana após Ghost in the Shell. Duas ficções científicas de alto custo nos cinemas ao mesmo tempo? O ano parece estar melhorando cada vez mais.

Só espero que as duas não sejam terríveis.

Fonte: Slash Film

Tagged

Quarto defensor chega ao Netflix em março

A Netflix lança no mês que vem a série Punho de Ferro, sua quinta colaboração com a Marvel. O protagonista é Danny Rand, jovem herdeiro que sobrevive uma queda de avião na Ásia e passa anos sendo treinado por um grupo de monges. Eventualmente retorna para Nova Iorque, onde combate o crime como um super-herói e se readapta ao mundo moderno. Todos os 13 episódios estarão disponíveis para os assinantes de uma vez só.


© Netflix

Os outros protagonistas da parceria, Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage irão se unir ao Punho de Ferro na série Os Defensores, com lançamento previsto para este ano ainda.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Apesar de estar um pouco por fora do universo Marvel nos cinemas, estou bem atualizado quanto ao televisivo. Graças ao Netflix, assisti três temporadas de Agentes da SHIELD (só a primeira foi fraquinha) e aos programas exclusivos do serviço.

O Demolidor teve uma primeira temporada esquisita, com um excelente vilão, mas prejudicada pelo herói com um conflito interno meio sem sentido – o uniforme no último episódio quase acaba com tudo. Na segunda temporada dá uma melhorada brutal graças ao Justiceiro, mas perde um pouco do rumo com a Elektra. Jessica Jones foi sensacional, se há algo a reclamar é quanto ao desfecho do vilão. Luke Jones simplesmente não tinha uma trama coerente, com seu protagonista perambulando sem propósito na maioria dos episódios, em lutas entediantes.

Punho de Ferro parece estar utilizando o protagonista em conflito (quanto à tendência à violência) com duas tramas, talvez equilibradas: o peixe fora d’água e as forças ocultas nas trevas. O conflito interno parece quase obrigatório, com nenhum dos personagens querendo assumir a função de herói, e eventualmente cedendo lá pelo décimo episódio; mas o formato do antagonismo é bem mais variado, variando entre um único vilão a temporada inteira com subchefes eventuais, a vilões que mudam de lado, vilões que perdem na metade da série e até vilões que simplesmente morrem repentinamente e deixam um vazio mal preenchido.

Acho que o vilão único traz os melhores resultados, mas também exige os melhores atores. Em segundo lugar o vilão que muda de lado, com o vilão de meia temporada sendo o pior de todos.

Análises birutas a parte, vou assistir ao programa inteiro também, e ficar aguardando por crossovers surpresas que nem um idiota, como a maioria do público.

Título recusado: Demolidor é o único herói sem poderes na Netflix

Fonte: Bleeding Cool

Tagged