Tag Archives: Crime

Dramatizações nos planos de Law & Order

Law & Order: True Crime é o novo desmembramento desta franquia de seriados policiais com 27 anos de atividade. Desta vez estão se inspirando diretamente em um crime real, o assassinato cometido pelos irmãos Menendez no final dos anos 80. Edie Falco (Os Sopranos) é uma das protagonistas, a advogada de defesa da dupla. Serão oito episódios, com lançamento este ano.

35430917672_0a7cfed58a_z
© NBC

Utilizando o formato de mostrar crimes do ponto de vista policial e jurídico igualmente, Law & Order atualmente ainda está em exibição com a série Unidade de Vítimas Especiais.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Antigamente, quando TV a cabo era a única opção fácil para consumir conteúdo americano, assistia Law & Order religiosamente, tanto Special Victims Unit quanto Criminal Intent. O primeiro eu acabei parando de ver quando enjoei dos cacoetes repetidos à exaustão (os diálogos, meu Deus, os diálogos) e o segundo quando o Vincent D’Onofrio pediu as contas. Hoje em dia acho que o único seriado policial que assisto é a nova temporada de Twin Peaks.

Puxei esse tema porque anunciaram a contratação da Heather Graham (por pelo menos 1 episódio) mas esqueci de mencioná-la no texto inicial. Bom, fica o registro! Gosto dela, apesar de andar meio apagada. Acho que ela e a Mira Sorvino podiam ser mais bem aproveitadas pelo cinema e TV da atualidade.

Achei que esses Menendez eram familiares, e não é devido aos inacabáveis especiais sobre crimes que minha esposa assiste toda noite. Ele são a inspiração para a trama paralela em The Cable Guy (O Pentelho), a comédia menos lucrativa da carreira de Jim Carrey, interpretados por Ben Stiller e aparecendo somente nos televisores de personagens secundários. Acho que esse é o filme do Carrey que mais assisti em minha vida – não sei porquê, mas esse treco não saía do videocassete na casa dos meus pais. Eu diria que é uma obra-prima mal compreendida, mas posso estar sendo meramente ufanista.

Fonte: Deadline

Tagged

Sequestro de neto bilionário ganha elenco

Brendan Fraser vai interpretar um detetive particular em Trust, série de TV sobre o sequestro real de John Paul Getty III, neto de um bilionário americano do petróleo. O programa será filmado na Europa, onde o crime aconteceu, e deve ir ao ar em janeiro de 2018, no canal FX.

Ficou irreconhecível nesse ângulo
© Universal Pictures

Já estão confirmados no elenco Donald Sutherland, como o bilionário que barganha o resgate do neto e cobra o valor do próprio filho, com juros; e Hillary Swank como a mãe da vítima. Danny Boyle dirige os cinco episódios, com roteiro de Simon Beaufoy, repetindo a parceria de Quem Quer Ser um Milionário? e 127 Horas.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Olha só, Brendan Fraser! Achei que ele tinha se aposentado depois das Múmias, mas verifico que continuou trabalhando sem parar desde então. De 2015 em diante está se dedicando principalmente a televisão, sendo esse Trust um de seus projetos mais importantes, em comparação.

Espero que vá bem, e que deem bastante espaço para ele, bancando o detetive. Sou fã da primeira Múmia, nem tanto da segunda e a terceira achei chata, mas não tão horrível.

Mas lembro principalmente dele por Os Cabeça-de-Vento e Paixões na Floresta, onde dá um berro magnífico (procure no Youtube, vale a pena – quase tão bom quanto o de Arnold em Predador). Ah, os anos 90. Até George: O Rei da Floresta não era nada mal.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Sin City agora vai para a televisão

Uma nova adaptação das histórias em quadrinhos Sin City está sendo produzida, desta vez como uma série de televisão. Encabeça o projeto Glen Mazzara, produtor e roteirista de The Shield: Acima da Lei, com Len Wiseman, da franquia Anjos da Noite, dirigindo o episódio piloto.

Marv pra lá, Marv pra cá... e aposto que vai reaparecer
© Dark Horse Comics

Sin City foi criada por Frank Miller como uma violenta HQ em preto e branco, inspirada pelo estilo film noir, com detetives durões e damas fatais. Já foi adaptada em 2005 como um filme pelo próprio Miller e Robert Rodriguez e novamente em 2014.

Detalhes sobre roteiro e estilo visual ainda serão divulgados.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Aposto que vai ser bem diferente dos filmes. O primeiro fez um sucesso razoável, mas o segundo foi um fiasco. Acredito que principalmente pela saturação causada pelo visual único que inventaram, uma cópia fiel do estilo dos quadrinhos.

Assim como 300 de Esparta, é uma experiência relevante para se ter (ainda mais no cinema), mas depois disso é cansativo. Esse, por sinal, é outro exemplo de experimentação que não foi lucrativo além do primeiro. Mas não assisti a nenhuma dessas continuações, então talvez tivessem um roteiro ruim, péssimos atores, e por aí vai. Não faço ideia.

De qualquer modo, o primeiro trailer desse programa de TV tem uma responsabilidade enorme pela frente.

Fonte: Slash Film

Tagged

Suspense em trem ganha novo filme

Kenneth Branagh dirige e protagoniza uma nova adaptação de Assassinato no Expresso Oriente, provavelmente o livro mais popular de Agatha Christie. O detetive Hercules Poirot está fazendo uma longa viagem de trem, quando um dos outros passageiros é encontrado morto. Cabe a ele descobrir e impedir o criminoso antes que este ataque novamente, enquanto estão isolados por uma nevasca.


© 20th Century Fox

Também ocupam o vagão Johnny Depp, Michelle Pfeiffer, Penélope Cruz, Daisy Ridley, Josh Gad, Willem Dafoe e Judi Dench. O roteiro é de Michael Green, um dos responsáveis por Alien: Covenant.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Parece que Kenneth Branagh fez um estágio com Tim Burton e se deixou influenciar. Tanto o visual do trem quanto o dos personagens, caricatos ao ridículo, não ficariam deslocados em uma das produções escandalosas do Burton. Não estou exatamente criticando, apenas apontando algo que me chamou a atenção.

Nunca li nada da Agatha Christie. É uma daquelas situações, em que pessoas demais gostam tanto de alguma coisa que acabam deixando você irritado o bastante para não querer chegar perto. Nunca assisti qualquer adaptação cinematográfica também, então ficarei surpreso com o desfecho desse filme. Mais surpreso ainda se realmente for assistir.

Fonte: 20th Century Fox no Youtube

Tagged

Reunião Marvel em thriller policial na neve

Elizabeth Olsen (Vingadores: A Era de Ultron), Jeremy Renner (Vingadores) e Jon Bernthal (Demolidor) deixam as fantasias de super-herói de lado no filme policial Wind River. Olsen é uma agente federal investigando um assassinato em território indígena, com apoio do caçador interpretado por Renner, enquanto Bernthal parece integrar a polícia local.


© The Weinstein Company

A direção e o roteiro pertencem a Taylor Sheridan, que também escreveu Sicário: Terra de Ninguém. Lançamento em agosto, nos EUA.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Mostraram tanto as fuças da Olsen e do Renner que nem percebi o Bernthal até ler a lista de elenco. Não deu para reparar muito na trama também, há alguma tensão racial ou de território? Algum problema de família? Basicamente só exibiram cortes incessantes dos Vingadores andando, correndo, pulando, atirando… pelo menos a ação está garantida.

E olha só, o Graham Greene ainda está vivo e trabalhando! Quem diria! Essa foi a grande surpresa do trailer, para falar a verdade.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Suspense revive assassino famoso

O mistério do Assassino do Zodíaco é o tema de mais um filme policial, Awakening the Zodiac. Desta vez um casal encontra fitas caseiras do serial killer e resolve utilizá-las como base para rastreá-lo e obter a recompensa pela captura. O lançamento está previsto para junho próximo.


© Sony Pictures

Shane West (A Liga Extraordinária) e Leslie Bibb (Homem de Ferro) são os nomes mais reconhecíveis em toda a produção.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

A premissa é incrivelmente besta, mas a obra não parece de toda má. Gostei de ver o elenco carregando armas de fogo, e ainda assim continuarem com medo do serial killer com pelo menos 80 anos de idade. Parece que vão se esforçar para deixar ele ameaçador.

Mas publiquei isso aqui em homenagem ao filme Zodíaco, de David Fincher, que assisti mais cedo este ano, uma década após seu lançamento. Apesar de ter quase três horas de duração, o longa consegue te manter interessado o tempo todo, com um monte de reviravoltas e a constante progressão dos personagens ao longo dos anos. E ainda arriscam um palpite quanto à identidade do criminoso.

Fonte: Blastr

Tagged

Fraudes da mídia viram programa de comédia na TV a cabo

O diretor Barry Levinson (Rain Man, Bom Dia Vietnã) vai recriar sua sátira política Mera Coincidência como uma série para o canal HBO. O filme original trazia Robert De Niro e Dustin Hoffman forjando uma guerra entre os EUA e a Albânia para distrair o público quanto a um escândalo presidencial. Cometem a fraude utilizando técnicas cinematográficas e telejornalismo.


© New Line Cinema

O programa terá episódios de meia hora, e segundo o canal, deve abordar “o mundo dos negócios, entretenimento e organizações não-lucrativas”, indo além da política. Levinson será novamente o diretor, e acumula um crédito como produtor, ao lado do próprio De Niro.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Apesar de estar imerso no mundo do jornalismo, esse filme, curiosamente, não costuma entrar na lista de recomendações dos cursos de graduação em comunicação social. Não consigo imaginar a razão.

A princípio achei que a motivação da série era a constante perseguição jornalística ao novo presidente que elegeram ano passado, mas a HBO parece que vai expandir um pouco. Ou sequer tocar no tópico, a sinopse é meio ambígua. Mas não deixa de ser um tema perigoso, expor a manipulação midiática cotidiana. Normalmente já o seria, com a paranoia quanto a “fake news” atual, mais ainda.

Já posso ver a CNN, ABC, FOX e demais canais de TV americanos se escandalizando.

Fonte: Deadline

Tagged

Ladra educativa em desenho para crianças

O popular serviço de streaming de vídeos Netflix divulgou a primeira arte conceitual de Carmen Sandiego, sua nova animação para o público infantil. O programa adapta uma franquia de jogos e livros educativos, sobre uma ladra que ensina geografia e outras disciplinas enquanto é perseguida por detetives. Lançamento previsto para 2019.

Ainda não conseguiram me desagradar com a arte desses remakes
© Netflix

O primeiro jogo, Where in the World is Carmen Sandiego?, foi lançado em 1985 e o mais recente em 2015. Uma animação já foi produzida antes, na segunda metade dos anos 90, exibida no Brasil com o simples título de Carmen Sandiego.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Conheço a franquia somente por esse desenho, que assistia na Rede Globo na mais tenra idade. Gostava do treco, apesar de achar que a Carmen Sandiego aparecia muito pouco (aparentemente, essa é a ideia da coisa toda). Os irmãos protagonistas eram chatinhos, mas a ladra elegante era um conceito ótimo.

Sei que é uma propriedade relevante, já que volta e meia via notícias sobre novos jogos sendo desenvolvidos. Mas não imaginava que fosse tão gigante, até fazer um pouco de pesquisa sobre o tema.

E é surpreendente não encontrar controvérsia quanto ao projeto. Uma latino-americana retratada como criminosa protagonizando um desenho educativo para crianças? Cadê a polícia do politicamente correto para protestar?

Fonte: Coming Soon

Tagged

Veterano de Hollywood está irreconhecível

Robert De Niro interpreta o criminoso Bernard Madoff no filme The Wizard of Lies, da HBO, com estreia prevista para maio deste ano. Também estão no elenco Michelle Pfeiffer e Hank Azaria.


© HBO

Madoff ficou famoso ao ser preso em 2008, após confessar aos filhos que sua firma de investimentos era uma fraude. De acordo com a Wikipédia, teria causado um prejuízo real de 18 bilhões de dólares aos seus investidores, e um prejuízo potencial de 65 bilhões, que seria o retorno financeiro prometido aos clientes.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Olhem só, De Niro sumindo em um personagem. Geralmente ele interpreta variações de um mesmo personagem, com alguns cacoetes, um sotaque diferente, talvez um penteado exótico – mas acho que nunca vi ele tão transformado assim, e não estou falando apenas do cabelo.

Encaixei esse filme na categoria policial, já que se trata de um crime de colarinho branco. Geralmente nesse gênero você imagina assaltos a banco, assassinatos, vinganças, e as típicas investigações que resolvem tudo no último minuto. Mas são pilantras como esse Bernie que realmente fazem estragos.

Outro nessa linha, muito divertido e com participação do excelente Ryan Gosling, é A Grande Aposta, sobre a crise financeira de 2008. Ajuda se você entender um pouco sobre a situação dos pacotes de hipotecas negociados sem dinheiro real algum para bancá-los.

Fonte: Slash Film

Tagged

Novo Fargo é sobre rivalidade entre irmãos

O canal americano FX lança no mês que vem a terceira temporada de Fargo, seriado dramático, cômico e policial inspirado pelo filme de mesmo nome. Desta vez os protagonistas são irmãos gêmeos interpretados por Ewan McGregor, que escalam sua rivalidade de pequenos crimes para assassinatos e envolvimento com mafiosos. Após duas temporadas ambientadas no século passado, a atual avança para o ano de 2010.


© MGM

Joel e Ethan Coen, criadores do filme, participam como produtores. O roteiro e direção ficaram novamente nas mãos de Noah Hawley, atualmente também ocupado com o seriado Legion, derivado da franquia X-Men.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Pois é, assim como as duas temporadas anteriores, parece ótimo. Infelizmente não faço ideia, já que nunca assisti um episódio sequer – a distribuição é tão restrita que parece ter sido feito pela HBO, que também não libera nada para outros serviços de vídeo.

Não compro um DVD desde meu aniversário (edição especial de Blade Runner, com todas as versões comerciais lançadas mais um documentário enorme), mas se encontrar essa série em promoção, acho que não resistiria ao investimento.

É claro que ela seria lançada no Netflix na semana seguinte, mas talvez eu esteja sendo apenas pessimista. De novo.

Fonte: Deadline

Tagged