Suspense revive assassino famoso

O mistério do Assassino do Zodíaco é o tema de mais um filme policial, Awakening the Zodiac. Desta vez um casal encontra fitas caseiras do serial killer e resolve utilizá-las como base para rastreá-lo e obter a recompensa pela captura. O lançamento está previsto para junho próximo.


© Sony Pictures

Shane West (A Liga Extraordinária) e Leslie Bibb (Homem de Ferro) são os nomes mais reconhecíveis em toda a produção.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

A premissa é incrivelmente besta, mas a obra não parece de toda má. Gostei de ver o elenco carregando armas de fogo, e ainda assim continuarem com medo do serial killer com pelo menos 80 anos de idade. Parece que vão se esforçar para deixar ele ameaçador.

Mas publiquei isso aqui em homenagem ao filme Zodíaco, de David Fincher, que assisti mais cedo este ano, uma década após seu lançamento. Apesar de ter quase três horas de duração, o longa consegue te manter interessado o tempo todo, com um monte de reviravoltas e a constante progressão dos personagens ao longo dos anos. E ainda arriscam um palpite quanto à identidade do criminoso.

Fonte: Blastr

Tagged

Secret World recomeça no mês que vem

Secret World Legends será lançado em 26 de junho, informa a empresa Funcom. A nova versão gratuita de The Secret World mudou o sistema de combate e o modo de distribuição de mapas: ao invés de colocar todos os jogadores no mesmo lugar, agora cada pessoa ou grupo irá explorar um cenário por conta própria.


© Funcom

Outras mudanças incluem as armas/poderes mais simplificados, equipamentos, sistema de crafting, roupas e visual, novo tutorial e “classes” para orientar os iniciantes. E de acordo com a página oficial, vão finalmente lançar a segunda temporada da história principal.

Secret World é um MMO de horror moderno, onde os jogadores utilizam poderes sobrenaturais para combater criaturas, lendas urbanas e todo tipo de conspiração imaginável. A história começa com zumbis em uma pequena cidade americana e leva os personagens ao antigo Egito, Transilvânia e Tóquio.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

O que? Já? Achei que iam segurar o beta fechado até o Natal pelo menos, nunca teria imaginado um lançamento comercial já no primeiro semestre. Estou ansioso para retornar a esse mundo, um sopro de ar fresco no meio de intermináveis MMOs de fantasia.

Aprovo todas as mudanças anunciadas até agora, e se conseguirem deixar o combate menos horrendo, já resolvem 90% dos problemas da versão original. Há um número razoável de detratores resmungando quanto ao “abandono” do jogo anterior, da inclusão de “instances”, de ter que começar personagens do zero… esse povo não deve entrar em TSW há anos. O treco está abandonado.

Fonte: Funcom

Site oficial: https://secretworldlegends.com/

Tagged

Idris Elba pode ser um astro de ação

Outro título que ganhou um trailer novo é A Torre Negra, adaptação cinematográfica da obra de Stephen King de mesmo título. Idris Elba é o protagonista Roland Deschain, o pistoleiro que atravessa dimensões em busca do local que dá nome à franquia. Seu inimigo é interpretado por Matthew McConaughey, o Homem de Preto.


© Columbia Pictures

Nikolaj Arcel é o diretor e roteirista do filme, dividindo o texto com Avika Goldsman, Jeff Pinkner e Anders Thomas Jensen. King participa apenas como produtor.

Os livros são publicados no Brasil pela editora Objetiva.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acho que já falei o bastante de meu desinteresse pelo King aqui (como se meus leitores não fossem 99% aleatórios), então vou resumir: li alguns capítulos de A Planta, há algumas décadas, e mais nada. Nenhuma outra grande explicação, só isso.

Essa série é recomendada por muita gente, apesar de alguns criticarem um livro específico lá pela metade, dizem até para pular o pobre. Ainda assim não me imagino lendo isso em qualquer ponto de meu futuro próximo, com tantos outros na fila. Talvez se ganhar uma versão em áudio gratuita, em alguma promoção do Audible.

Não consegui me entusiasmar pelo trailer, mas sou fã do Elba e acho o McConaughey capaz de trabalhos ótimos. Espero que consigam salvar essa produção, que pelo marketing até agora parece genérica demais. Não devia ter alguns elementos de horror?

Fonte: Columbia Pictures

Tagged

Mulheres Gigantes de Neon em Blade Runner

Blade Runner 2049 divulgou seu novo trailer, apresentando vários personagens inéditos. A história se passa 30 anos após o original, com uma conspiração sobre androides que pode causar problemas em escala mundial. Denis Villeneuve é o diretor, com Ridley Scott apenas produzindo. Hampton Fancher é novamente o roteirista da franquia, desta vez com apoio de Michael Green. Lançamento em outubro deste ano.


© Warner Bros Pictures

Além do atual protagonista K (Ryan Gosling) e o antigo, Deckard (Harrison Ford), já vistos antes, descobrimos que Robin Wright é uma chefe de polícia, Jared Leto é o criador de replicantes, e que estes estão presentes em uma maioria feminina.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Uma coisa já está garantida, mesmo que apenas por estes vislumbres: o visual está magnífico. Os efeitos do spinner estão fraquinhos, mas as ruas e os hologramas estão um desbunde em neon. Parece que conseguiram avançar e ao mesmo tempo envelhecer o futuro apresentado em Blade Runner, mantendo boa parte do espírito da produção.

Fora os policiais da trama, todo mundo aparenta estar interpretando um esquisitão/esquisitona, o que pode ser cansativo. As inúmeras cenas do Gosling, não revelam muito sobre a personalidade do K, mas indicam alguns temas típicos de filme de detetive clássico: mocinha trágica, herói torturado, vilão com olhos esbugalhados.

Já temos um Tyrell; quem será o Roy Batty?

Fonte: Warner Bros

Tagged

Sexta parceria Marvel/Netflix ganha trailer

A Netflix divulgou o primeiro trailer oficial de Os Defensores, sua próxima série de super-heróis em parceria com a Marvel Entertainment. Os protagonistas serão o Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e o Punho de Ferro, todos já com seus próprios seriados disponíveis no serviço de streaming de vídeo.


© Netflix

Os heróis também são acompanhados por seus coprotagonistas, mas a vilã será inteiramente inédita: Alexandra, interpretada por Sigourney Weaver. A personagem aparentemente foi inventada para o programa, não tendo aparecido antes nos quadrinhos.

Todos episódios ficam disponíveis para assinantes a partir do dia 18 de agosto.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Estou completamente atualizado nessa parceria Marvel/Netflix, e obviamente vou assistir boa parte desses Defensores em sua estreia. O trailer é um monte de mais do mesmo, mas pelo menos a série é mais curta que as outras, e parece ter investido a maioria do orçamento em uma boa vilã.

Não tenho o hábito de fazer listas, mas segue uma com minhas preferências, em ordem:

Jessica Jones
Demolidor 2ª temporada
Demolidor 1ª temporada
Luke Cage & Punho de Ferro

Analisando superficialmente, parece que a qualidade do vilão é totalmente responsável pelas minhas preferências. JJ e DD tiveram os melhores, enquanto LC tinha os piores (exceção o Cottonmouth) e PF reciclou os mais fraquinhos do Demolidor (mas os Meachum foram ótimos).

O drama dos protagonistas e as cenas de ação, tão exigidos pelo público, são bem secundários para as minhas preferências, parece.

Fonte: Netflix

Tagged

Nova edição de Akira é quase uma realidade

A editora JBC colocou Akira em seu catálogo, em preparação ao re-lançamento do mangá no Brasil. A capa nacional do primeiro volume foi aprovada pela editora japonesa Kodansha, e uma data de publicação deve ser anunciada em breve. Akira terá seis volumes, como no original, em um total de mais de 2.000 páginas

33645886893_b7f04dbfc7_z
© JBC

A obra de Katsuhiro Otomo traz uma gangue de motoqueiros juvenis em um futuro próximo, sobrevivendo após a III Guerra mundial. O conflito teve início com o surgimento de poderes psíquicos entre a população, que também se manifestam em um dos integrantes do grupo de protagonistas.

Uma adaptação da versão americana colorizada pela Marvel Comics foi publicada no Brasil durante os anos 90, pela Editora Globo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Estava pensando justamente em Akira outro dia, após comprar o volume único de Ghost in the Shell – como a editora poderia dar tratamento semelhante à obra do Otomo, e de preferência em poucos volumes também. A versão da Globo teve 38 edições, e haja paciência para manter isso tudo organizado.

Com GitS e Blame!, estou começando uma bela coleção de quadrinhos cyberpunk. Gostaria de alguma coisa ocidental também, mas teria que ser lançada agora. Não vou sair caçando edições velhas de Transmetropolitan em sebos. Passei da idade.

Fonte: JBC

Tagged

Overwatch pode ser considerado um sucesso

A Blizzard comemorou recentemente a marca de 30 milhões de jogadores em Overwatch, seu jogo de tiro em primeira pessoa completamente online. O resultado foi obtido em apenas um ano desde o lançamento comercial, alçando o título ao mesmo patamar de sucesso das outras franquias já estabelecidas da empresa: Diablo, Warcraft e Starcraft.


© Blizzard

Em Overwatch duas equipes de seis jogadores se enfrentam em mapas temáticos, podendo escolher entre uma gama de 24 personagens diferentes. Cada um tem seus pontos distintos, bem como personalidades chamativas.

Entre os títulos da Blizzard, ele atualmente perde em número de usuários para Hearthstone, que reúne 70 milhões de jogadores – mas, ao contrário de Overwatch, este é gratuito.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acompanho a Blizzard desde o primeiro Diablo, tendo experimentado um pouco de Warcraft e Starcraft, além de alguns meses em World of Warcraft. Não pulei na onda de Hearthstone já que parecia melhor em plataformas móveis e meu celular não foi contemplado na criação de um aplicativo; e Overwatch evitei porque jogos de tiro não são minha praia. Em suma, fiquei de fora dos maiores sucessos da empresa nos últimos três anos.

Pesquisando sobre Overwatch fiquei até espantado em descobrir que é um FPS. Acreditava que era em terceira pessoa, dado o fascínio dos jogadores por seus personagens, achei que ficavam admirando-os o tempo todo.

Bom para a Blizzard, obviamente. Mas espero que não desistam de expandir Diablo, dado o retorno muito mais modesto que providencia.

Fonte: MMORPG.com

Site oficial: https://playoverwatch.com/

Tagged ,

Um e-book grátis sobre um vampiro pacato

A editora Phoenix Pick está distribuindo este mês o e-book Sweeter Than Wine, de L. Neil Smith. O protagonista da história é J. Gifford, tranquilo morador de uma cidade pequena, convivendo em harmonia com a comunidade – mesmo sendo um vampiro. Existe deste modo há décadas, sem atrair atenção, até que a mulher que o transformou ressurge em sua não-vida.

33606961003_cda25ce750_z
© Phoenix Pick

Para baixar a obra, basta ir até a página http://www.phoenixpick.com/botm/Smith.htm, clicar no botão Add to Cart, reduzir o preço para zero dólares e seguir as instruções. Estão disponíveis cópias em formato mobi e epub. A oferta é válida apenas até o final do mês.

Na mesma página também é possível comprar um pacote de 10 livros do autor, que normalmente custariam entre 120 (impresso) e 60 dólares (digital), pelo preço reduzido de US$ 9,99.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

O nome do autor parecia muito familiar, achei que fosse alguém graúdo na área de romances de vampiros – mas confundi-o com algo parecido. Smith na verdade tem uma razoável produção de ficção científica (a maioria incluída nesse pacote acima), e também algo chamado “The Adventures of Lando Calrissian” ou “The Lando Calrissian Adventures”.

São três livros coletados com histórias do personagem benigno e secundário mais popular de Star Wars. Fiquei interessado na obra, mas depois que a Disney “des-canonizou” toda a franquia literária produzida antes da aquisição, o ânimo para ler o material foi quase destruído. As sinopses parecem boas, porém.

Não consigo lembrar a última vez que li algo protagonizado por um vampiro. Acho que era um livro policial onde vampiros eram algo corriqueiro, e o personagem principal um detetive morto-vivo. Depois disso, sempre os encontrei do outro lado do cano de uma arma ou da lâmina de uma arma branca (também não lembro de estacas estarem muito em voga atualmente).

Mas esse protagonista, o “vampiro domesticado”, é intrigante. E o livro tem apenas 150 páginas. Faz tempo que não leio nada tão curto.

Fonte: Phoenix Pick

Tagged

Fraudes da mídia viram programa de comédia na TV a cabo

O diretor Barry Levinson (Rain Man, Bom Dia Vietnã) vai recriar sua sátira política Mera Coincidência como uma série para o canal HBO. O filme original trazia Robert De Niro e Dustin Hoffman forjando uma guerra entre os EUA e a Albânia para distrair o público quanto a um escândalo presidencial. Cometem a fraude utilizando técnicas cinematográficas e telejornalismo.


© New Line Cinema

O programa terá episódios de meia hora, e segundo o canal, deve abordar “o mundo dos negócios, entretenimento e organizações não-lucrativas”, indo além da política. Levinson será novamente o diretor, e acumula um crédito como produtor, ao lado do próprio De Niro.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Apesar de estar imerso no mundo do jornalismo, esse filme, curiosamente, não costuma entrar na lista de recomendações dos cursos de graduação em comunicação social. Não consigo imaginar a razão.

A princípio achei que a motivação da série era a constante perseguição jornalística ao novo presidente que elegeram ano passado, mas a HBO parece que vai expandir um pouco. Ou sequer tocar no tópico, a sinopse é meio ambígua. Mas não deixa de ser um tema perigoso, expor a manipulação midiática cotidiana. Normalmente já o seria, com a paranoia quanto a “fake news” atual, mais ainda.

Já posso ver a CNN, ABC, FOX e demais canais de TV americanos se escandalizando.

Fonte: Deadline

Tagged

Shyamalan anuncia sua primeira continuação/crossover

O elenco de Corpo Fechado e Fragmentado se reunirão em um filme em 2019, anunciou o diretor de ambos, M. Night Shyamalan. Bruce Willis e Samuel L. Jackson reprisarão os papéis de David Dunn e Elijah Price após 19 anos, contracenando com as múltiplas personalidades interpretadas por James McAvoy e a jovem Anya Taylor-Joy. O título do novo longa será Glass.


© Buena Vista


© Universal Pictures

Corpo Fechado é uma homenagem a quadrinhos de super-herói, imaginados de forma realista. Willis é o relutante protagonista invulnerável, enquanto Jackson ocupa a função do vilão Sr. Vidro (Mr. Glass no original), que ajuda-o a assumir seu papel no mundo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acho que o desempenho recente de Manoj Shyamalan confirma aquela velha teoria, que sucesso e dinheiro demais só fazem mal ao talento. Depois que começou a colecionar centenas de milhões de dólares em toda bilheteria, deram a ele um upgrade para filmes com um orçamento que já começava absurdo, e o resultado foi praticamente uma década de fiascos – se analisar bem, há quase uma curva “quantidade de dinheiro x qualidade do longa”.

Daí ele resolve voltar aos filmes de suspense com um orçamento baixo para moderado, e todo mundo passa a adorá-lo novamente. Ou é culpa do sucesso exagerado anterior, ou ele simplesmente é bom somente em um gênero de filme. O que não é nada terrível, contanto que renda boas obras.

Corpo Fechado é o meu predileto de sua filmografia, e ainda não vi Fragmentado (exceto pelos trechos finais no Youtube, após esse anúncio). Minhas expectativas são enormes.

Fonte: Slash Film

Tagged ,