Category Archives: Livros

Dois e-books grátis de ficção científica neste natal

A editora Phoenix Pick está distribuindo este mês dois e-books de seu catálogo. O primeiro é Double Star, de Robert A. Heinlein, sobre um ator que se vê envolvido em uma conspiração interplanetária. Também estão disponíveis com desconto Podkayne of Mars e Time for the Stars, do mesmo autor.

Esse fascínio por formas de energia humanoides…
© Phoenix Pick

O segundo é Soulmates, de Mike Resnick e Lezli Robyn, coletânea de contos sobre almas gêmeas de variados tipos e espécies. O livro já havia sido colocado à disposição em julho deste ano. Outra publicação da dupla, em parceria também com Larry Hodges, When Parallel Lines Meet, está à venda com desconto na mesma promoção.

Para baixar os livros ou fazer suas compras, basta ir até a página http://www.phoenixpick.com/botm/Christmas.htm e seguir as instruções.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Talvez você não conheça os nomes Heinlein e Resnick, caso tenha menos de 40 anos, então é bom esclarecer: são multi-premiados escritores de ficção científica da era dourada do gênero, quando politicagem não contaminava demais as premiações mundiais.

Heinlein faleceu há algum tempo, deixando como legado mais popular Tropas Estelares e Estranhos em uma Terra Estranha. Já Resnick continua na ativa, publicando com regularidade. Sua bibliografia é vasta, mas acho que dá para destacar Lucifer Jones, Starship e Santiago, sem falar na quantia absurda de contos e trabalhos como editor.

Vou tentar passar alguns meses apenas na base de livros gratuitos. Dando uma olhada na minha crescente biblioteca na Amazon, percebo que estou comprando um pouco mais rápido do que estou lendo, mais ou menos na proporção de 20 para 1. Assim que der uma reduzida na pilha retomo as aquisições.

Estou evitando até olhar minha lista de desejos em livrarias online, para não esbarrar nos descontos do dia. São minha principal, quase única, fonte de compras. US$ 1,99 é covardia.

Fonte: Newsletter da Phoenix Pick

Advertisements
Tagged

Veteranos do horror mais acessíveis

Dois livros de horror chegam às livrarias brasileiras esta semana. O Fantástico Alfabeto Lovecraft, da Darkside Books, apresenta ao público jovem versões infantis de criaturas dos contos de H. P. Lovecraft. São 32 páginas com ilustrações e preço sugerido de R$ 39,90.

É, algo deu errado.
© Darkside Books

História Extraordinárias, de Edgar Allan Poe, é uma coletânea organizada pela Companhia de Bolso com contos clássicos do autor, em formato de bolso, incluindo Gato preto e O poço e o pêndulo. São 272 páginas pelo preço de R$ 27,90.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

É bacana ver que o Lovecraft continua popular no Brasil, sem os protestos cada vez mais comuns nos EUA contra qualquer obra sua ou produto relacionado. Provavelmente é apenas uma questão de tempo, mas não vi nada que se destacasse ainda.

Livro adorável, obviamente mais um catálogo de bichos de pelúcia que qualquer outra coisa. Não acredito que o autor teria aprovado, já que se orgulhava do horror em seus contos, mas o aspecto financeiro talvez o convencesse do contrário.

Quanto ao Poe, não pensava nele há muito tempo. Acho que li a maioria de seus contos populares quando eu era adolescente, típico da época pré-internet/internet discada. Será que não incluíram uma versão d’O Corvo? “Nunca mais!”. Ficaria surpreso.

Deixe-me conferir… é, várias versões gratuitas em áudio no Librivox. Inclusive uma The Murders in the Rue Morgue lida pelo falecido Phil Chevenert, nada mal.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Mais Lovecraft no mercado editorial brasileiro

A editora Darkside Books vai lançar em dezembro H.P. Lovecraft – Medo Clássico – Vol. 1, coletânea de contos de um dos principais escritores americanos de horror. São duas edições, Miskatonic e Cosmic, com o mesmo conteúdo interno, mas capas e acabamentos bem diferentes. O preço sugerido de ambas é R$ 59,90 por 384 páginas.

37717423325_07d4392316_z
© Darkside Books

Além das histórias clássicas, não divulgadas pela editora, o volume inclui notas comentadas, ilustrações de Walter Pax, e uma seleção de cartas e documentos do autor.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sempre considerei H. P. Lovecraft um ótimo autor para presentear alguém. Já fiz isso algumas vezes com as edições de bolso da L&PM Pocket, e ninguém reclamou – podem não ter lido, mas é um item interessante para se manter na prateleira.

Por um tempo contemplei comprar as duas edições: Miskatonic para o moleque e Cosmic para a guria – o visual parece perfeito para as personalidades de ambos. Mas acho que não estão na idade ainda para empreender o esforço de ler contos publicados há cerca de um século. O treco exige a aquisição de um certo vocabulário, pois o Lovecraft adorava adjetivos “incomuns”.

Sugiro uma visita ao site da editora: fizeram até uma lista de músicas temáticas, ficou bem profissional a apresentação. E apesar de todo o cuidado promocional, não colocaram em lugar algum o índice do livro. Bizarro.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Um e-book grátis sobre dirigíveis espaciais

A editora Phonix Pick está distribuindo este mês The Aethers of Mars, parceria literária entre Eric Flint e Charles E. Gannon. Trata-se de uma ficção científica steampunk, mas também com viagens espaciais e espionagem. Flint é o autor do texto principal, enquanto Gannon escreveu um conto dando sequência à trama, formato padrão da Stellar Guild Series. A proposta da editora é publicar em conjunto um de seus autores bestsellers e um novato promissor, dando visibilidade ao segundo.

As capas da SGS estão entre as menos horrendas da Phoenix Pick
© Phoenix Pick

O livro está disponível para download em http://www.phoenixpick.com/botm/Eric.htm. Na mesma página estão em promoção, por US$ 1,99 cada, todos os outros livros da série Stellar Guild, que incluem veteranos como Kevin J. Anderson, Mercedes Lackey, Larry Niven e Mike Resnick.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Curiosamente nunca li o Eric Flint, apesar de seu catálogo gigantesco. Mas o Charles E. Gannon já tive o prazer, com Fire with Fire, primeiro volume da franquia Caine Riordan. O protagonista é um jornalista treinado como agente secreto e eventualmente embaixador em uma ONU de alienígenas, geralmente resolvendo tudo como um cavalheiro. Boa trama e um bom ritmo, com a história se transformando a mais ou menos cada 100 páginas. O segundo volume está na minha lista, aguardando uma oferta.

Já li algumas outras coisas com a estética Steampunk, mas nada muito marcante. Apesar do visual atrativo, as quinquilharias que enfeitam livros e gibis parecem inconvenientes demais para criarem um universo convincente. Mas os adeptos aparentam estar sempre se divertindo, pelo menos.

Fonte: Newsletter da editora

Tagged

Novo Brandon Sanderson disponível no Brasil

A editora Aleph está publicando esta semana Tormenta de Fogo, segundo livro da série Executores, de Brandon Sanderson. São 376 páginas pelo preço sugerido de R$ 49,90 (impresso) ou R$ 34,90 (digital). A trama é contemporânea, mas repleta de pessoas com superpoderes similares aos de histórias em quadrinhos.

Será essa nova ameaça pior que o Coração de Aço? Não parece.
© Aleph

A diferença entre essa franquia e outras publicações do gênero, é que só existem supervilões no mundo. O próprio poder torna a pessoa maligna, e quanto maior sua habilidade, mais vilanesca ela é. Os Executores são um grupo de humanos comuns que se organizam para tentar matar o máximo possível desses super-humanos, que dominam completamente o planeta – todos eles têm um ponto fraco, e cabe a essa resistência tentar descobri-los.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Essa franquia só tem um aspecto negativo dos grandes, para meu gosto pessoal: o protagonista adolescente. Normalmente livros voltados ao público Young Adult (jovem adulto) são eliminados automaticamente da minha lista, mas sempre abro uma exceção para o genial Brandon Sanderson. Não que ele fuja dos clichês típicos: adolescente sabe tudo que precisa crescer aprendendo com os próprios erros, interesse romântico eclipsando a ameaça principal, personagens mais velhos monologando lições de vida. Está tudo lá, mas o sujeito sabe escrever um livro divertido, e com as melhores cenas de luta de qualquer publicação de fantasia ou ficção científica.

O Larry Correia constrói ótimas batalhas em sua franquia de caçadores de monstros ou de realidade alternativa com magia, mas não consegue descrever ação tão bem quanto Sanderson.

Dessa franquia só li o primeiro, Coração de Aço, onde o vilão é basicamente o Super-homem, além de ter o poder de transformar qualquer coisa em metal (acho que seres vivos eram a única exceção). Que livro tenso! O contraste entre os executores e os super-humanos! Que vida miserável que levam…

E pior que não deixa de ser mais realista que um gibi da Marvel/DC – se pessoas aleatórias começassem a ganhar poderes, será que teríamos esse equilíbrio entre heróis e criminosos, ou a maioria iria simplesmente fazer o que desse vontade, sem precisar temer as consequências? Hancock, com Will Smith, explora um pouco isso, antes de virar uma bobagem. Por enquanto é o mais perto que os cinemas chegarão desse conceito, com a popularidade dos filmes de super-herói que seguem a fórmula tradicional à risca.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Velhos vampiros homenageados em livro

A Harpercollins Brasil está lançando Herdeiros de Drácula, uma coletânea de 25 contos sobre vampiros, escritos durante o final do século XIX e a primeira metade do século XX. O nome mais popular na lista de autores é Arthur Conan Doyle, criador de Sherlock Holmes, com a história “A Parasita”. Outro nome que pode ser reconhecido por interessados no gênero é Algernon Blackwood, escritor admirado por Lovecraft. Sua contribuição na obra é intitulada “A Estranha Morte de Morton”.

O alho é um tema pouco explorado em tempos modernos
© Harpercollins

São 528 páginas em capa dura, com o preço sugerido de R$ 79,99. A versão digital está disponível por R$ 54,90.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Para os fãs de vampiros clássicos, parece-me um magnífico presente (ainda prefiro aquela edição especial de Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?, caso alguém da minha família esteja lendo). O material provavelmente não irá agradar o público mais jovem, desacostumado com cenários que não incluem tecnologia eletrônica e demais comodidades modernas.

Há alguns anos li The Wendigo, do Algernon Blackwood, sobre um grupo de caçadores viajando pelo mato. O conto expressa assustadoramente o quão isoladas as pessoas conseguiam ficar apenas um século atrás. São espreitados por uma criatura grotesca e estão completamente sozinhos no mundo, sem qualquer perspectiva de ajuda.

Enquanto em um terror moderno os aparelhos celulares precisariam ficar fora da área de cobertura, e os protagonistas disparariam em direção à civilização, no The Wendigo o isolamento é a situação normal para os personagens. Sabem que só podem contar consigo mesmos, e o que acontecer dali em diante depende somente deles.

Nunca li algo tão claustrofóbico em pleno céu aberto!

Recomendo a leitura de velharias como essas, apesar de não conhecer o material específico acima – ajuda a expandir seus horizontes no gênero de horror, atualmente dominado por tripas explodindo para rodo lado.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Assista ao filme, leia o livro – Blade Runner

A Editora Aleph lança na semana que vem Androides Sonham Com Ovelhas Elétricas? – Edição Especial de 50 Anos. Além da história original de Philip K. Dick, que inspirou o filme Blade Runner – O Caçador de Androides, a edição traz 10 ilustrações exclusivas de artistas brasileiros e internacionais, um artigo do escritor argentino Rodrigo Fresán e outro da dupla de pesquisadores Douglas Kellner e Steven Best.

Que fonte será essa?
© Aleph

São 336 páginas, com capa dura, impressão em duas cores e tamanho grande (23 cm x 16 cm). O preço inicial sugerido é de R$ 79,90.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Nada mais justo que começar e encerrar a semana com Blade Runner, já que o novo filme está disponível desde ontem. Por enquanto estou evitando mídias sociais, e só li títulos de resenhas. Mudaram um pouco de “superou o original” para “expandiu o universo do original” no geral, o que reflete as minhas impressões baseadas nos trailers. Amanhã verificarei.

Androides Sonham Com Ovelhas Elétricas é um bom livro. Li uma tradução brasileira nos anos 90 e a versão original este ano ou ano passado. Algumas coisas fizeram muito mais sentido, mas imagino que seja graças à minha maturidade/velhice e não apenas a problemas na adaptação em si.

Ele também é muito diferente do filme. Há toda uma questão religiosa, midiática, consumista que ficou completamente fora da adaptação – acho que o foco do longa, a diferenciação entre humanos e máquinas, é quase um sub-tema no livro. Focam mais na questão do que é real ou não, em vários níveis, não apenas na questão humana.

Isso tudo com investigações, pistolas laser, tentativas de assassinato, romance, traição, etc. E animais eletrônicos, a tal ovelha elétrica do título. Será que no filme novo ela finalmente fará uma participação? Nem nos curtas metragens aproveitaram – podiam ter feito um com ela protagonizando!

Voltando ao tópico, o livro parece lindo. Ficaria ótimo na minha prateleira, ao lado da versão antiga. E com o meu aniversário se aproximando…

Fonte: Pré-vendas das Livrarias Saraiva

Tagged

Livro grátis promete jornada transcendental

A editora Phoenix Pick está oferecendo este mês o livro Radix, de A. A. Attanasio. Primeiro de uma tetralogia de ficção científica ambientada em um futuro distante, a sinopse diz o seguinte: “Neste estranho e belo mundo, Sumner Kagan vai se transformar de adolescente excluído em um guerreiro com poderes quase divinos, no processo nos levando em uma épica e transcendental jornada”. A obra tem ilustrações de James O’Barr, criador da história em quadrinhos O Corvo.

23670363498_2b0a05401d_z
© Phoenix Pick

O livro está disponível para download na página http://www.phoenixpick.com/botm/Radix.htm. Nela também é possível adquirir em um pacote os quatro volumes pelo preço reduzido de US$ 6,50, ou em outro pacote a quadrilogia e mais dois livros não relacionados do mesmo autor por US$ 9,50. As ofertas são válidas até o final de outubro.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acho que já distribuíram toda a tetralogia (quadrilogia?) do A. A. Attanasio ao longo dos últimos anos, ou vários outros livros dele. Graças ao bizarro/artístico nome, lembro bem de tê-lo visto antes repetidamente, e juntei uma pequena coleção. Também fazem isso com mais um autor, mas seu nome é comum e não me vem à cabeça.

O fato de o protagonista ser um adolescente me desanima, mas ele foi escrito em uma era pré-“young adults”, ou seja, provavelmente ignora os clichês atuais do gênero. E nem tudo protagonizado por adolescentes acaba virando um dramalhão em que o interesse romântico do(a) mocinho(a) vira o tópico principal, mesmo que a destruição do mundo seja iminente. Só na maioria dos livros recentes.

Uma ótima exceção que comecei semana passada é A Brother’s Price, de Wen Spencer. Se passa em um mundo com elementos medievais e de velho oeste, em que as mulheres superam os homens em números na proporção de 30 para 1, ou até mais. Um dos pontos de vista é um guri de 15 anos, mas ainda assim o livro é excelente – pelo menos o primeiro terço que já li.

Então creio que vou mover o Radix mais para cima na lista interminável de leituras futuras. As ilustrações do O’Barr ajudam um pouco – achei que o sujeito tivesse parado no Corvo, não sabia que também fez encomendas.

Fonte: Newsletter da Phoenix Pick

Tagged

Um e-book grátis sobre arqueólogos alienígenas

A editora Phoenix Pick está distribuindo este mês o conto Seven Views of Olduvai Gorge, de Mike Resnick. A história de 44 páginas tem como protagonistas um grupo de arqueólogos alienígenas visitando a Terra, muito tempo após a extinção da raça humana. Encontram sete artefatos diferentes enquanto escavam um sítio na África, cada um mais impactante que o anterior.

36845843776_835007aa65_z
© Phoenix Pick

Para baixar uma cópia gratuita basta visitar a página http://www.phoenixpick.com/botm/Seven.htm, clicar no botão Add to Cart, reduzir o preço para zero dólares, clicar no Checkout, preencher um pequeno cadastro e daí fazer o download. A oferta é válida até o final do mês.

No mesmo link é possível comprar um pacote de quatro histórias do premiado autor, pelo preço reduzido de US$ 2,50.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Esta é uma daquelas capas da Phoenix Pick que ganha o prêmio de bizarrice e tosqueira. Sete fotos da Garganta da Olduvai, e uma cabeça de chimpanzé gigante, aparentemente irritada. Gosto muito do Resnick, tendo lido vários de seus livros avulsos, e a série Lúcifer Jones inteira, além dos dois primeiros da Oracle Trilogy. Já quase comprei esse Olduvai Gorge, já que o preço geralmente é baixo e a trama parece boa, mas a capa me espantou todas as vezes.

Mas com um preço como esses é difícil dizer não… e ao mesmo tempo tenho a impressão de ter escrito isso antes. Não duvido nada que a editora já tenha distribuído Seven Views of Olduvai Gorge, e esse preconceito contra a capa macabra tenha me mantido longe da obra. Com essa tonelada de prêmios listados, deve valer a pena.

Fonte: Newsletter da Phoenix Pick

Tagged

Robopocalipse enfim

A editora Record vai lançar nesta sexta-feira (25) Robopocalipse, de Daniel H. Wilson. O livro retrata a guerra entre uma inteligência artificial e a humanidade, após ela decidir que somos descartáveis e resolver utilizar toda tecnologia conectada à internet como arma. O preço sugerido é de R$ 49,90.

36583113891_ecf9182c17_z
© Record

Desde o seu lançamento original em 2011, o livro tem sido acompanhado por boatos de uma adaptação cinematográfica, com o nome de Steven Spielberg atrelado à direção. O cineasta confirma interesse em dirigir, mas ainda não avançou além desse anúncio.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sinto que esse post fecha um ciclo nas minhas publicações. Há anos atrás, quando escrevia várias vezes ao dia por aqui, entrei em contato com o autor acima mencionado, e ele revelou, com exclusividade, que havia vendido os direitos de tradução para uma editora brasileira.

Demorou quase meia década, mas ei-lo aqui! Meio difícil entender essa demora toda, a menos que você leve a sério o papo sobre o filme. É provável que tenham feito a tradução e deixado tudo engatilhado, aguardando a estreia nos cinemas para fazer uma parceria de marketing e vender algumas cópias a mais.

Ou desistiram de esperar ou o contrato incluía uma cláusula do tipo “ou usa ou desocupa a moita”, e resolveram lançar assim mesmo, sem estardalhaço ou escarcéu. Se o filme realmente sair, basta lançar uma nova edição com capa igual à arte do longa. O impacto será menor, mas fazer o que.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged