Category Archives: Livros

A Forma da Água chega antes ao Brasil

A editora Intrínseca lança no dia 28 deste mês A Forma da Água, de Guillermo del Toro e Daniel Kraus, versão literária do premiado filme de mesmo nome. A história se passa nos anos 60 e traz como protagonista uma zeladora que se apaixona por um homem-peixe aprisionado em um laboratório de pesquisa aeroespacial.

Não se inspiraram na atriz para essa composição
© Editora Intrínseca

A versão impressa está listada por R$ 39,99 e a digital por R$ 24,90. Nos EUA o livro será lançado somente em 6 de março, quase uma semana após a versão nacional.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

É bizarro, mas creio que essa é a primeira vez que menciono A Forma da Água por aqui. Assisti alguns trailers, achei bacana (no estilo conto de fadas gótico do Del Toro), cheguei a separá-los para divulgação, mas acabaram ficando de fora entre vários outros tópicos mais simples.

Quanto a romance entre monstros e mulheres, preferiria ver uma adaptação de O Monstro do Pântano utilizando os roteiros do Alan Moore. Quem sabe a Warner/DC Comics descobre essa mina de ouro em seus porões e encaixa-a no meio de suas produções esquisitas de super-heróis. Não ficaria tão deslocado entre esses filmes escuros e cheios de personagens carrancudos e sofridos.

Seria uma ótima oportunidade para introduzir uma nova versão do John Constantine nos cinemas também.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Advertisements
Tagged ,

Um e-book grátis sobre um bairro futurista

A editora Phoenix Pick está distribuindo este mês Captive Dreams, de Michael Flynn. A antologia traz seis contos ambientados em um mesmo bairro, cada um explorando um diferente avanço científico, mas também repletos de “profunda melancolia e ambiguidade moral”, segundo as resenhas.

Outra daquelas capas econômicas da editora
© Phoenix Pick

O livro está disponível gratuitamente em dois formatos digitais na página http://www.phoenixpick.com/botm/Captive.htm. Ali também é possível adquirir uma cópia de The Forest of Time and Other Stories, do mesmo autor, por US$ 2,99.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Fazia tempo que não via uma sinopse elogiando tanto o estilo do autor e praticamente esquecendo de mencionar do que o livro se trata. Pela editora só fiquei sabendo que todos os contos são ambientados no mesmo bairro, e que pelo jeito são muito bem escritos. Já os trechos de resenha na Amazon mencionam doenças que aceleram e atrasam o envelhecimento, manipulação genética e pelo menos três contos sobre a mente.

Fiquei intrigado pela prosa altamente elogiada, mas o treco parece meio deprimente. Obviamente vou baixar, já que é gratuito, mas vai ficar em baixa prioridade.

Como se as preparações para mestrar Starfinder não estivessem consumindo todo meu tempo dedicado à leitura ultimamente.

Fonte: Newsletter da editora

Tagged

Continuação de Altered Carbon em breve no Brasil

Aproveitando o lançamento de Altered Carbon no serviço de streaming Netflix, a editora Bertrand Brasil anunciou Anjos Partidos, continuação da obra literária que inspirou o seriado. Também escrito por Richard Morgan, o livro traz o agente Takeshi Kovacs trabalhando como mercenário e caçando tecnologia alienígena.

De Blade Runner para Stargate em um livro
© Bertrand Brasil

Anjos Partidos deve ser lançado somente em maio, com o preço sugerido de R$ 49,90 por 490 páginas.

O primeiro livro da franquia, Carbono Alterado, já está disponível no Brasil pela mesma editora, com o mesmo preço e número de páginas.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Estou assistindo ao seriado, por enquanto ainda no episódio 4. Algumas boas cenas de violência com armas, e cenários ricamente ilustrados. As lutas de corpo-a-corpo coreografadas são fraquinhas, e o protagonista parece uma marionete – só demonstra emoção quando escancara a boca ou arregala os olhos. Mas é o que ele faz em todos os papéis que teve até hoje, então nenhuma surpresa.

Por enquanto continuo tendo os mesmos problemas que tive com o livro: muitas tangentes e ausência de uma ameaça definida. Haja nudez para disfarçar tudo isso.

Já li o segundo livro, radicalmente diferente do primeiro. Não apenas se passa completamente fora da Terra, como foca em elementos apenas mencionados antes, incluindo artefatos alienígenas. O protagonista se transforma de assassino taciturno em integrante de equipe, amadurecimento meio incomum nesse gênero de “anti-heróis solitários”. Não sei se serviria para uma segunda temporada… nunca li o último livro, mas pela resenha parece mais adequado: anti-religião, cenário urbano, conflitos familiares, tudo adequado às tendências atuais.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Teatro de Agatha Christie em coleção

A editora L&PM está lançando este mês Testemunha de Acusação e Outras Peças, de Agatha Christie. Além do texto mencionado no título, estão incluídas no livro A Hora H, Veredicto e De Volta à Cena do Crime. São 432 páginas pelo preço sugerido R$ 29,90.

Que tal uma capa maior, editora?
© L&PM

Além das dezenas de livros policiais, Christie escreveu quase 30 peças de teatro, de acordo com a divulgação da editora. Nesta obra apenas a peça Veredicto não se trata de um crime violento, mas sim de um “thriller psicológico” após a Segunda Guerra Mundial.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Testemunha de Acusação é um magnífico filme dos anos 1950, provavelmente um dos melhores dramas de tribunal existentes. Reconheci o título do livro, mas havia me esquecido que a famosa Christie era a autora original – divulgam bastante isso no começo do longa, mas nunca me ocorreu procurar a peça.

A editora tem um pequeno trecho disponível em seu site, e já é possível detectar uma diferença significante entre as duas obras. Enquanto o filme abre com o advogado de defesa saindo do hospital, se recuperando de um infarto ou algo semelhante, o livro começa com ele em seu escritório prestes a receber seu cliente. Talvez seja uma questão de economia de cenários e a saúde frágil do personagem seja estabelecida em diálogos, mas fiquei surpreso com a diferença.

Estou interessado em ler a obra – e o preço baixo para o tamanho de páginas é outra surpresa. Será que não erraram em, pelo menos, uns vinte reais? Ou a economia de tinta ao imprimir uma peça de teatro é tão significativa assim nos custos de produção? Duvido.

Fonte: Newsletter da editora

Tagged

Livro de Os Últimos Jedi ganha tradução brasileira

A editora Universo dos Livros vai publicar em março Os Últimos Jedi, versão em livro do filme mais recente da franquia Star Wars. A adaptação foi escrita por Jason Fry, responsável por vários publicações no mesmo universo, principalmente para o público infantil. A obra tem 352 páginas e preço sugerido de R$ 44,90 pela versão impressa e R$ 19,90 pela digital.

A única parte interessante do filme...
© Universo dos Livros

Os Últimos Jedi será lançado nos EUA no mesmo mês que a versão nacional, mas vinte dias mais cedo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Para quem está curioso sobre os aspectos que menos fizeram sentido no filme, o livro é uma ótima opção: não apenas você pode ler os pensamentos dos personagens, como as descrições também destacam coisas que talvez não tenham chamado a atenção devida durante a sessão de cinema.

Foi mais divertido que o episódio anterior, mas a trama dos personagens não-jedi foi frustrante de tão inútil. Podiam ter ficado trancados na nave o longa todo e não teriam influenciado em nada o andamento da história principal. E a personagem nova que vira o centro das atenções sem mérito algum (terrível quando introduzem alguém desse jeito) ao menos não é a mais irritante – reservaram isso para o Poe, cheio de pirraça. Mas sua saga de funcionária da manutenção para espiã e piloto chega a ser mais absurda que a transformação da Rey em mestre jedi.

Não podiam ter feito dela uma mecânica, e deixado para ela a função de invadir a nave inimiga, sabotar alguns caças ou equipamentos, consertar algum droid – em suma, alguém com conhecimento técnico e realmente útil?

Pelo menos tivemos a cena da frota inimiga sendo destruída por uma nave acelerada à velocidade da luz e o Luke Skywalker sendo bombardeado pelos tanques quadrúpedes. Não via uma homenagem tão escancarada a animes desde o primeiro Matrix.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged ,

Um e-book grátis sobre a humanidade indo para o espaço

A editora Phoenix Pick está distribuindo este mês a coletânea Humanity 2.0, com 15 contos sobre a humanidade se adaptando a viagens interestelares de todos os jeitos possíveis. Os autores listados incluem Robert J. Sawyer, Mike Resnick e Robert Silverberg, além de escritores mais recentes e menos premiados.

Pelo menos capricharam na fonte
© Phoenix Pick

Para baixar uma cópia gratuita basta ir até http://www.phoenixpick.com/botm/Humanity.htm e seguir as instruções.

Na mesma página é possível adquirir um pacote de coletâneas que incluem o livro acima, The Best of Hal Clement e The Best of Galaxy’s Edge, pelo preço reduzido de 5 dólares.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Por falar nela, a editora também anunciou o retorno à gratuidade de sua revista Galaxy’s Edge, afirmando que conseguiram “infusões de dinheiro” e uma “iminente venda para uma editora chinesa”. É uma novidade um tanto bizarra, mas a última análise que li há alguns anos afirmava que a China era fã principalmente de hard sci-fi, algo que os veteranos da publicação providenciam em boa quantidade.

Os contos de nomes graúdos na coletânea parece que são todos reimpressões, alguns bem antigos – comprados obviamente para chamar a atenção do leitor e introduzi-lo aos novatos. É uma estratégia comum da editora, que inclusive tem uma linha de livros com “parcerias” entre desconhecidos e veteranos.

Gostei do tema, extremamente específico.

Fonte: Newsletter da editora

Tagged

Atriz da Marvel e agora escritora policial

A editora Rocco vai lançar em 20 de dezembro A Fogueira, livro escrito pela atriz Krysten Ritter, conhecida como a protagonista da série Jessica Jones. Na história uma advogada ambientalista precisa retornar à sua cidade natal para investigar um caso de contaminação, possivelmente ligado a uma grande empresa. Lá começa a confrontar mistérios de seu passado, inclusive o desaparecimento de uma velha conhecida da época de sua adolescência.

Mas o que é a tal fogueira na trama?
© Rocco

São 288 páginas pelo preço sugerido de R$ 39,90 no formato impresso e R$ 25,90 pela versão digital.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Geralmente não divulgo lançamentos literários no gênero policial porque não conheço ninguém dos autores publicados na atualidade – costumo ler somente as velharias. Mas o nome me pareceu familiar, então resolvi averiguar e realmente é a Jessica Jones escrevendo um livro. Descontando a apelativa divulgação completamente pendurada nos talentos dramáticos da atriz, e se concentrando na sinopse: a premissa não é das piores, e gostei do nome da empresa vilanesca: Optimal Plastics (parece uma megacorporação em cenário cyberpunk).

Aproveitei para dar uma olhada na edição americana, lançada no mês passado (por que traduziram tão rápido para cá?), e encontrei algumas informações extras: a empresa é o centro financeiro da cidade, deixando as ações da protagonistas mais relevantes, já que as consequências podem afetar profundamente o local; e a existência de um ritual chamado “the game”, que “ameaça reputações e vidas na comunidade, e arrisca expor uma escuridão que pode consumi-la”. Americanos adoram demonizar cidades pequenas.

Atualmente o livro está com 4,1 estrelas de cinco possíveis. Entre as poucas resenhas negativas, críticas à personalidade da protagonista (reclamona) e uma à trama, que um leitor diz ser “obviamente escrita para se tornar um filme”. Considerando o histórico profissional da autora, faz sentido.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Dois e-books grátis de ficção científica neste natal

A editora Phoenix Pick está distribuindo este mês dois e-books de seu catálogo. O primeiro é Double Star, de Robert A. Heinlein, sobre um ator que se vê envolvido em uma conspiração interplanetária. Também estão disponíveis com desconto Podkayne of Mars e Time for the Stars, do mesmo autor.

Esse fascínio por formas de energia humanoides…
© Phoenix Pick

O segundo é Soulmates, de Mike Resnick e Lezli Robyn, coletânea de contos sobre almas gêmeas de variados tipos e espécies. O livro já havia sido colocado à disposição em julho deste ano. Outra publicação da dupla, em parceria também com Larry Hodges, When Parallel Lines Meet, está à venda com desconto na mesma promoção.

Para baixar os livros ou fazer suas compras, basta ir até a página http://www.phoenixpick.com/botm/Christmas.htm e seguir as instruções.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Talvez você não conheça os nomes Heinlein e Resnick, caso tenha menos de 40 anos, então é bom esclarecer: são multi-premiados escritores de ficção científica da era dourada do gênero, quando politicagem não contaminava demais as premiações mundiais.

Heinlein faleceu há algum tempo, deixando como legado mais popular Tropas Estelares e Estranhos em uma Terra Estranha. Já Resnick continua na ativa, publicando com regularidade. Sua bibliografia é vasta, mas acho que dá para destacar Lucifer Jones, Starship e Santiago, sem falar na quantia absurda de contos e trabalhos como editor.

Vou tentar passar alguns meses apenas na base de livros gratuitos. Dando uma olhada na minha crescente biblioteca na Amazon, percebo que estou comprando um pouco mais rápido do que estou lendo, mais ou menos na proporção de 20 para 1. Assim que der uma reduzida na pilha retomo as aquisições.

Estou evitando até olhar minha lista de desejos em livrarias online, para não esbarrar nos descontos do dia. São minha principal, quase única, fonte de compras. US$ 1,99 é covardia.

Fonte: Newsletter da Phoenix Pick

Tagged

Veteranos do horror mais acessíveis

Dois livros de horror chegam às livrarias brasileiras esta semana. O Fantástico Alfabeto Lovecraft, da Darkside Books, apresenta ao público jovem versões infantis de criaturas dos contos de H. P. Lovecraft. São 32 páginas com ilustrações e preço sugerido de R$ 39,90.

É, algo deu errado.
© Darkside Books

História Extraordinárias, de Edgar Allan Poe, é uma coletânea organizada pela Companhia de Bolso com contos clássicos do autor, em formato de bolso, incluindo Gato preto e O poço e o pêndulo. São 272 páginas pelo preço de R$ 27,90.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

É bacana ver que o Lovecraft continua popular no Brasil, sem os protestos cada vez mais comuns nos EUA contra qualquer obra sua ou produto relacionado. Provavelmente é apenas uma questão de tempo, mas não vi nada que se destacasse ainda.

Livro adorável, obviamente mais um catálogo de bichos de pelúcia que qualquer outra coisa. Não acredito que o autor teria aprovado, já que se orgulhava do horror em seus contos, mas o aspecto financeiro talvez o convencesse do contrário.

Quanto ao Poe, não pensava nele há muito tempo. Acho que li a maioria de seus contos populares quando eu era adolescente, típico da época pré-internet/internet discada. Será que não incluíram uma versão d’O Corvo? “Nunca mais!”. Ficaria surpreso.

Deixe-me conferir… é, várias versões gratuitas em áudio no Librivox. Inclusive uma The Murders in the Rue Morgue lida pelo falecido Phil Chevenert, nada mal.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged

Mais Lovecraft no mercado editorial brasileiro

A editora Darkside Books vai lançar em dezembro H.P. Lovecraft – Medo Clássico – Vol. 1, coletânea de contos de um dos principais escritores americanos de horror. São duas edições, Miskatonic e Cosmic, com o mesmo conteúdo interno, mas capas e acabamentos bem diferentes. O preço sugerido de ambas é R$ 59,90 por 384 páginas.

37717423325_07d4392316_z
© Darkside Books

Além das histórias clássicas, não divulgadas pela editora, o volume inclui notas comentadas, ilustrações de Walter Pax, e uma seleção de cartas e documentos do autor.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sempre considerei H. P. Lovecraft um ótimo autor para presentear alguém. Já fiz isso algumas vezes com as edições de bolso da L&PM Pocket, e ninguém reclamou – podem não ter lido, mas é um item interessante para se manter na prateleira.

Por um tempo contemplei comprar as duas edições: Miskatonic para o moleque e Cosmic para a guria – o visual parece perfeito para as personalidades de ambos. Mas acho que não estão na idade ainda para empreender o esforço de ler contos publicados há cerca de um século. O treco exige a aquisição de um certo vocabulário, pois o Lovecraft adorava adjetivos “incomuns”.

Sugiro uma visita ao site da editora: fizeram até uma lista de músicas temáticas, ficou bem profissional a apresentação. E apesar de todo o cuidado promocional, não colocaram em lugar algum o índice do livro. Bizarro.

Fonte: Pré-vendas da Saraiva

Tagged
Advertisements