Category Archives: Filmes

Rei Arthur vira um épico de fantasia

Guy Ritchie dirige uma nova versão do mito de Camelot em Rei Arthur: A Lenda da Espada, com estreia prevista para maio. Charlie Hunnam (Filhos da Anarquia) é o protagonista que retira a espada Excalibur da pedra e se torna herdeiro do trono inglês. Ao contrário de versões anteriores, essa aumenta os elementos de fantasia, incluindo superpoderes e monstros gigantes.


© Warner Bros

Também estão no elenco Jude Law, Eric Bana, Katie McGrath, Hermione Corfield e Djimon Hounsou. O roteiro lista quatro autores diferentes, incluindo o próprio Ritchie.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acho que a carreira do Guy Ritchie merecia ser estudada. De filmes policiais independentes a blockbusters de ação com lucros medianos, além de um curto casamento com aquela cantora famosa. Mas continuam colocando ele encarregado dessas produções caras, como uma espécie de Zack Snyder mais competente, mas menos lucrativo.

Vamos ao trailer, com seus monstros, superpoderes (sei que devem ser apenas magias ou itens mágicos, mas o visual não é à toa), exércitos gigantescos, destruição em massa. Me pegou de surpresa toda essa ação rocambolesca e um elenco quase desconhecido, principalmente o feminino – só listei um par de atrizes ali em cima porque suas fichas incluem várias produções populares.

Parece ser mais um daqueles casos: vamos tentar criar uma franquia lucrativa, mas aproveitando alguma coisa popular & em domínio público para economizar nos direitos e ter mais liberdade.

Na planilha faz sentido, mas na prática é questionável: economizar justamente no roteiro, inventando um monte de maluquices em cima de um produto clássico ao invés de comprar uma franquia moderna; e, ao dar seu próprio tom ao material, invariavelmente irritar os fãs e conhecedores do material.

Mas tentar justificar previamente o fiasco de um filme é quase impossível, não existe fórmula perfeita para o fracasso ou sucesso dessas monstruosidades. São complexos demais quando sendo feitos para correções serem possíveis antes do material acabar na mesa de edição.

Deve ser muito divertido trabalhar no meio, mas apenas se você não levar a sério.

Título rejeitado para o post: Senhor dos Anéis IV: Rei Arthur

Fonte: Deadline

Tagged

Astros encabeçam pequeno horror espacial

Chega aos cinemas no mês que vem o filme Vida, produção de horror e ficção científica protagonizada por Jake Gyllenhaal e Ryan Reynolds. Os dois integram uma equipe de cientistas na Estação Espacial Internacional investigando amostras de uma forma de vida marciana, que logo se mostra hostil.


© Sony Pictures

O roteiro é de Rhett Reese e Paul Wernick, dupla responsável pelo sucesso de bilheteria Deadpool, e a direção de Daniel Espinosa, de Protegendo o Inimigo e Crimes Ocultos.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

A divulgação do longa está incrivelmente ativa, para um produto que parece não ter potencial para continuações ou sequer grandes bilheterias. Apesar do elevado poder aquisitivo de seus protagonistas, filmes de horror não tendem a coletar dinheiro com a mesma facilidade que um longa de ação, comédia ou romance.

Mas como o treco parece ser muito barato (o salário da dupla deve ter sido o maior investimento), os estúdios e distribuidoras envolvidos provavelmente querem capitalizar o máximo possível – e talvez provar a viabilidade do formato. Rostos famosos + horror em ambiente restrito – orçamento = lucro.

Para mim parece que um estúdio resolveu fazer um favor ou agrado ao Ryan “Deadpool” Reynolds e bancou um projeto de médio/baixo orçamento de seus amigos roteiristas, para deixar todo mundo feliz e garantir que continuem trabalhando na franquia já comprovadamente lucrativa.

Título alternativo: Donnie Darko & Deadpool vs. Prometheus

Fonte: Blastr

Tagged ,

Filme conecta problemas emocionais e kaiju

Anne Hathaway está sofrendo uma crise pessoal e controlando um monstro gigante em Colossal, comédia absurda de Nacho Vigalondo. O cineasta espanhol também dirige Dan Stevens, Jason Sudeikis e Tim Blake Nelson, que contracenam com a protagonista enquanto a criatura destrói a Cidade Especial de Seul, capital sul coreana.


© Neon

Lançamento em abril, nos EUA.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Gosto da Hathaway, acompanhei boa parte de sua carreira como atriz dramática casualmente, enquanto ela coletava elogios sem se destacar demais. Há alguns anos ela declarou que gostaria de fazer um filme de ficção científica, de “atirar um laser em uma gosma alienígena” ou algo nesse sentido.

Desde então ela participou de um filme do Batman, de Interestelar e agora desse Colossal, sem deixar de lado filmes mais normais. Ainda não conseguiu atingir seu objetivo exatamente, mas está chegando perto.

Parece-me que sua carreira não foi exatamente beneficiada por essa decisão, mas talvez tenha obtido satisfação pessoal, ao menos.

Título descartado para esse post: Problemas com homem viram um godzilla

Fonte: io9

Tagged

América vai refilmar filme indonésio de ação

Joe Carnahan vai dirigir e Frank Grillo protagonizar o remake americano de Operação Invasão, popular filme indonésio lançado em 2011. A trama se passa quase inteiramente dentro de um prédio, sob controle de um chefe do tráfico de drogas enfrentando uma equipe da Swat.

32787203372_b712616935_z
© Celluloid Dreams

Carnahan tem em seu currículo o filme de sobrevivência A Perseguição e outro remake, Esquadrão Classe A, além de longas menos populares. Grillo é conhecido pelo público como o vilão Crossbones, de Capitão América 2 e 3.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E provavelmente devem estar lidando com uma onda de críticas por racismo (Grillo é caucasiano-americano, enquanto o protagonista original é um artista marcial indonésio), por emburrecer um filme excelente, por arruinar um filme de ação estrangeiro, por serem condescendente com o público americano, etc.

Eu assisti esse filme no Netflix, acho que três ou quatro anos após seu lançamento, ouvindo durante esse intervalo todo elogios sem fim. Não achei tudo isso – talvez pela expectativa exagerada, talvez porque o filme é muito mais modesto que seus fãs.

Gostei das cenas de luta nos corredores, com suas cuidadosas coreografias cheias de facões para todo lado. Mas as lutas individuais contra o vilão mais talentoso (era mais de um? Já não consigo diferenciar) são apenas cansativas. O roteiro é quase um detalhe sem importância, personagens de alto escalão agindo de modo bizarro, com motivações sem sentido. Parece que pegaram a luta no corredor de Old Boy e esticaram por algumas horas.

Gosto do Carnahan, especialmente dos dois títulos mencionados acima, e parcialmente do Narc. Mas depois de tantos anos sem fazer nada de destaque, e após ter saído ou sido demitido do novo Desejo de Matar, ele resolve pegar algo bem peculiar e controverso, no mal sentido. Quanto ao Grillo, o sujeito tem uma carreira gigantesca, mas não o reconheceria se esbarrasse com ele na rua. Talvez o confundisse com o Jon Bernthal, da segunda temporada do Demolidor.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Revelada a trama de Vigilante do Amanhã

Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell ganhou um trailer explicando sua trama, com mais cenas do vilão principal e sua motivação. Scarlet Johansson protagoniza como uma ciborgue liderando uma equipe de combate e investigação especializada em criminosos que usam alta tecnologia. Lançamento em 30 de março.


© Paramount Pictures

O cenário futurista também ganhou um destaque maior, com cenas adicionais nos ambientes externos e mais exemplos de realidade aumentada em uso. Os próximos vídeos de divulgação devem explorar os personagens secundários do filme, incluindo os subordinados da Major.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E aposto que vão se concentrar principalmente no Batou.

Agora ficou finalmente claro a principal diferença entre essa major e a major Motoko Kusanagi dos animes: sua origem. Nas séries fica implícito que a protagonista é a única que sabe a verdade sobre seu passado, com flashbacks sendo explorados como possíveis explicações para seu comportamento atual, mas o mistério nunca é esclarecido. Nesse filme, ela está desmemoriada, e, apesar disso, liderando uma equipe de matadores sancionados por um governo.

Não gostei dessa mudança – parece-me que enfraquece a personagem desnecessariamente. Provavelmente foi modificada justamente para criar um ponto fraco na muralha que a major originalmente era, facilitar para o público simpatizar com ela, e ao mesmo tempo simplificar a trama. Ao invés de questionar sua humanidade, questionar seu passado, muito mais típico. Na verdade achei essa versão ocidental dela mais parecida com o RoboCop do que com a personagem do anime, em motivação e personalidade.

Por outro lado, na terceira série animada, Ghost in the Shell Arise, o tema de modificar as memórias da Kusanagi é parte da trama principal, com consequências até no filme que encerra todo esse prelúdio. Como fica demonstrado no trailer que o Kuze está hackeando a cabeça dela, talvez tenham aproveitado essa idéia – misturado a motivação do vilão de Arise com as ações do vilão de 2nd Gig.

Daqui a um mês e meio descobriremos – planejo ir na semana de abertura!

Fonte: Slash Film

Tagged

Mais tempo para outros personagens em GdG 2

Guardiões da Galáxia Vol. 2 ocupou um dos espaços no milionário intervalo do Superbowl, final de um campeonato de futebol americano realizado neste domingo. Desta vez o trailer apresenta a nova vilã e esclarece que o grupo de aventureiros espaciais ganha mais integrantes – a trama deve ficar para o próximo vídeo.


© Marvel Films

Estão no elenco Chris Pratt, Vin Diesel, Zoe Saldana, Karen Gillan, Bradley Cooper, Dave Bautista e Michael Rooker. Entram para a franquia Sylvester Stallone e Kurt Russell. O diretor e roteirista é novamente James Gunn. Lançamento em maio.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E felizmente estão variando as músicas, deixando a excelente trilha sonora do primeiro filme para trás. Depois do trailer inicial fiquei com a impressão que iam repetir excessivamente a bem-sucedida fórmula, estragando toda a experiência.

Até agora este foi o único vídeo que gostei, principalmente por terem variado um pouco a comédia, centralizada no Baby Groot e na imbecilidade do Drax e Mantis (ainda presentes, uma pena). Estou torcendo para expandirem a presença do Yondu, um dos maiores ladrões de cena dessa franquia.

Único filme da Marvel que estou com vontade de assistir este ano. E tomara que mantenham-no isolado do resto do universo.

Fonte: Deadline

Tagged

Mais um trailer de Ghost in the Shell (EUA)

O comercial de TV para Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell já está disponível na internet, dias antes de ser exibido na final de um campeonato de futebol americano. Em sua curta duração é possível ver alguns poucos segundos de material inédito, incluindo interação entre a protagonista Major, interpretada por Scarlett Johansson e o vilão Kuze, de Michael Pitt.


© Paramount Pictures

O filme é uma adaptação ocidental da franquia Ghost in the Shell, iniciada em mangá e expandida para televisão, jogos, longas metragens e mais mangás. O lançamento está previsto para 30 de março.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Eu diria que é uma adaptação global da franquia, considerando a diversificada nacionalidade do elenco principal e secundário.

E acho que estamos vendo pela primeira vez toda a equipe de apoio à Major reunida, no um segundo em que estão parados do lado de um helicóptero. Já o rosto da Johansson sendo removido parece uma daquelas alucinações induzidas por hack, típicas de algumas lutas em realidade virtual nas séries.

Torço muito para que esse filme não seja uma porcaria. Não precisa ser magnífico, só ficar um pouco acima do medíocre, e talvez dar origem a uma ou duas continuações. Mais cyberpunk nos cinemas não seria nada mal.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Se você reconhecer essas referências, está velho

Chuck Hank and the San Diego Twins é uma comédia de ação sobre dois irmãos e seu melhor amigo em uma luta por vingança contra um grupo de criminosos organizados. O filme é repleto de referências a videogames dos anos 80 e o único nome conhecido em toda a produção é David Arquette (Malditas Aranhas, franquia Pânico).


© Coatwolf Productions

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Tive que pesquisar para ter certeza que esse trailer pertence a um filme de verdade e não um projeto independente, que serviria como cartão de visitas de cineasta procurando financiamento. Ainda não encontrei essa certeza, mas a maioria dos envolvidos já trabalhou em um filme antes, no mesmo estilo comédia de ação, então é provável que estejam repetindo a dose.

Parece uma (nova) versão live-action de Double Dragon. Principalmente com esse desfecho.

Fonte: Slash Film

Tagged ,

Japão faz sua parte quanto a Vigilante do Amanhã

Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell está sendo promovido no Japão com a publicação de mangás. A editora Kodansha está lançando em fevereiro duas histórias celebrando o filme americano, na sua revista Monthly Young Magazine, tendo já publicado uma em dezembro. Dois dos mangakas envolvidos já produziram histórias em quadrinhos baseadas nas séries animadas da franquia.


© Paramount Pictures

Scarlett Johansson protagoniza a versão ocidental de Ghost in the Shell, também conhecida aqui como O Fantasma do Futuro, com Michael Pitt, Juliette Binoche, Takeshi Kitano e Rila Fukushima. Rupert Sanders, de Branca de Neve e o Caçador dirige o longa, que será lançado em 30 de março.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Muitas descobertas nessa publicação. Não fazia ideia que existiam outros mangas baseados nos animes, achei que somente o original do Masamune Shirow existia. Mas dado o tamanho da franquia, nada inesperado. E também não sabia que já haviam publicado um one-shot no ano passado promovendo GitS – passou batido nos locais onde costumo acompanhar mangás não lançados oficialmente por aqui.

Por falar em mangás e oficialmente, depois de alguns finais de semana visitando a toa a livraria de um enorme shopping center local, desisti e encomendei a encadernação de Ghost in the Shell da JBC pela internet mesmo. Aproveitei para incluir o volume inicial de Blame!, e acabou saindo muito mais barato do que comprar diretamente, mesmo incluindo o frete. Sem falar que o que gastei em estacionamento já daria para pagar a próxima edição de Blame!.

Acompanho as novidades do filme (vou assistir no final de semana de estreia) pelo Facebook, curiosamente na versão nacional da página oficial. Não importa o que publiquem, a maioria dos comentários são críticas ao título traduzido, com algumas pessoas perdendo as estribeiras, exigindo “Fantasma na Máquina”. Mas eu compreendo o dilema da distribuidora – se colocarem fantasma no título, povo vai achar que é um filme de terror.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Novo predador enfrenta ator de ação

Thomas Jane (The Expanse) acaba de ser anunciado como integrante do elenco de The Predator, próximo filme da franquia Predador. O ator irá enfrentar o caçador alienígena ao lado de Olivia Munn, Boyd Holbrook e Sterling K. Brown, com direção de Shane Black (Dois Caras Legais, Homem de Ferro 3), que também escreve o roteiro com Fred Dekker (Deu a Louca nos Monstros).

One ugly son of a...
© Twentieth Century Fox

O Predador começou em 1987, com Arnold Schwarzenegger liderando um grupo de mercenários caçados por um alienígena na América Central. Uma continuação direta foi lançada em 1990, com Danny Glover, e a criatura reapareceu ainda em Aliens vs. Predador 1 e 2, um crossover com outra franquia, e no mais recente Predadores, de 2010.

De acordo com comentários de Black, The Predator deve ser uma continuação do primeiro filme.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Thomas Jane não é exatamente um astro, mas seu trabalho em The Expanse me motivou a divulgar esse novo emprego. Ele interpreta um detetive decadente em uma colônia de mineradores espaciais, e apesar de terem suavizado seu aspecto “perdedor” em relação ao livro, ainda conseguiu projetar seu desespero muito bem. E como acabaram a primeira temporada em um ponto anterior ao final do livro, ele deve retornar para a segunda, e quem sabe até durar bastante tempo – não me incomodaria se mudassem o absurdo desfecho da trama (na verdade achei ele tão ruim que acabei não indo atrás do segundo livro).

Será que o Shane Black vai conseguir revitalizar a franquia, tão surrada pelos três últimos filmes? AvP acho que deveria ser banido da existência e desconsiderado integralmente, mas Predadores me pareceu uma tentativa genuína de fazer um filme decente – uma pena que banalizam totalmente o monstro, além de desperdiçarem atores bem razoáveis com personagens ridículos.

Assisti aos três filmes dirigidos por ele, e são bons – apesar de estruturalmente serem quase idênticos (será que teremos um par de predadores caçando humanos, ou um par de amigos sendo caçados por um predador?) – mas ainda não vimos Black fazendo qualquer filme de ação mais sério, tudo tem um toque de humor. E acho que isso não combina com o personagem.

Fonte: Coming Soon

Tagged