Arquivo de Alienígenas ganha segundo volume

A editora Paizo lança este mês, no dia 17, Starfinder Alien Archive 2, novo manual com alienígenas, equipamentos e regras para o RPG de mesa Starfinder. Serão mais de 100 novas criaturas, com mais de uma dúzia delas podendo ser utilizadas por jogadores na criação de seus personagens. O livro tem preço sugerido de US$ 9,99 pela versão digital e US$ 39,99 pela versão impressa.

Gremlin elétrico?
© Paizo

A divulgação oficial apresentou três criaturas em um blog post no site da editora: o Squonx, mistura de raposa e esquilo que deve ser o primeiro “pet” com regras semelhantes à de um animal companheiro em Pathfinder; a Glass Serpent, monstro gargantuesco com invisibilidade natural; e o Vermelith, pertencente à categoria de criaturas que só podem ser enfrentadas com o uso de naves espaciais.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E está saindo um dia antes do Alien Archive original, em 18 de outubro do ano passado (a menos que eu tenha me atrasado e comprado um dia após o lançamento). Comparando as capas, o AA1 tinha um monstro grande, um médio e um pequeno – o grande (Dragonkin) e o pequeno (Skittermander) acabaram sendo raças jogáveis. Vão manter o padrão, ou será que o aracnídeo antropomórfico com asas será a única raça adaptada para jogadores, virando tudo do avesso?

Não sei por que não estão enfatizando mais o Squonx na divulgação – acredito que a presença de um pet não-robótico será muito popular, principalmente se tiver alguma utilidade em combate. Infelizmente o fato de não estar atrelado a um poder de classe, e possivelmente sequer a uma façanha ou qualquer outro pré-requisito, pelas regras do jogo, deve forçar o bicho a ser quase inútil, semelhante aos drones comerciais disponíveis no Starfinder Armory. Você não pode competir com poderes exclusivos de personagens usando apenas dinheiro, a menos que seja muito dinheiro, e por imitações bem restritas.

Como estou mestrando uma campanha pronta, e praticamente tudo é novidade, não consigo extrair muita utilidade desses Aliens Archives, exceto pelas raças jogáveis. Por enquanto não senti a necessidade de trocar um monstro já definido por outro, e quando incluo material próprio relativo ao passado dos personagens, geralmente é um NPC e não uma criatura irracional.

Na sessão deste final de semana fracassei em deixar minha filha interessada, o que levou o personagem de meu filho a se meter em todas as enrascadas possíveis, praticamente sozinho, e o deixou bem próximo a um desfecho trágico. Na verdade, a possibilidade de ele esticar as canelas na primeira rodada da próxima sessão são enormes.

Gosto de combate e exploração, mas a terceira aventura de Starfinder erra bastante a mão ao focar nestes dois e não incluir praticamente qualquer interação com outros personagens nas duas primeiras partes. O treco melhora na terceira parte, mas é um caminho bem longo até lá.

Fonte: Paizo Blog

Tagged ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s