Jogadores impactam novo Pathfinder

O teste da segunda edição do RPG de mesa Pathfinder chegou à sua segunda semana, e a editora Paizo já está introduzindo modificações nas regras. A partir dos relatórios preenchidos pelos jogadores, e comentários nos fóruns oficiais da empresa, criaram um documento contendo “atualizações críticas” e “outras atualizações”. Todo o material do teste está disponível gratuitamente em http://paizo.com/pathfinderplaytest

Não conseguem se distanciar de dragões, por mais que mudem a cor
© Paizo

As modificações afetam habilidades, poderes de classe e raça, e mesmo as regras de funcionamento de magias. O alquimista parece ser o personagem com maior número de novidades.

De acordo com publicação no blog da Paizo, planejam divulgar um comentário semanal dos editores sobre o desenvolvimento do teste.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Achei que ia me interessar mais pelo Pathfinder 2, mas infelizmente o treco não me capturou. Ainda é cedo, com, pelo menos, seis meses de testes pela frente, então aguardarei por uma versão mais polida do manual – pela balbúrdia nos fóruns, boa parte dos sistemas novos está sendo mal recebida. Se isso é reflexo de regras frouxas, ou apenas resmungos de fãs se sentindo traídos, descobriremos quando o treco estiver pronto.

Continuo firme no Starfinder enquanto isso, apreciando cada vez mais as novidades introduzidas no sistema, em comparação ao velho Pathfinder. Recentemente criei um player character (PC) de nível 7 usando regras do playtest do Psionics Guide da editora Dreamscarred Press, processo que me custou as horas livres de vários dias. Na sequência fiz um non-player character (NPC) de dificuldade 7 usando as regras oficiais do Alien Archive da Paizo, em apenas meia hora. E isso que tive que escolher poderes e magias. É muita comodidade.

Só fico um pouco ressentido com o PF2 por roubar excessivamente a atenção de Starfinder – se tivessem aguardado mais um ano poderiam ter consolidado a base de jogadores do sistema novo, dado a ele a publicidade devida. Ficou meio atropelada essa estratégia de desenvolvimento da empresa. Parece que lançaram o SF para conseguir um destaque e arremataram com o PF2 para se manter na mídia. Acredito que o sucesso de Starfinder pegou a Paizo meio de surpresa, obrigando-os a contratar mais gente e apertar o ritmo de produção para atender a demanda. Agora é torcer para que isso não afete demais a qualidade dos produtos.

Fonte: Paizo Blog

Tagged ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s