Monthly Archives: March 2017

Valerian tem mais aliens de computador

O novo trailer de Valerian e a Cidade dos Mil Planetas apresenta mais detalhes sobre a estrutura que dá nome ao filme. A raça alienígena que parece comandar o local também explica a trama ao espectador, que obviamente inclui um inimigo misterioso e uma ameaça de destruição total. Lançamento em agosto.


© STX Entertainment

Luc Besson (O Quinto Elemento) dirige e escreve essa adaptação de uma história em quadrinhos francesa, com Dane DeHaan (O Espetacular Homem-Aranha 2) e Cara Delevingne (Esquadrão Suicida) protagonizando. Também estão no elenco Ethan Hawke, John Goodman, Clive Owen, Mathieu Kassovitz, Rutger Hauer e a cantora Rihanna.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Esse diretor costuma fazer espetáculos visuais intercalados com filmes mais simples, tendo feito um belo estrago nas bilheterias nos anos 90. O Profissional e O Quinto Elemento são obras que você simplesmente assiste até o fim ao esbarrar com elas em um canal qualquer – o material é de ótima qualidade.

Infelizmente dos anos 00 em diante parece ter se apaixonado por efeitos especiais em computador. Agora os espetáculos que produz são totalmente compostos de CGI, e ele nem se preocupa em disfarçar, parece deixar a coisa irreal de propósito, quase cartunesca. Aposto que faria uma excelente continuação ou remake de Uma Cilada para Roger Rabbit.

Valerian é um festival de atores perambulando no meio de telas verdes e interagindo com técnicos carregando hastes cheias de pontos de referência. Os cenários estão bonitos, dá até para notar alguma influência cyberpunk em certos pontos dessa cidade espacial, mas os alienígenas são deprimentes. Enquanto Quinto Elemento ainda parece ótimo, vinte e dois anos após seu lançamento, o resto de seus filmes de efeitos de computador estão envelhecendo rapidamente.

Mas acho que o ponto que realmente me decepcionou nesse trailer foi a música repetida. Funcionou muito bem no primeiro, mas não precisam exagerar.

Fonte: Blastr

Advertisements
Tagged

Jogo de horror multiplayer será relançado

O MMORPG de terror moderno The Secret World será relançado ainda neste semestre, com o novo título Secret World Legends. Assim como os outros jogos da empresa Funcom, essa versão será gratuita, com venda de itens cosméticos ou comodidades para usuários. Ela também trará um novo sistema de combate, de progressão dos personagens e visual atualizado, alguns dos principais pontos criticados na versão atual.

33746251545_92c7fe07df_z
© Funcom

SWL irá começar com oito mapas, e irá adicionar mais conteúdo no futuro, gratuitamente. Usuários de TSW poderão conectar suas contas atuais ao novo jogo, transferindo alguns itens estéticos e pontos usados para compras. Mas fora isso, todo usuário de Secret World Legends deverá começar do zero, devido à incompatibilidade entre os dois títulos. Interessados podem se inscrever para testes: http://beta.secretworldlegends.com/

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Adorei meu tempo passado em The Secret World. Parei basicamente porque não conseguia mais fazer nada sozinho – todo mundo de “nível” médio a alto só fazia raids, e completar quests por conta própria estava ficando impossível. O combate era difícil demais, por mais que fosse atrás de builds específicas para solo play, e consequentemente muito chato. Mas já me inscrevi para o beta e mal posso esperar para encarar essa nova versão.

Obviamente a comunidade já está mostrando seu apoio total à iniciativa, xingando a empresa no Youtube, Facebook, fóruns e etc. Vários veteranos estão revoltados porque o jogo novo vai exigir novos personagens – como gastaram tempo e dinheiro no jogo antigo, não admitem ir para esse sem receber vantagens. Se dependesse desse pessoal, preferiam ver os servidores serem fechados do que aguentar novatos no mesmo pé de igualdade. Isso é uma espécie de lealdade esquisita, ou apenas egoísmo? Reflexos de uma geração conectada à internet, eu diria.

Sempre esteve claro que a Funcom faria isso, já que praticamente todo MMORPG que ainda começa com assinaturas mensais ou faz a transição ou quebra. World of Warcraft é o único ainda resistente, mas possui muito conteúdo gratuito para iniciantes. Não vejo grandes diferenças entre relançar um jogo sem compatibilidade ou simplesmente criar um servidor exclusivo para usuários gratuitos. Pensando bem, a primeira opção é melhor porque integra mais todo mundo, e vai retardar o surgimento das deprimentes cidades abandonadas que estava encontrando nas últimas vezes que joguei.

Fonte: Funcom

Site oficial: https://secretworldlegends.com/

Tagged

Abutre e Homem de Ferro roubam um trailer

Homem-Aranha: De Volta ao Lar ganhou seu segundo trailer, ampliando os pontos altos do vídeo anterior: a interação com o Homem de Ferro e os vilões. Tom Holland retorna ao papel do herói após Capitão América 3, enfrentando três oponentes de uma vez só: o Abutre, Shocker e o Consertador. O longa chega aos cinemas em julho.


© Columbia Pictures

Michael Keaton é o vilão principal, trabalhando em parceria com Bokeem Woodbine e Michael Chernus para desenvolver uma roupa voadora e armas de grande poder destrutivo. Marisa Tomei também retorna como a Tia May, e juntam-se a ela Angourie Rice, Jacob Batalon e Tony Revolori como elenco de apoio à identidade secreta do Homem-Aranha.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Há realmente dois fatores capazes de gerar um filme de super-herói de boa qualidade: um protagonista que carrega a coisa toda nas costas, e um ótimo vilão. Os melhores filmes da Marvel equilibram esses dois, bem como suas séries pelo Netflix, e mesmo em seus piores produtos pelo menos um deles se destaca e salva um pouco a situação (sim, a DC Comics está conseguindo falhar em ambos, sempre, exato). Se o roteiro faz sentido ou não, isso geralmente é mero detalhe.

Nesse filme do terceiro Homem-Aranha já ficou claro que o rapaz está mandando muito bem na função, e se derem uma melhorada em sua versão computadorizada balançando por aí, é provável que vire o melhor deles. Vamos torcer para que não acabe deprimido e chorão como os anteriores.

O vilão está quase lá. Em quesito visual e ameaça, a versão com armadura do Abutre está no ponto – o Keaton, entretanto, precisa de falas melhores e uma motivação decente. Seu monólogo de gângster ficou bom, mais realista do que se espera de um monstro nesses filmes, mas a vingancinha contra o Homem de Ferro porque ele é rico não está funcionando. Espero que tenham algo melhor na manga.

Dois trailers de super-heróis na mesma semana. Acho que basta.

Ah, a Angourie Rice mencionada acima é a filha do Ryan Gosling em Dois Cara Legais. Excelente filme!

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Termina a campanha de Ghost in the Shell

A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (30), com Scarlett Johansson protagonizando. Ele é a primeira ciborgue de corpo inteiro, possuindo apenas um cérebro humano, e lidera um grupo de soldados “melhorados” de modo semelhante. O trailer final foi divulgado esta semana e está disponível aqui:


© Paramount Pictures

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Vou assistir neste sábado de manhã, apesar das primeiras críticas confirmando o que já havia deduzido: visual magnífico, roteiro fraquinho. Mas poderia aplicar facilmente essa mesma definição ao filme animado de 1995, apesar do amor meio cego dos fãs. Para mim a primeira temporada do anime, sem a maioria dos episódios de encheção de linguiça, é muito superior.

E acho que a campanha de marketing conseguiu abafar bem a primeira impressão negativa que os militantes politicamente corretos estavam conseguindo causar. E fizeram isso apenas se pendurando ao belíssimo visual e a uma suposta fidelidade a cenas clássicas – quem não se animou ao ver a Scarlett em cima do tanque, prestes a se arrebentar em vários pedaços? Devido à baixa censura do filme, dificilmente teremos algo tão gráfico, mas talvez na versão para blu-ray…

Agora o jeito é torcer para que não seja tão ruim a ponto de me impedir de comprá-lo daqui a uns três meses.

Fonte: Slash Film

Tagged

Batman traz o humor para a Liga da Justiça

A Liga da Justiça ganhou um novo trailer com mais cenas de ação, efeitos especiais, personagens secundários e vilões. O longa chega aos cinemas em novembro deste ano, com Gal Gadot, Ben Affleck, Henry Cavill, Jason Momoa, Ezra Miller e Ray Fisher como os super-heróis da DC Comics que vão abrir espaço para uma série de filmes solo nos próximos anos.


© Warner Bros

O vilão desta vez é Steppenwolf, um guerreiro do planeta alienígena Apokolips e subordinado de Darkseid, um dos principais antagonistas do Super-homem. As criaturas aladas são parademônios, soldados daquele mundo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Como eu mencionei em um grupo de discussão sobre cultura cyberpunk no Facebook, onde postaram esse trailer porque há um ciborgue no filme, não conseguiram sequer dois minutos de diálogo decente para enfiar nesse vídeo. Não dá para engolir um filme que trata o Batman como alvo de chacota do resto da Liga da Justiça – nem na época em que o grupo era uma série de comédia os roteiristas faziam isso.

Ainda faltam vários meses para o lançamento, portanto há muita oportunidade para consertarem o CGI fajuto que ocupa a maior parte das cenas de ação. Talvez até consigam mostrar um parademon como algo que não seja feito de sombras se mexendo rápido demais para ser focalizado. E talvez refaçam pelo menos a cabeça do ciborgue, que está um pouco bizarra demais. O resto de seu corpo, melhor nem perder tempo – já se decidiram pela rota Transformer.

“Eu sou rico”. Vão se ferrar.

Fonte: io9

Deixe plantas controlarem sua vida no Pathfinder

A Interjection Games está lançando seu primeiro grande manual para Pathfinder em anos, intitulado Ultimate Herbalism. O livro é compatível com esse sistema de RPG de mesa, e apresenta regras para três classes de personagem: Herbalist, Gourmend e Naturalist. O primeiro, já publicado individualmente há alguns anos, é uma espécie de mago cujos poderes dependem totalmente das plantas mágicas que pode colher todo dia; o segundo se especializa na produção culinária a partir destas mesmas plantas; e o terceiro é um combatente acompanhado por uma enorme planta carnívora.

Destaque demais para o Gourmend, considerando o tema...
© Interjection Games

Também estão disponíveis 12 archetypes para o herbalist e o naturalist, que incluem a possibilidade de substituir plantas por pedras, insetos ou fungos. O livro inclui 9 ambientes onde esses recursos mágicos diários podem ser encontrados, variando de acordo com o lugar onde o personagem se encontra, 9 ambientes ainda mais específicos que os principais, e 27 receitas para aproveitar as plantas que sobrarem.

A publicação é o primeiro resultado da campanha pelo Kickstarter para criar Strange Magic 2, livro da editora que irá agrupar ainda os sistemas mágicos Cartomancy e Onmyodo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E como patrocinador dessa campanha, recebi o livro sem custo adicional (além do que já paguei há alguns meses, acho que 25 dólares – argh). Minha filha jogou com uma herbalista por algum tempo, mas ao invés de explorar os efeitos das plantas ficava apenas atacando com seu arco e flecha. Me levou a traduzir várias das tabelas de consulta rápida, bem como ilustrá-las todas com fotos de plantas que realmente existem e outras que se assemelham às descrições – ficaram excelentes – mas quase não aproveitou.

Meu filho também já fez um Tinker que esquecia dos robôs, um Ethermancer que só usava dois ou três efeitos dos 12 que tinha, e um Edgeblade que nunca ativava seus poderes de sombra e luz. Apesar de ser um tremendo fã da editora, começo a acreditar que meus gostos por classes complexas e customizáveis talvez não seja espelhado por minhas crias…

Continuo meio convicto em voltar a jogar RPG somente quando o Interface Zero 2.0 for lançado, provavelmente ainda este ano, mas ficar mexendo em coisas de Pathfinder me anima mais do que esperava. Se realmente voltar a mestrar para meus filhos, acho que vou restringir a escolha de personagens a classes mais simples e voltadas para o combate. E reservar o material da Interjection Games para os vilões, já que os poderes malucos resultam em boas batalhas.

Fonte: Kickstarter

Tagged

Novo Fargo é sobre rivalidade entre irmãos

O canal americano FX lança no mês que vem a terceira temporada de Fargo, seriado dramático, cômico e policial inspirado pelo filme de mesmo nome. Desta vez os protagonistas são irmãos gêmeos interpretados por Ewan McGregor, que escalam sua rivalidade de pequenos crimes para assassinatos e envolvimento com mafiosos. Após duas temporadas ambientadas no século passado, a atual avança para o ano de 2010.


© MGM

Joel e Ethan Coen, criadores do filme, participam como produtores. O roteiro e direção ficaram novamente nas mãos de Noah Hawley, atualmente também ocupado com o seriado Legion, derivado da franquia X-Men.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Pois é, assim como as duas temporadas anteriores, parece ótimo. Infelizmente não faço ideia, já que nunca assisti um episódio sequer – a distribuição é tão restrita que parece ter sido feito pela HBO, que também não libera nada para outros serviços de vídeo.

Não compro um DVD desde meu aniversário (edição especial de Blade Runner, com todas as versões comerciais lançadas mais um documentário enorme), mas se encontrar essa série em promoção, acho que não resistiria ao investimento.

É claro que ela seria lançada no Netflix na semana seguinte, mas talvez eu esteja sendo apenas pessimista. De novo.

Fonte: Deadline

Tagged

Novo jogo de tiro traz aranhas, fantasmas e bolhas telepáticas alienígenas

A Bethesda vai lançar seu novo jogo de ficção científica em maio, para PC, PlayStation 4 e Xbox One. Prey traz um protagonista em primeira pessoa armado para enfrentar alienígenas com poderes variados, como pode ser visto no vídeo promocional mais recente, logo abaixo.


© Bethesda

Apesar de ser um jogo de tiro, o título também parece contar com uma trama complexa, com conspirações e experimentos em seres humanos. Confira um trecho de Prey:


© Bethesda

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Mais um para a lista “parece interessante, mas só fico sabendo uma semana antes do lançamento”, apesar do prazo ser um pouco maior dessa vez. Os trailers velhos trazem alguns bons elementos conspiratórios, não muito óbvios acima, insinuando sem muita sutileza que o protagonista passou por um experimento ligado aos alienígenas.

Por falar nas criaturas, achei-as meio decepcionantes. Três variedades de sombras pretas se contorcendo e movendo-se rapidamente? Não vai ficar meio cansativo depois da primeira hora? Se eles ganham um pouco mais de variedade tanto em visual quanto em estratégia mais tarde, deviam deixar isso claro – ficou a impressão que será um longo desfile de gosmas pretas fantasmagóricas. Ectoplasma preto.

Mas o resto da qualidade gráfica está realmente impressionante, tanto nos cenários quanto nos objetos – a transformação das aranhas ficou ótima, apesar de meio imbecil.

Título rejeitado: Já não existe um jogo com esse nome?

Fonte: Videogamer.com

Tagged ,

Ghost in the Shell garante boas imagens

A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell chega aos cinemas na semana que vem, e a divulgação do filme está publicando vários vídeos promocionais. Confira abaixo mais trechos da produção, bem como cenas dos bastidores e uma propaganda do próprio vilão da trama, Kuze.





© Paramount Pictures

Scarlett Johansson protagoniza essa versão americana da franquia Ghost in the Shell, também conhecida no Brasil como Fantasma do Futuro. Enquanto a trama original trazia uma equipe japonesa de agentes de segurança enfrentando terroristas e criminosos especializados em alta tecnologia, a adaptação mudou a nacionalidade da maioria dos personagens, transformando-os em uma equipe internacional.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Não concordo ou me importo com as críticas sendo empilhadas contra o filme quanto a mudar a “raça” da protagonista, como deixei meio subentendido no parágrafo acima. Transformaram todo mundo, além de aparentemente terem incluído uma mulher (!) a mais na equipe, algo inédito nos animes e filmes – o manga ainda estou consumindo, lentamente, então não sei.

Mas uma pequena fala nos vídeos acima, especificamente do diretor que parece ter caído de algum caminhão antes de assumir esse emprego, confirma a minha impressão quanto ao filme: “juntamos várias cenas icônicas do anime e criamos uma narrativa ao redor delas”, resumindo.

Ou seja, vá assistir já esperando um belo espetáculo visual, algo deixado claro pelos trailers, mas sem muita coerência ou sentido. Mais ou menos como os primeiros filmes animados.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Seriado de ficção científica ganha mais 13 episódios

O seriado The Expanse vai ganhar uma terceira temporada no canal americano Syfy. O programa é uma adaptação da série de livros de ficção científica de mesmo nome, já em seu sexto volume, e aparentemente inéditos no Brasil. A história se passa alguns séculos no futuro, e trata de uma conspiração ameaçando a Terra, a colônia em Marte e os habitantes de um cinturão de asteroides.


© Syfy

O protagonista é interpretado por Steven Strait, líder de um pequeno grupo de sobreviventes de um cargueiro espacial destruído em um ataque misterioso. São utilizados como propaganda pelos conspiradores que desejam iniciar uma guerra entre as três forças humanas, enquanto tentam desvendar a origem de uma perigosa arma biológica. Thomas Jane, nome mais conhecido do elenco, é responsável por outra linha narrativa da trama, que eventualmente cruza com a principal.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Gostei muito da primeira temporada, disponível no Netflix. Assisti a coisa toda (10 episódios) em apenas dois finais de semana, algo que geralmente reservo às parcerias Marvel/Netflix. Enquanto The Expanse não tem o mesmo ritmo ágil e com poucas repetições que nem essas outras, conta com uma boa trama e alguns atores se divertindo muito em seus papéis, principalmente o detetive perdedor do Thomas Jane e o mecânico sociopata do Wes Chatham.

O protagonista não é tão forte quanto esses dois personagens, e, francamente, no material de divulgação parece que está quase dormindo ao falar sobre a série, mas não chega a atrapalhar. Os demais personagens não causam muita impressão, apesar do grande tempo que recebem em tela – a personagem da Shohreh Aghdashloo tem somente uma excelente sequência, quando manipula um casal de personagens, mas fora isso está deslocada demais do resto da trama – talvez cresçam mais na segunda temporada, atualmente sendo exibida.

Apesar de falar tão mal, ainda vou recomendar o programa. Não é como se tivéssemos muitas opções de ficção científica na TV, de qualquer jeito.

Fonte: Blastr

Tagged