Assassin’s Creed é uma simulação

Os estúdios Fox lançaram um novo trailer de Assassin’s Creed, adaptação da franquia de videogames para os cinemas. Michael Fassbender protagoniza, como o descendente de um assassino cujas “memórias genéticas” são a chave para algum tesouro. Lançamento previsto para janeiro.


© 20th Century Fox

Também estão no elenco Marion Cotillard, Jeremy Irons, e Brendan Glesson. A direção é do australiano Justin Kurzel (Macbeth: Ambição e Guerra), com roteiro de Bill Collage & Adam Cooper (Êxodo: Deuses e Reis), e Michael Lesslie (também de Macbeth).

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Que trailer mais furado. Foco inicial na aborrecida parte futurista, com todo um blábláblá sobre “memórias do seu ancestral” e um monte de tecnologia inexplicável e sem sentido, e depois enfatizam que toda a parte no passado é pura simulação, quase uma realidade virtual. Justamente o cenário mais popular do jogo, as matanças em períodos históricos, não tem relevância alguma para a trama, são apenas uma memória.

Nunca joguei Assassin’s Creed, mas pelo que ouvi a série tem esse aspecto futurista também, mas o treco é quase opcional, não a não a atração principal da franquia.

E depois reclamam que adaptações de jogos não dão certo nos cinemas. Se até no material de divulgação já sabotam tudo!

Fonte: Deadline

Tagged

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s