Palavrões e sexo são lucrativos em filmes de super-heróis

Com orçamento de US$ 58 milhões, Deadpool já obteve US$ 492 milhões de bilheteria mundial em apenas duas semanas. O filme acumula alguns recordes, como melhor lançamento de um longa censurado para menores de 16 anos, e maior bilheteria para um diretor estreante – além de possuir atualmente o segundo melhor resultado monetário de toda a franquia X-Men, perdendo somente para X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, que encerrou a carreira nos cinemas com US$ 748 milhões.


© Twentieth Century Fox

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Assisti no final de semana, com uma sala razoavelmente cheia, enormes filas na bilheteria (imagino que eram para Deadpool, ou então Os Dez Mandamentos). Conseguimos entrar na sala dois minutos antes do horário previsto para início, e para nossa surpresa já estavam começando os créditos de abertura do longa – com o pessoal ainda chegando, luzes acesas e algumas pessoas reclamando em voz alta. Eventualmente alguém saiu da sala para avisar a equipe do cinema quanto a mancada, e apagaram as luzes. Daí aproveitaram para avisar que iam começar o filme de novo, para compensar.

Pelo menos não posso culpá-los pelo cara jogando Candy Crush no celular em um dos meus lados, ou o sujeito três cadeiras para o outro lado que ficava rindo de absolutamente toda fala de qualquer personagem o tempo todo.

Ao assistir a cena de ação de abertura pela segunda vez fiquei meio preocupado com o excessivo humor juvenil: se o filme inteiro fosse só isso, seria uma longa sessão de cinema. Felizmente o relacionamento entre os protagonistas é divertido e verossímil, e as piadas sobre filmes de super-herói em geral muito boas. Gostei principalmente da trama fechada: o protagonista tem um único objetivo, cumpre-o e não deixa sequelas óbvias para uma continuação, algo que a maioria das produções nesse gênero parecem ser incapazes de fazer.

Como filme de ação é legalzinho (um protagonista imortal eventualmente fica tedioso) mas ao menos é mais divertido que as tranqueiras de X-Men nos anos 70 que estão fazendo ultimamente.

Fonte: io9

Tagged

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s