Novo Blade Runner se torna realidade antes do original alcançar a realidade

Blade Runner 2 deve ser lançado em janeiro de 2018, informa a produtora Alcon Entertainment. A empresa, tendo adquirido os direitos do filme original há alguns anos, conseguiu recrutar Ridley Scott para participar do projeto, que por sua vez chamou Hampton Fancher para trabalhar novamente no roteiro. Ambos criaram uma história que  foi roteirizada por Michael Green, com experiência em vários projetos na televisão, e que será dirigida por Denis Villeneuve, de O Homem Duplicado e Sicário: Terra de Ninguém.

Aposto que o Gosling vai ser um replicante
© Warner Bros

Harrison Ford reprisa seu papel como Rick Deckard, mas o protagonista será Ryan Gosling. Ainda não há uma sinopse divulgada, mas o filme deve se passar décadas após o original, lançado em 1982 e ambientado em 2019.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Espertinhos, vão lançar o filme um ano antes do original se tornar realidade. Sempre que vejo outdoors eletrônicos espalhados pela cidade fico esperançoso de ver o mundo se transformar em Blade Runner. Parece que Hong Kong ou Seul já estão mais próximos dessa realidade do que qualquer outra cidade. Vontade de fazer um turismo internacional…

Assisti no Youtube um documentário britânico sobre Blade Runner, famoso por trazer o diretor Ridley Scott afirmando que Deckard é um replicante (enquanto dá uma sonora risada), teoria há muito especulada por fãs. É inacreditável o inferno que o filme aparentemente foi: problemas no roteiro, desde as conversas entre Fancher (que quase nunca mais fez nada nessa área) e Philip K. Dick, entre Scott e Fancher, entre todos os envolvidos e os produtores; encrencas entre o elenco e o diretor; problemas em quase todo aspecto da produção; e, finalmente, a má recepção do público, levando à odiosa narração gravada pelo Ford do pior jeito possível, mas ainda profissional o bastante para ser utilizada. Procure o programa, vale a pena mesmo se você não for um dos adoradores do filme. Excelentes depoimentos.

Estou fazendo um esforço razoável para não criar expectativas irreais quanto a Blade Runner 2, mas a presença desses veteranos supervisionando o trabalho dos novatos não ajuda. O Villeneuve é elogiado pelo trabalho até agora, e o Green, apesar de algumas coisas horrendas no currículo (Lanterna Verde) parece ser basicamente o trabalhador braçal, transformando as maluquices dos originais em algo filmável.

O que realmente queria ver eram os cenários, a arte, o visual que estão criando para esse treco. Pós-cyberpunk? Ou uma repetição do original? A estética vai ser o ponto decisivo para mim, tenho que admitir.

Fonte: Deadline

Tagged

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s