Monthly Archives: January 2016

Penny Dreadful traz mais monstros e nomes familiares

A terceira temporada de Penny Dreadful será lançada em maio nos EUA, e o canal Showtime já possui algumas propagandas para divulgar. A principal novidade é a presença do Dr. Henry Jekyll, personagem de O Médico e o Monstro, interagindo com o elenco de monstros e figuras literárias do programa.



© Showtime

O drama de horror é protagonizado por Eva Green como a médium/sensitiva Vanessa Yves e Timothy Dalton, o caçador Sir Malcolm Murray. Também estão no elenco Reeve Carney, Rory Kinnear, Harry Treadaway e Josh Hartnett. A primeira temporada está disponível no Brasil pelo serviço de streaming Netflix.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

E foi lá que assisti os primeiros oito episódios da série. Temos excelentes atuações, personagens pra lá de interessantes, conflitos e interações que me dão um nó na cabeça, e, infelizmente, uma trama central meio fraquinha e óbvia. Mas o visual, cenário, e demais qualidades acima mencionadas mais que compensam o fato de você adivinhar tudo que irá acontecer quatro episódios antes do fato ser consumado.

E também mostram um monte de nudez de ambos os gêneros e sexo em provavelmente todo episódio, mas isso é mais para justificar/aproveitar o fato de estarem em um canal a cabo americano, e poderem fazer isso – não é lá um dos principais atrativos do programa. No meio de todo o horror, o sexy fica um pouco deslocado, desconfortável até.

Pena que ainda não liberaram a segunda temporada por aqui – esses comerciais entregaram um monte de spoilers (bom, nada que não houvesse antecipado).

Fonte: io9

Tagged

Conan enfrentando pictos e bandidos do deserto

A editora Dark Horse Comics publicou esta semana Conan the Avenger #22 e King Conan: Wolves Beyond the Border #2, série mensal e minissérie em quadrinhos do personagem Conan, o Bárbaro, respectivamente.

Ótimo cliffhanger!
© Dark Horse Comics

King Conan tem roteiro de Timothy Truman, com arte de Tomas Giorello e cores de José Villarrubia, e traz o personagem idoso, rei da Aquilônia e enfrentando pessoalmente uma ameaça dos pictos, tradicionais inimigos durante toda sua carreira. São 32 páginas por US$ 3,99, em formato digital e impresso.

Normal o Conan não aparecer no começo de uma história, mas sumir no meio...
© Dark Horse Comics

Já Conan the Avenger é uma adaptação do conto A Witch Shall be Born, escrito pelo criador do personagem, Robert E. Howard. O roteiro é de Fred Van Lente, com arte de Brian Ching e cores de Michael Atiyeh. As 32 páginas estão disponíveis por US$ 3,50, em formato digital e impresso.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Não tinha reparado antes, ou não tinham divulgado antes, mas a Dark Horse está avisando que Conan the Avenger está em seu arco final, ou seja, a revista está prestes a ser cancelada. Imagino que dure até o número 24, para fechar dois anos de publicação.

A esperança é que lancem outra com uma equipe nova, sendo que esta mesma substituiu Conan the Barbarian, uma exploração das aventuras do bárbaro quando mais jovem, em incomum ordem cronológica. Mas se não for o caso, que pelo menos continuem com as minisséries, muitas vezes melhores que o material mensal.

Só ficaria decepcionado se Conan cair em um limbo de não publicação, como está acontecendo atualmente no Brasil.

Fonte: Dark Horse

Tagged

Fim do mundo inglês exige preparo

Confira o trailer de The Survivalist, filme britânico pós-apocalíptico sobre um sobrevivente que acolhe outras pessoas e precisa lidar com as consequências. Deve ser lançado no mês que vem no Reino Unido e ainda não foi adquirido por uma distribuidora para a América.


© Bulldog Film Distribution

O longa foi escrito e dirigido por Stephen Fingleton, cujo currículo é composto quase exclusivamente de curta metragens, e é protagonizado por Martin McCann e Mia Goth, com Olwen Fouere. The Survivalist parece ser uma versão maior de Magpie, filmado por Fingleton em 2014 com os mesmos protagonistas e sinopse semelhante – mas com apenas 16 minutos.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Mesmo sem pesquisar a respeito ficaria óbvio que é um filme independente já pelo trailer – poucos ambientes, pouca luz, muitos close-ups, muitas cenas contemplativas, e, geralmente, ênfase no sofrimento.

O que achei realmente interessante, e duvido que seja explorado no longa, é a história por trás do colapso da civilização. Parece ter motivação puramente econômica e não uma invasão alienígena/zumbi/comunista, como um típico filme de ficção científica, o que facilita a identificação com os personagens. Ou seja, poderia acontecer com você.

Parece cansativo e opressivo, dificilmente terá um final satisfatório, mas as restrições orçamentárias às vezes forçam um diretor talentoso a criar algo de grande qualidade. Aposto que logo aparece no Netflix.

Fonte: Slash Film

Tagged

Lex Luthor perde espaço na divulgação

Os estúdios Warner Bros estão ouvindo a opinião da internet e modificando a campanha de divulgação de Batman vs Superman: A Origem da Justiça. No trailer mais recente a presença de Lex Luthor, muito criticado, foi reduzida, e novas cenas da Mulher Maravilha incluídas. A produção chega aos cinemas em 24 de março.


© Warner Bros

Nesta sequência de O Homem de Aço, Zack Snyder dirige Henry Cavill novamente como o Superhomem, desta vez enfrentando um Batman interpretado por Ben Affleck. Outros heróis da DC Comics fazem uma aparição no filme, que deverá resultar em um longa da Liga da Justiça em 2017. O roteiro é de Chris Terrio (Argo) e David S. Goyer (O Homem de Aço).

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

O vídeo é tão idêntico aos divulgados anteriormente que parece até um erro – como se alguém tivesse soltado o trailer errado antes, ou misturado a ordem deles, talvez editado esse atual usando o material base incorreto, não sei. Mas ficou bem inútil.

Normalmente não ajudaria a divulgar isso, mas hoje foi um daqueles raros momentos em que não tinha outro material disponível para comentar. Sem falar que ignorar projetos populares, apesar de parecerem uma bomba em potencial, não faz bem para a vida útil desse blog – não escrevo sobre nichos o bastante para ser independente, nem o suficiente sobre cultura pop para ser mainstream, então o jeito é manter um equilíbrio.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Rinne S02 E01 chega em abril

A segunda temporada de Kyoukai no Rinne, adaptação do manga de mesmo título, será lançada em 9 de abril deste ano, informa a emissora de televisão NHK. O anime traz as aventuras do semideus da morte (shinigami) extremamente pobre Rinne Rokudo e a médium Sakura Mamiya, e foi criado por Rumiko Takahashi, mais conhecida pelo manga de tema semelhante InuYasha.


© NHK

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Rinne traz o excelente humor da Rumiko Takahashi sem qualquer semblante da seriedade de InuYasha. É até um pouco surpreendente o quanto desarmam qualquer tipo de tensão, mesmo quando usando uma trama que leva a um conflito final, sempre acaba em palhaçada. Mas isso não é uma crítica – carregam uma temporada inteira nesse formato e o treco nunca fica chato ou frustrante.

E parece estar fazendo sucesso, já que essa segunda temporada já havia sido anunciada dentro do próprio anime, no último episódio, exibido há alguns meses. Depois de ver tantas comédias de ação serem massacradas pela crítica este ano, talvez caiba a Rinne salvar 2016.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Um audiolivro grátis sobre o mundo de Pathfinder

A editora Paizo está distribuindo gratuitamente o audiolivro Death’s Heretic, baseado no mundo Golarion do RPG de mesa Pathfinder. O autor é James L. Sutter, diretor executivo da empresa e um dos principais responsáveis pelo sistema de jogo. Interessados devem ir até a livraria digital Audible para baixar uma cópia: http://www.audible.com.

Para pular de cabeça na cosmologia desse mundo
© Paizo

O protagonista da história é Salim Ghadafar, um guerreiro a serviço da deusa da morte, responsável por recuperar almas que deveriam acabar no domínio dela, mas por algum motivo chegam a outro destino. A oferta é válida até o dia 16 de fevereiro, e é necessário ter ou fazer uma conta na Amazon internacional.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Há vários meses a Paizo fez uma parceria de distribuição com a MacMillan, que permitiu ao público encontrar os e-books na Amazon e recentemente em áudio. Por outro lado, eles aumentaram em três dólares o preço básico dos livros digitais, o que acabou me cortando dos novos lançamentos. Deixei o que me interessa na lista de desejos e de vez em quando verifico se tiveram o valor reduzido, mas, até agora, nada feito.

É um pouco triste isso, já que foram justamente os romances de Pathfinder que me apresentaram ao sistema, e sustentaram meu apetite por RPG durante os longos anos em que não conseguia obrigar meus filhos a jogarem comigo.

Não tinha planos de comprá-los via áudio, preferindo adquirir clássicos do gênero com centenas de páginas (e dezenas de horas), mas esta oferta talvez mude meus planos. Vamos ver que tal o livro se sai.

Fonte: Paizo Blog

Tagged

Netflix vai lançar seriado cyberpunk

Altered Carbon, livro cyberpunk de Richard Morgan vai ser transformado em uma série no serviço de streaming de vídeo Netflix. A informação é de Laeta Kalogridis, roteirista de Guardiões da Noite e O Exterminador do Futuro: Gênesis, que estaria oferecendo o programa para canais de televisão há alguns anos. 10 episódios foram encomendados.

As cenas de sexo são bem pornográficas.
© Editora

O protagonista é Takeshi Kovacs, mercenário semi-aposentado em um futuro onde a mente de qualquer pessoa pode ser baixada para um computador e subida para um outro corpo. Ele é retirado de um “banco de consciências” onde estava aprisionado para trabalhar para um milionário assassinado, ou, pelo menos, o backup mais recente deste, feito horas antes do crime ser cometido.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Muita violência, muito sexo, e um pouco de investigação cheia de becos sem saída e coincidências. Li Altered Carbon há alguns anos, bem como sua continuação Broken Angels, e apreciei muito o cenário e vários dos personagens secundários. Takeshi é um protagonista típico de policial noir: durão, vingativo, mas bonzinho com inocentes e tal. A trama é cheia de bifurcações que não ajudam ele a desvendar coisa alguma, mas apresentam aspectos ainda mais sórdidos da sociedade no futuro. Mas os vilões ricos (acho que deveria ter usado trilionário ao invés de milionário acima, mas a palavra não existe ainda, e acho que não chegam a especificar valores no livro), a policial parceira dele, algumas das pessoas que encontra pelo caminho, são bem marcantes.

Acredito que iremos assistir a um belo espetáculo visual, e, se a roteirista tiver coragem de cortar alguns excessos do livro, talvez substituí-los por mais tempo com certos personagens que originalmente não aparecem tanto, potencialmente o melhor seriado cyberpunk já produzido.

Eu sei, devem existir apenas meia dúzia, mas ainda seria um feito admirável.

Fonte: Deadline

Tagged

Objetivo de vilões da DC ainda é um mistério

A Warner Bros lançou um novo trailer de Esquadrão Suicida, seu filme de supervilões no universo cinematográfico da DC Comics comandado por Zack Snyder. O material de divulgação ainda não revelou exatamente qual é a trama, apenas que vários antagonistas são recrutados pelo governo americano para alguma missão perigosa relacionada ao Coringa.


© Warner Bros

Com Will Smith, Margot Robbie, Jared Leto, Cara Delevingne, Jai Courtney, Joel Kinnaman, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Adam Beach e Viola Davis. Direção e roteiro de David Ayer (Corações de Ferro, roteirista de Dia de Treinamento).

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sentimentos mistos quanto a esse filme, ainda. Dos quadrinhos me lembro de gostar muito de três personagens da equipe: Amanda Waller, que parece estar bem representada pela Viola Davis; o Pistoleiro, muito mais chamativo pelos feitos do que pela personalidade, e ainda não vimos o Will Smith fazendo alguma coisa nos trailers; e o Capitão Bumerangue, alívio cômico que parece estar sendo arruinado pelo Jai Courtney, quando é possível encontrá-lo no meio da baderna – custava colocarem um bumerangue nas mãos dele? Ou seja, 1 acerto, 1 indeciso e 1 erro.

Continuam investindo nesse universo visual criado pelo Snyder sem conteúdo muito sólido, o que talvez não se traduza em bons resultados a longo prazo. Não gostei de seu Homem de Aço, e acho peculiar que o razoável sucesso tenha sido o suficiente para colocá-lo no comando de tudo, após vários fracassos anteriores (Sucker Punch?). Tenho a impressão que ele não possui respeito algum pelo material original ou pelo próprio formato de histórias em quadrinho. Por isso ele estaria fazendo coisas tão caricatas e simplistas – é como se tivesse vergonha de ser “reduzido” a um diretor de filmes de super-herói e descontasse isso no público, ridicularizando o gênero.

Enquanto a Marvel lança Guardiões da Galáxia e Homem Formiga, ampliando o alcance do filme de super-herói para outros gêneros, com bons roteiros e atuações. Sem falar no material que estão soltando pelo Netflix, único formato em que super-vilões ganham um espaço decente como personagens.

Claro que também possuem produtos mais básicos e típicos do gênero, como os Vingadores e Agentes da SHIELD, mas pelo menos são divertidos – outro filme do Super-Homem reclamando da vida não aguento.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Final de semana traz Arquivo X de volta

A nova temporada de Arquivo X será lançada neste domingo (24), nos EUA, reunindo os agentes da polícia federal americana Mulder e Scully. Como é demonstrado no trailer abaixo, a presença de alienígenas na Terra e as conspirações para escondê-los são novamente o tema principal do programa.


© 20th Century Fox Television

O show foi lançado originalmente em 1993 e durou 9 temporadas, até 2002. Além de OVNIS, abordou todo tipo de criatura sobrenatural e teorias de conspiração populares. Chegou a criar um programa derivado, The Lone Gunmen, com duração de uma temporada, e teve um crossover com o drama policial Millennium, do mesmo criador de Arquivo X, Chris Carter.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Não dá para deixar de criar um paralelo entre o escárnio do Canceroso/Smoking Man e o que deve estar na mente de boa parte dos fãs de Arquivo X (tinha certeza que a tradução local era ArquivoS X, mas minha memória parece ter me enganado). A série acabou mal pra caramba, praticamente abandonada por seus protagonistas, mal tratada pela Fox, e afundada em dois filmes medíocres.

Pretendo assistir, é claro, mas motivado essencialmente por nostalgia, com baixas expectativas – já previamente destroçadas pelos acima mencionados filmes. Com apenas seis episódios para trabalhar, talvez não consigam piorar o legado da série.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged , ,

Novos personagens de Star Wars começam a crescer

Após meses segurando todo tipo de informação possível, a Disney agora está explorando os personagens novos de Star Wars VII: O Despertar da Força. Poe Dameron, o melhor piloto da Resistência vai ganhar uma revista em quadrinhos pela Marvel Comics. A história irá mostrar a carreira dele antes dos eventos do filme, sob comando da general Leia. Lançamento previsto para abril.

Esse cara foi muito bem escolhido
© Marvel Comics

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Todo mundo fala bem da Rey e do Finn, mas acho que o Poe é um dos principais motivos do sucesso do Episódio VII. O filme abre com ele, e o ator, Oscar Isaac, vende inacreditavelmente bem seu personagem – você acredita que ele pertence ao universo de Star Wars, e que todos os acontecimentos ao seu redor são relevantes e terão consequências.

Claro que a dupla principal distribui carisma para todo lado, mas o entusiasmo de Poe é imbatível – e a habilidade de seu intérprete muito superior ao do resto do elenco novo.

E sendo publicada pela Marvel, pelo menos a revista será mais acessível, já que a editora trabalha com aplicativos terceirizados, além de vender por conta – coisa em que a Dark Horse, antiga proprietária da licença de Star Wars, ainda capenga.

Fonte: io9

Tagged ,