Mangá de horror chega ao Brasil após três décadas

A editora JBC está lançando este mês o clássico mangá de horror e ficção científica Parasyte, de Hitoshi Iwaaki. Na trama, que foi lançada originalmente em 1988 e durou 10 volumes, o protagonista é Shinichi Izumi, estudante que consegue sobreviver à tentativa de um parasita alienígena dominar seu corpo – ele acaba dominando apenas um de seus braços.

Já tive um pesadelo com olhos brotando dos meus braços. Devia ter uns 5 anos de idade.
© Tokyopop

Parasyte ganhou dois filmes com atores reais e uma série animada de 24 episódios no ano passado, quase vinte anos após sua conclusão.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Já li esse mangá, há muuuuito tempo. Meio duro ter que escrever esse “vinte anos” acima quando me referindo ao ano de 1995, que ainda me parece tão próximo. Imagine em 2025, como vai ser horrível ter que escrever “há trinta anos”.

Parasyte começa como um horror típico, com seus monstros se esbaldando de vítimas humanas e o herói relutante (mas não por muito tempo, felizmente) em assumir seu papel. Mas ele possui um daqueles belos momentos de apresentação de protagonista, quando fica óbvio para todos os envolvidos (incluindo autor e leitor) que o sujeito acaba de entrar nos eixos: pessoas fugindo, tão apavoradas que estão engatinhando pelo chão, até se deparar com uma pessoa de pé, costas eretas e postura confiante, que resume sua presença ali com a seguinte frase, ou semelhante: “onde está ele?”, se referindo à fonte do mal, enquanto as vítimas olham para o alto, com espanto e admiração, para esse estranho novo elemento, talvez vislumbrando uma migalha de salvação e esperança.

Já vi isso em várias histórias do Conan, programas de televisão e filmes sobre caçadores de monstros, e inclusive em uma edição especial do Homem-Aranha que comprei no ano passado, quando ele próprio é salvo de uma espécie de vampiro por outra pessoa com poderes aracnídeos semelhantes. Magnífico.

Uma coisa que não entendi é esse retorno de Parasyte à fama, com filmes e desenhos animados, depois de tanto tempo sem qualquer novidade. Simplesmente não encontrei qual foi o gatilho que deu início a essas empreitadas. Bom, elas praticamente chegaram a uma conclusão no primeiro semestre deste ano, agora bastando lançarem somente o DVD/Blu-ray de ambas, ou talvez até isso já tenha acontecido.

Fonte: JBC

Tagged ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s