Fim do mundo é possibilidade em novo mangá

Decidir entre destruir ou salvar o mundo é o desafio do protagonista de Lúcifer e o Martelo, novo mangá traduzido pela editora JBC. Com arte e roteiro de Satoshi Mizukami, o título chegou a 10 volumes no Japão, contando a história de uma jovem super-poderosa e seu grupo de “cavaleiros” que enfrentam um mago em um cenário contemporâneo.

lúcifer e o martelo
© Shonen Gahosha

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Hoshi no Samidare, lembro desse mangá muito bem. É mais um que não terminei de ler, parando lá pela metade ou antes ainda. O treco fica muito sombrio, muito rápido, e de um jeito bem incômodo – nada de violência, gore, etc, mas quanto à moral do protagonista mesmo.

Spoilers.

Desde o início o Cavaleiro de Lagarto deixa claro que não tem interesse em salvar o mundo, mas você fica com a impressão que é o velho dilema do herói relutante. Até que a própria heroína revela que tem mais interesse em destruir o planeta, e outros problemas começam a acontecer com os demais cavaleiros, e por problemas, digo mortes.

É uma boa leitura, bem diferente da estrutura padrão de um romance de fantasia típico, pelo menos até o ponto que li. Talvez a coisa entre nos eixos após algum amigo se sacrificar, o vilão se mostre um canalha ainda pior que o herói, blábláblá. Não faço ideia, descubra por conta própria.

Fonte: JBC

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s