Monthly Archives: April 2014

Star Wars apresenta seus rostos novos

A Disney anunciou nesta terça-feira (29) o elenco oficial do episódio VII de Star Wars: Harrison Ford, Carrie Fisher, Mark Hamill, Anthony Daniels, Peter Mayhew e Kenny Baker retornam aos seus papéis originais, com os novatos John Boyega, Daisy Ridley, Adam Driver, Oscar Isaac, Andy Serkis, Domhnall Gleeson e Max Von Sydow. J.J. Abrams está dirigindo, além de escrever o roteiro junto a Lawrence Kasdan.

star wars 7
© Walt Disney

John Boyega e Daisy Ridley devem dividir os papeis principais na nova saga, apesar de nada estar confirmado até o momento. O novo episódio chega aos cinemas em 2015.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Finalmente voltei a ficar animado com uma notícia sobre a nova trilogia (bom os livros de ontem foram uma novidade razoável). Sensacional a contratação do Boyega. Assista Ataque ao Prédio assim que possível para ver do que esse rapaz é capaz de fazer, atuando.

(Spoilers!) Ele começa o filme como um assaltante com pretensão de virar traficante, e em menos de uma hora e meia precisa se transformar em um líder e então em herói. A transformação é incrível, e converte totalmente o público, que, no início simplesmente despreza o personagem, mas no final está torcendo por ele. Excelente trabalho de ator e diretor. (Spoilers!)

O Andy Serkis parece uma contratação para dar nerd-cred, mas seu talento é inegável. O Von Sydow mantém a tradição de colocar atores clássicos e consagrados em papéis constrangedores, e o resto não faço ideia quem sejam.

Não estou lá muito animado em assistir os veteranos passando a tocha para o novo elenco, mas considerando que ainda estão vivos, seria crueldade colocar outros atores para substituí-los.

Agora que venham com uma sinopse.

Fonte: Slashfilm

Advertisements
Tagged

LEGO Minifigures começa em junho

O novo MMO da Funcom (The Secret World, Age of Conan) vai lançar seu open beta em junho, e está com pré-inscrições abertas. LEGO Minifigures vai colocar os jogadores para controlar bonecos de brinquedo em vários cenários temáticos, como Pirata, Medieval e Espaço. O lançamento oficial está previsto ainda para este ano.

lego
© Funcom

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

O timing da Funcom está quase perfeito. Se tivessem lançado esse beta no início do ano teriam muita publicidade gratuita devido ao filme Uma Aventura Lego (sensacional, a propósito), mas agora vão ter que se contentar com as sobras. Quem sabe conseguem agregar ao lançamento do DVD/Blu-ray.

Não nego que as possibilidades parecem incríveis, mas teria ficado mais tranqüilo se a empresa que faz os outros jogos da LEGO, a TT Games, estivesse desenvolvendo. A Funcom tem bons títulos, mas também contam com uma tradição de atrasos gigantes e problemas terríveis nas semanas de lançamento.

Já estou inscrito, obviamente. Adoro sofrer nas mãos da Funcom.

E olhem só, o site oficial é todo gamefied – quanto mais coisas você fuça, mais níveis ganha e mais minfigures revela. Nada mal!

Fonte: Videogamer.com

Tagged , ,

Star Wars ganha recomeço literário

A Disney confirmou há alguns dias que vai descartar todo o universo expandido de Star Wars, ou seja, os personagens e situações criados pelos livros e quadrinhos que até então eram considerados oficiais pelo próprio George Lucas. Agora estão anunciando os novos livros, que farão parte do cânone das três trilogias de filme: A New Dawn, Heir to the Jedi, Lords of the Sith e Tarkin.

a new dawn small
© LucasBooks

A New Dawn se passa antes da série animada Star Wars Rebels e deve ser lançado em setembro, contando a história do encontro entre os protagonistas Kanan Jarrus e Hera Syndulla, escrita por John Jackson Miller (autor de vários outros livros de SW).

tarkin small
© LucasBooks

Tarkin é protagonizado pelo personagem da trilogia original, um dos generais do Império responsável pela construção da Estrela da Morte, com lançamento em novembro, escrito por James Luceno (outro autor próprio da franquia).

heir to the jedi
© LucasBooks

Em janeiro é a vez de Heir to the Jedi, ainda sem sinopse oficial, mas obviamente protagonizado por Luke Skywalker. Kevin Hearne, da hilária franquia Iron Druid, é o autor.

lords of the sith small
© LucasBooks

Por último, também no início de 2015, Lords of the Sith, sobre Darth Vader e o Imperador, com texto de Paul S. Kemp.

Nenhum dos títulos parece trazer informações sobre a trilogia nova.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Sentimentos conflitantes na comunidade de fãs de Star Wars. Por um lado todo o tempo dedicado a esmiuçar o universo expandido repentinamente se mostra um “desperdício”, por outro é uma chance de começar do zero.

Obviamente, do ponto de vista econômico, a segunda opção é a única opção. Tentar conciliar os novos filmes com milhares de páginas de lore seria uma restrição absurda, apenas para agradar às pessoas que levam os livros a sério. A maioria do público nos cinemas nunca ouviu falar do Expanded Universe e nem vai ligar a mínima para o descarte.

Sem falar que agora milhões de novos fãs, tanto da nova trilogia quanto da recente (existem, por mais que você odeie os filmes) têm uma chance de participar da expansão da história através dos livros desde o início. Timothy Zahn deu início à coisa toda há mais de 20 anos, imagine tentar recuperar esse tempo perdido agora.

Acabei de ver que o elenco do novo filme foi anunciado. Post e comentário amanhã!

Fonte: io9

Tagged

Xbox produz série de Warren Ellis

A empresa Xbox Entertainment Studios, filial da Microsoft, anunciou recentemente sua programação de séries originais. Uma delas é a adaptação de Máquina de Armas, do escritor/roteirista Warren Ellis, sobre um policial nova-iorquino investigando um apartamento forrado do chão ao teto com armas em posições ritualísticas. E cada uma das centenas delas atrelada a um assassinato não resolvido.

maquina de armas
© Novo Século

Também serão lançadas comédias, reality shows (um inclusive sobre a busca por novos talentos no futebol), um documentário em seis partes sobre os cartuchos de E.T. enterrados no deserto pela Atari (cujas novidades tem sido divulgadas à exaustão na mídia estas semanas), uma série sobre o jogo de tiro Halo com produção do Steven Spielberg e Ridley Scott, e um drama sobre robôs.

Alguns dos programas serão lançados já este ano, para proprietários de um Xbox.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Sentimentos mistos quanto a essas novidades. Se por um lado gostaria de ver a adaptação de Gun Machine e o treco de Halo, por outro não tenho qualquer plano de comprar um Xbox no futuro próximo (ou distante). Espero que a Microsoft eventualmente faça um acordo para exibir os programas no Netflix também, ao menos depois de ficarem velhos. Até assisti o filme de Halo lá mesmo. Esquisitinho.

Finalmente está explicado o escarcéu sobre a porcaria dos cartuchos de E.T. Hilário. Agora chega de falar sobre isso.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged ,

Joalheiro tem chance de brilhar em Diablo III

A Blizzard tem uma tradição de publicar ficção para acompanhar e complementar a história contada por seus jogos. Principalmente Warcraft, sua franquia de fantasia tradicional, mas também Diablo. Nesta semana a empresa atualizou a página oficial com um conto gratuito sobre um NPC de Diablo III, o joalheiro Covetous Shen.

joinha
© Blizzard

Antes do lançamento de D3 e de sua expansão Reaper of Souls, a empresa lançou contos sobre cada uma das classes de personagem, mais tarde coletados em um livro. Atualmente há outros dois livros de Diablo III à venda, The Order, com Deckard Cain protagonizando e Storm of Light, sobre o arcanjo Tyrael, ambas escritas por Nate Kenyon.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Os posts da Blizzard sobre sua ficção sempre conseguem menos atenção que qualquer outro tópico relativo ao jogo, é óbvio. Trata-se de um produto derivado, voltado para os fãs que gostam tanto de Diablo que estão dispostos a se aprofundar além do normal (vários desses livros, caso não estivessem atrelados a uma marca, ainda seriam de boa qualidade – mas como são “contaminados” por esse objetivo claramente comercial, são ignorados violentamente pela crítica).

Enquanto o jogo está no auge, você realmente vai encontrar pouquíssimo interesse pelo lore, principalmente de um título de ação como Diablo. Mas espere os números de jogadores ativos começarem a cair, daqui a uns dois ou três anos. Todo fiapo de informação será esmiuçado pelos fanáticos, prevendo os rumos do Diablo IV, ou mesmo buscando explicações esotéricas para qualquer coisa, por mais insignificante que seja. Assim como aconteceu com Diablo II.

É bem divertido de se acompanhar, e hoje em dia é possível encontrar os malditos livros com facilidade.

Fonte: Battle.net

Tagged

30 milhões de Titãs vendidos

O manga Ataque dos Titãs atingiu a marca de 30 milhões de exemplares vendidos. É a terceira série a atingir essa marca desde 2009, quando a empresa Oricon começou a acompanhar vendas de mangás no Japão, ao lado de One Piece e Naruto. Somente o volume 13 de Ataque… vendeu mais de um milhão de cópias em sua semana de lançamento, no início de abril.

attack on titan
© Kodansha

Ataque dos Titãs é um manga de ficção científica e horror, onde humanóides gigantescos destroem boa parte do mundo, em busca de humanos para devorar. As cidades que restaram se isolam atrás de gigantescas muralhas, de onde combatem as criaturas.

A revista em quadrinhos é publicada no Brasil pela editora Panini.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Para quem diz que horror não é tão lucrativo quanto comédia e ação, eis uma das raras exceções. Honestamente não faço ideia de quanto “horror” realmente há em Shingeki no Kyojin, já que nunca li o mangá. Quando foi lançado li a sinopse e achei grotesca demais (depois de Terra ForMars, chega de sci-fi horror), não me cativou.

Pelo jeito estou perdendo, se a HQ conseguiu chegar no mesmo patamar que esses outros bestsellers. Por outro lado, não gosto de Naruto também, e vende horrores. Nem One Piece tenho lido ultimamente, acho que vou esperar encerrar a saga atual e ler tudo de uma vez só.

Fonte: Anime News Network

Tagged ,

Alien: Isolation reimagina o futuro dos anos 70

O novo jogo Alien: Isolation vai tentar ser fiel ao ambiente dos filmes originais Alien, O Oitavo Passegeiro e Aliens – O Resgate. E para repetir e expandir o tipo de tecnologia presente nesses longas, a equipe da Creative Assembly fez uma pesquisa com aparelhos eletrônicos da época, bem como sobre a antiga arte conceitual. Confira o vídeo que editaram sobre o tema:


© Sega

Lançamento em outubro, para PC, PS3 e 4, Xbox 360 e One.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Fascinante o processo criativo. Deve ser uma loucura ser o responsável por criar esses métodos de pesquisa artística, sem se basear realmente em qualquer coisa sólida ou comprovada. Se ficar um lixo, ou não prestar para nada, a culpa é toda sua.

Apreciei a iniciativa de recriar o ambiente tecnológico dos primeiros Aliens, mas é estranho como não tentam justificar a tecnologia retrógrada, apenas utilizam-na. O cineasta e sua equipe fizeram os cenários desse modo porque na época parecia futurista, e ainda realista, mas ninguém deve ter pensado seriamente em como a tecnologia iria avançar em 100 anos antes de criar a arte conceitual.

Mas ao criar um futuro que parece ultrapassado, como não tentar racionalizar por que o mundo acabaria desse jeito? Equipamentos analógicos seriam mais confiáveis porque os aparelhos digitais são facilmente corrompíveis por I.A. insanas? Colapso econômico? Alguma catástrofe apagou todo o conhecimento armazenado na nuvem e precisamos retornar somente ao que estava impresso, perdendo décadas de progresso? As justificativas são até mais interessantes que a própria premissa do jogo!

Fonte: Videogamer.com

Tagged ,

O Protetor traz Denzel Washington destruindo criminosos

Denzel Washington vai protagonizar mais um filme policial, O Protetor. Ele interpreta um militar que forja sua morte para tentar viver tranquilamente em anonimato, mas acaba se envolvendo em uma guerra contra mafiosos russos. A mocinha da história é Chloë Grace Moretz, vítima desses criminosos.

equalizer

equalizerphoto2
© Columbia Pictures

O filme é baseado no seriado dos anos 80 The Equalizer, que durou 4 temporadas. Neste, um agente secreto se aposenta e vira um detetive particular.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

E eu achando que Shaft era um nome óbvio. The Equalizer. Fazia algum tempo que não lia nada sobre adaptações de séries antigas em filmes, e como nunca tinha ouvido falar tanto do longa quanto da versão televisiva, foi uma surpresa absoluta.

É ótimo ver o Washington bancando o durão que quebra bandos de criminosos sem grande esforço, ele fica muito bem nesse papel. Apesar de já ter feito isso um sem número de vezes. E agora de novo.

A Moretz é até parecido com a Dakota Fanning.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Inimigos divinos na televisão

O canal Syfy lançou o primeiro teaser de Dominion, sua nova série que continua a história contada no filme Legião. Após a humanidade ser ameaçada por zumbis possuídos por anjos, agora eles devem enfrentar os seres divinos em pessoa, preparados para destruir toda a população.


© Syfy

O longa original era protagonizado por Paul Bettany, com Adrianne Palicki e Charles S. Dutton. Na série, o nome mais conhecido é Anthony Head, o treinador em Buffy a Caça Vampiros.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Acho que preciso ser mais fiel à minha regra de não postar teasers. Tudo bem que não há quase nada mais sendo divulgado de interessante, mas esses vídeos de 30 segundos que tentam resumir um trailer de 3 minutos são um horror.

Pior que não cumprem sua função. Deveriam te deixar animado para assistir um trailer completo, ou, pensando do modo mais otimista possível, o próprio filme – mas tudo que conseguem é deixar você frustrado. E, se divulgados em excesso, até mesmo irritado com a produção.

Sou a favor de abolir essa prática. Talvez existam editores capazes de criar um teaser magnífico, mas não vejo nada assim há anos. Se é que já encontrei um antes.

Fonte: ScreenCrush

Tagged

Conan em busca de vingança?

Conan the Avenger é a nova série mensal de Conan, o Bárbaro, lançada pela Dark Horse Comics. Nesta primeira edição o personagem ainda está se recuperando de perdas recentes nas mãos de um mal milenar, e, aparentemente, de um período de bebedeira.

conan avenger
© Dark Horse Comics

São 32 páginas com roteiro de Fred Van Lente, arte de Brian Ching e cores de Michael Atiyeh, em versão impressa (US$ 3,50) ou digital (US$ 3,99).

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Ótima novidade, quanto mais Conan existir disponível para leitura, melhor. Detestei a premissa da história, porém, com o bárbaro afogando as mágoas em bebida (sempre bebeu para se divertir, nunca para esquecer) e tendo visões da Bêlit (nunca ficou remoendo o passado, sempre seguiu em frente).

Acho que é uma versão moderna de Conan, mais humanizado, menos uma força perfeita da natureza, uma espécie de única esperança contra o mal, e uma celebração da vida. Talvez seja o que a sensibilidade dos novos leitores exigem. Não me incomoda, mas prefiro o original.

Fonte: Dark Horse

Tagged