Monthly Archives: February 2014

Derivado de Secret of Mana para celulares

A Square Enix vai relançar a franquia Seiken Densetsu no Japão. Conhecida aqui pelos títulos Secret of Mana (Super Nintendo) e Sword of Mana (Game Boy Advance), o novo jogo se chama Rise of Mana e será distribuído em plataformas mobile, como iOS e Android, no Japão ainda este ano.


© Square Enix

Secret of Mana foi um dos primeiros jogos para Super Nintendo que permitia três jogadores simultaneamente. Outras diferenças em relação aos demais títulos da Square incluem combate em tempo real e um sistema de aperfeiçoamento das armas, que ganham níveis a medida que são usadas.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Os melhores RPGs eletrônicos de qualquer plataforma na minha opinião são Secret of Mana e Chrono Trigger. Pois é, se há alguma coisa que a Square entendia era como fazer um excelente jogo de RPG para Super Nintendo.

Fiquei muito animado com a notícia do Rise of Mana, mas o vídeo acima é um tremendo balde de água fria. Por que não tentam imitar o visual do original? Esses gráficos horrendos que estão usando em todos seus títulos mobile apenas decepcionam os fãs (que imagino serem o grande público alvo desses relançamentos de jogos velhos).

Sem falar que provavelmente vão cobrar uns 15 dólares por cabeça… tomara que seja multiplayer.

Fonte: MMORPG.com

Advertisements
Tagged

Eat-Man ‘14

Eat-Man vai ganhar uma nova série de manga a partir de maio, na revista Shonen Sirius. O criador do personagem, Akihito Yoshitomi, retorna para escrever e desenhar. A editora Kodansha também anunciou também que vão relançar o manga original em episódios semanais e em volumes.

eat-man
© Viz

A história em quadrinhos foi lançada inicialmente em 1996 e correu até 2003, sendo adaptada em duas séries de anime: Eat-Man e Eat-Man ’98. O protagonista é Bolt Crank, uma espécie de mercenário com o poder de comer qualquer material inanimado e produzir objetos a partir de seus braços, mãos ou qualquer outra parte do corpo. O cenário do mangá é cyberpunk.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Nunca li Eat-Man e sequer vi o anime, apesar de ter passado na Locomotion há algumas décadas. Não lembro o porquê disso. Gosto desse tipo de poder, criar armas a partir do próprio corpo, e o cenário, cyberpunk, é uma das subdivisões de ficção científica que mais gosto, a predileta na verdade.

Precisei pesquisar extensamente na Wikipédia sobre o assunto antes de escrever (até linkei o verbete na imagem acima), e gostei do que li. Principalmente a “estrutura de contos de fadas”. O primeiro livro da série Witcher faz algo parecido com dark fantasy, e é bem agradável.

Vou dar uma olhada se encontro pelo menos o anime nos locais de sempre. São apenas 24 episódios em duas temporadas.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Honor Harrington mais próxima da realidade

As adaptações dos livros de Honor Harrington vão começar a ser lançadas nas próximas semanas. De acordo com material exclusivo do site io9, a página Tales of the Honorverse já está disponível e a história em quadrinhos sai no começo de março. O jogo para mobile deve ser lançado em breve e o filme continua em desenvolvimento.

honor3

honor4
© Evergreen

De acordo com representantes dos Evergreen Studios, a ideia é apresentar a personagem para um público novo através dos quadrinhos e do jogo.

O primeiro livro da franquia, On Basilisk Station, vai servir como base para a HQ, enquanto o segundo, Honor of the Queen, será transformado no filme. De acordo com a Evergreen e o próprio autor dos livros, David Weber, o segundo volume tem mais ação e apresenta um conflito mais interessante, com a personagem principal precisando trabalhar para um governante machista.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Tive meus problemas com On Basilisk Station, conforme relatei em um post anterior. Mas o treco realmente me agradou nos seus capítulos finais, o suficiente para me deixar pensando a respeito e com vontade de ler mais. O segundo volume está na minha lista To Read, e devo começar em breve – só preciso acabar mais uns 2 ou 3 livros primeiro.

A ideia de lançar todo o material tie-in antes do próprio filme é bem peculiar, e o destaque que estão dando para isso é mais interessante ainda. Praticamente todo filme com expectativa de grande bilheteria sai com esse material junto, mas quase ninguém fica sabendo, exceto os fãs mais maluquinhos.

Espero que o gibi seja bom, porque o jogo parece terrível.

Fonte: io9

A editora Baen tem os dois livros disponíveis gratuitamente em sua free library:

On Basilisk Station
The Honor of the Queen

Tagged

Nova mini do rei Conan

Uma nova mini-série do rei Conan começa a ser lançada pela Dark Horse, continuando o título anterior, Hour of the Dragon. King Conan: The Conqueror traz o idoso monarca relembrando o período em que perdeu seu trono devido a um golpe.

the conqueror 1
© Dark Horse Comics

São 32 páginas por US$ 3,50, com texto de Timothy Truman, arte de Tomás Giorello e cores de José Villarrubia. Edição digital ou impressa.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Sabia que não iam conseguir adaptar toda a Hour of the Dragon na mini-série anterior. Acho que mal chegaram na metade!

Infelizmente é uma das histórias mais fraquinhas do personagem, apesar de ser a única com tamanho de livro (o resto é tudo conto). Ela inclusive expande um conto mais antigo do Conan, só que enchendo de tangentes na metade. Isoladamente são bacanas, mas não se combinam muito bem.

Fonte: Dark Horse Comics

Tagged

Constantine tem ator e vilão

O seriado de TV baseado no personagem John Constantine, da DC Comics, está progredindo. Já teriam contratado o ator galês Matt Ryan (do show derivado e cancelado Criminal Minds: Suspect Behavior) para protagonizar, como um relutante detetive sobrenatural ajudando a filha de um falecido amigo, sendo perseguida por demônios.

matt ryan
© CBS

Outro personagem que deve ser constante na série, caso ela vá além do piloto, é o bruxo e praticante de vodu, Papa Meia-noite. Além de aparecer no primeiro episódio, ele deve entrar em conflito com o Constantine ao longo da temporada. Lançamento previsto para esse ano ainda, no canal NBC.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

John Constantine é um barato, principalmente quando escrito pelo Alan Moore ou o Garth Ennis nos quadrinhos. Quando vai para qualquer outro meio, televisivo ou cinematográfico, vira um festival de CGI com personagens resumidos e simplificados.

Se essa coisa for adiante mesmo, provavelmente vai ser um CSI sobrenatural, como tantos outros atualmente sendo exibidos – mas sem o elemento de contos de fadas como âncora.

Fonte: Deadline e Bleeding Cool

Tagged ,

Trailer de Godzilla e companhia

Godzilla chega aos cinemas no dia 16 de maio e o primeiro trailer acaba de ser lançado. Bryan Cranston e Ken Watanabe narram a história do conflito contra o lagarto radioativo gigante e a destruição que ele está provocando nos EUA. Também estão no elenco Aaron Taylor-Johnson e Elizabeth Olsen, com direção de Gareth Edwards.


© Legendary Pictures

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Bem desesperado o Cranston, apesar de não terem mostrado porque ele está tão escandalizado. Mal aparece uma única cidade destruída e alguns monstros gigantes, além do próprio Godzilla.

A trilha sonora foi mais impressionante que o vídeo, e me parece ter sido tirada de 2001: Uma Odisseia no Espaço.

Curioso como o presente é todo cinzento e sem cores, enquanto o flashback da bomba nuclear é bem colorido. Geralmente é o contrário.

Fonte: Screencrush

Tagged

Novo manga sobre vampiro/lobisomem e algo mais

A editora Panini vai lançar um novo manga no Brasil, intitulado Full Moon – Sussuros sob a Lua Cheia, de Sanami Matoh. São apenas dois volumes, com 224 páginas cada um e preço de R$ 11,90.

fullmoon
© Panini

O manga tem a seguinte sinopse: “Marlo é um mestiço de vampiro e lobisomem, mas, durante as noites de lua cheia, se transforma em uma mulher! Para tratar dessa anomalia, seus pais procuram a ajuda da família de David, um vampiro muito sedutor!”

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Não leio muitos mangás, e do que leio, a maioria são comédias, preferencialmente slice of life (que lugar para procurar realismo!). Mas me considero razoavelmente atualizado quanto a novas publicações, ou pelo menos quanto a coisas lançadas nos últimos cinco anos. Full Moon, entretanto, nunca ouvi falar. Do/a mangaká muito menos.

Fuçando pela internet descobri que Full Moon aparentemente é Shounen-ai, ou Boys Love, ou Yaoi, dependendo de quem está classificando. Se é a primeira vez que a Panini vai publicar algo nesse gênero, estranho que não busquem um título mais popular – talvez a estratégia seja justamente começar a publicar na surdina, sem chamar muita atenção. Veremos.

Recordou-me de Ranma ½, mas apenas pela coincidência de poderes de ambos protagonistas.

Fonte: Panini Comics

Tagged

Gina Carano em busca do marido

A ex-lutadora de MMA Gina Carano é a protagonista pela segunda vez no filme In the Blood, com lançamento previsto para abril nos EUA. Sua personagem, Ava, está passando a lua de mel com o marido no Caribe, quando ele desaparece após sofrer um acidente. Cabe a ela investigar o que aconteceu, espancando todo mundo em seu caminho.


© Anchor Bay Films

O elenco inclui vários atores de segundo escalão, como Danny Trejo, Luis Guzmán, Stephen Lang, Treat Williams, Amaury Nolasco e Cam Gigandet.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Esse filme praticamente entra na categoria “crime” já que a protagonista está investigando um crime… só que sem um histórico da personagem não dá para ter certeza absoluta. Ela é uma policial, ex-militar, alguma coisa, ou simplesmente começa a bater em todo mundo sem explicação?

A produção intercala algumas cenas tradicionais com imagens aparentemente de uma câmara amadora, mas não parece estar usando o recurso da “found footage”, imagens recuperadas de aparelhos tempos depois do evento.

Os efeitos sonoros são horrendos.

Não parece de todo mal, e tem um elenco de apoio bem interessante. Duvido muito que o roteiro valha a pena, entretanto, apesar da criativa cena de tortura na tirolesa (sofri para achar esse termo).

Fonte: Slashfilm

Tagged

Canal vai relançar série Heroes

Heroes Reborn é uma mini-série que será lançada em 2015, aproveitando o conceito do seriado Heroes com uma história nova e possivelmente elenco inédito. Uma série online deve ser lançada antes, apresentando os novos personagens e tramas.


© NBC

O programa original foi lançado em 2006, e apresentava de forma realista a reação de pessoas comuns ao descobrirem que possuíam super-poderes, como teleporte, vôo, super-força e telecinésia. Ao longo das temporadas dezenas de heróis e vilões são introduzidos, além de conspirações e planos para destruir ou governar o mundo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

A primeira temporada de Heroes foi uma das coisas mais divertidas de assistir e comentar em 2006. Todo mundo acompanhava o treco e falava a respeito, com teorias e interpretações malucas, assim como fizeram com o Lost alguns anos antes.

E exatamente como Lost, tudo começou a ir por água abaixo da segunda temporada em diante. Os problemas na verdade começaram ainda no decepcionante desfecho da primeira temporada: após prometerem um final inacreditável, acabaram entregando uma bobagem sem graça.

A segunda me arrependo de ter perdido tempo assistindo. A terceira tinha algumas boas ideias, principalmente quando o narrador vira um super-vilão, mas estava tão recheado de personagens inúteis que era difícil acompanhar tudo ou se importar com alguém.

Acho que não passa de um tubo de ensaio, testando se antigas séries ridiculamente populares podem ser aproveitadas para obter mais um pouco de audiência – mesmo tendo pouco a ver com o original, exceto por nome e cenário.

Se der certo, prepare-se para ver um jovem grupo de agentes do FBI reabrindo uma salinha empoeirada, onde estão coletados arquivos sobre crimes envolvendo o sobrenatural…

Fonte: Coming Soon

Tagged

Diablo finalmente ganha clãs

Diablo 3: Reaper of Souls vai ser lançado com duas novidades na interação entre jogadores: Clãs e Comunidades. O primeiro terá um limite de 120 jogadores, servindo para juntar pessoas que tem “interesses, horários ou objetivos similares” para jogar, e também para se comunicar com vários conhecidos de uma vez só.

crusader
© Blizzard

Já as Comunidades não terão limites de jogadores e são muito mais liberais quanto à sua participação, não exigindo convites e aprovações. Os interesses que juntariam esses jogadores também são mais vagos, como pertencer à mesma localidade, estudar no mesmo colégio, gostar de alguma coisa relacionada ao jogo ou não.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

O Reaper of Souls chega no mês que vem e ainda não comprei a minha cópia! E também esqueci de fazer o meu witch doctor – queria aproveitar a casa de leilões antes que ela seja desativada (será que os preços deram uma despencada? Ou o desespero com o fechamento elevou a cobrança?).

Até que estou interessado em jogar com a classe nova, mas não parece tão divertida quanto o meu monge. Ainda estava me ocupando com ele, mas com tantas opções de jogos (minto, foi apenas The Secret World mesmo), D3 ficou meio de lado. Queria ter retomado antes, mas o maldito Ragnarok Online continua destruindo meu tempo nos finais de semana. Mas acho que eu e meu filho chegaremos no lvl 95 na sexta-feira, daí é magmarings até o 99 e dá-lhe transclasse. Para que, ainda não sei.

Fonte: Diablo III

Tagged