Monthly Archives: September 2013

Criador de Breaking Bad começa a lotar sua agenda

O criador de Breaking Bad, Vince Gilligan, está preparando um novo seriado policial intitulado Battle Creek, sobre dois detetives com personalidades extremamente divergentes. O cenário do programa deve ser a cidade de Battle Creek, no estado de Michigan, Estados Unidos. O criador do seriado Dr. House, David Shore, deve ser o showrunner, função que inclui tomar todo tipo de decisão sobre um programa de TV.

breaking house
© AMC / Fox

Battle Creek já havia sido oferecido por Gilligan a alguns canais de TV em 2002, mas foi recusado. Agora deve ser lançado já com uma primeira temporada garantida.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Isso é perigoso. Quando você faz alguma coisa muito bem-sucedida, os estúdios, produtores, etc, começam a jogar dinheiro na sua direção, aceitando qualquer decisão sua. E o resultado disso geralmente é a trilogia Matrix, ou Elysium.

Sem falar que o Gilligan também está trabalhando no tal derivado de Breaking Bad! Dá a impressão que ele está aceitando todas as ofertas que aparecem, além de todo o dinheiro oferecido. Espero que não quebre a cara tanto quanto nos dois exemplos cima.

Fonte: Coming Soon

Advertisements
Tagged

Need for Speed tem carros e vingança em primeiro trailer

Aaron Paul (Breaking Bad) é o protagonista de Need for Speed, adaptação cinematográfica de um jogo de corrida de carros. O filme vai ser lançado em 2014 nos EUA, e coloca Paul na pele de Tobey Marshall, mecânico e piloto que vai para a prisão por um crime que não cometeu.


© Walt Disney Motion Pictures

O longa mostra sua vingança contra o vilão Dino Brewster, interpretado por Dominic Cooper, um ex-piloto da Nascar e parceiro de Tobey, que o incrimina por uma tragédia durante uma corrida de rua não regulamentada.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Trailer legalzinho, de onde será o texto que o Aaron Paul está recitando? Um poema, talvez.

Não sou fã de perseguições de carro (repetitivas, sempre os mesmos ângulos e tomadas, sempre intercalando a cara do motorista e o veículo voando), e a parte policial do filme parece bem fraquinha, mas creio que esse filme tem potencial para uma boa bilheteria.

Só não dá para confiar muito é no diretor, que abandonou a carreira de dublê para dirigir, e fez apenas o Ato de Valor (onde militares de verdade interpretam a si mesmos em uma história fictícia), ou nos roteiristas, três deles, cujos currículos incluem Ela é Demais Para Mim, Gigantes de Aço e Os Agentes do Destino (que tem muitas coisas legais, exceto toda a parte romântica, ou seja o miolo do filme).

Nem sabia que Need for Speed tinha uma história. Será que tem mesmo?

Fonte: Screen Crush

Tagged

Crimson Imperium traz mudanças em Perfect World

O servidor internacional de Perfect World foi atualizado esta semana com o update Crimson Imperium. Entre as mudanças relacionadas na página oficial do MMORPG estão: Title System, onde os personagens ganham títulos que rendem buffs; Attendance System, quanto mais tempo você passar jogando, mais benefícios; Perfect Match para agrupar personagens para missões; e Commission Shop, uma nova loja com itens em promoção disponível em qualquer lugar do mundo.

perfect world
© PWE

Perfect World é um MMO com temática oriental, baseado no folclore de várias culturas, com elementos fantásticos. Pode ser baixado e jogado gratuitamente, com uma loja de itens pagos sendo a principal fonte de renda de sua distribuidora. Uma versão brasileira é publicada pela Level Up Games.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Adoro essas atualizações de sistema da Perfect World Entertainment. Apesar de seus produtos serem todos praticamente idênticos, tenho a impressão que os técnicos estão sempre sondando a sua base de jogadores e a concorrência, em busca de novas idéias para melhorias.

E esse update está farto com boas novidades. O sistema de títulos faz do conceito de Achievements algo útil; o Attendance beneficia os viciados e estimula o pessoal intermitente a comparecer mais no jogo; o Perfect Match é extremamente bem-vindo, arranjar grupos em PW é horrível. A Comission Shop não consegui entender qual a novidade, só jogando mesmo.

Apesar dos elogios, só entro em Perfect World para testar as novas raças/classes quando lançam alguma. O conteúdo inicial fica cada vez melhor, enquanto o de nível médio é a mesma chatice de sempre.

Será que o jogo continua popular por aqui?

Fonte: MMORPG.com

Site oficial: http://pwi.perfectworld.com

Tagged

Mais um produto de Joss Whedon acaba nos quadrinhos

A Dark Horse Comics vai lançar uma série em quadrinhos baseada na franquia Firefly/Serenity, uma das criações de Joss Whedon (Os Vingadores). A história se passa após os acontecimentos do filme, com a tripulação da nave Serenity se recuperando do conflito com a Aliança, grupo que controla a maioria das colônias planetárias onde os humanos vivem no futuro.


© Universal Pictures

Em outubro, durante a New York Comic-Com, a editora deve divulgar novos detalhes sobre a revista, incluindo o roteirista e os artistas envolvidos.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sou uma das poucas pessoas que assistiu a Firefly por inteiro, na ordem correta de episódios, quando a série foi exibida no Brasil. A Fox daqui, ao contrário da americana, começou pelo primeiro e exibiu todos os 14, enquanto nos EUA o pessoal assistiu apenas 11, e viram o terceiro episódio antes do restante.

Era bacana. Gosto mais de ficção científica do que westerns, mas achei a combinação muito simpática. Não era nada deslumbrante como os fãs/viúvas do show defendem ainda hoje em dia.

Assisti o filme apenas recentemente (disponível no Netflix, mas o seriado não), e achei um pouco melhor que a versão para TV. Mas o diretor/roteirista fez concessões demais aos seus admiradores, incluindo personagens e backgrounds desnecessários – pouca gente viu o programa e entendeu as referências – o que deve ser um dos motivos da baixa bilheteria.

Mas não vou negar interesse em dar uma boa olhada nessa HQ nova.

Fonte: Slashfilm

Tagged

Final Fantasy Agito na prática

A Square Enix publicou um novo trailer de Final Fantasy Agito, seu jogo gratuito para plataformas mobile, especificamente iOS e Android. Nele os jogadores competem para se tornar um Agito, personagem que irá salvar o mundo, através de batalhas e interagindo com NPCs.


© Square Enix

O cenário é uma espécie de colégio para magos, e se passa no mesmo mundo que Final Fantasy Type-0, jogo de PSP que nunca foi lançado no ocidente. Agito deve sair entre dezembro e fevereiro, no Japão.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sabe o que parece isso? Um dating sim para fãs de Harry Potter.

Nunca vi nada tão constrangedor ser lançado pela Square. Difícil acreditar que é o mesmo povo que fez Final Fantasy 4, 6 e 7.

Mal posso esperar para jogar. Será que demora para sair aqui?

Fonte: Anime News Network

Tagged

Atlantis é uma viagem no tempo ou por dimensões

A série inédita de fantasia da BBC, intitulada Atlantis, teve um novo aspecto revelado em um vídeo recente. Ao contrário do que a divulgação estava dando a entender até agora, o programa talvez não se passe em um passado mítico, mas seja contemporâneo e situado em um local misterioso. Verifique:


© BBC

O jovem visto acima é Jack Donnelly, o provável protagonista da série. O nome de seu personagem é Jason, e aparentava ser o Jasão mitológico, mas talvez seja apenas coincidência. O único nome conhecido no elenco, para o público deste continente, é Mark Addy (Guerra dos Tronos), interpretando alguém chamado Hércules.

Atlantis estreia ainda este mês no Reino Unido.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Essa não, outro clone de Lost. Dessa vez pelo menos estão escancarando a mitologia, enquanto o original ficava apenas na insinuação.

Não estava muito interessado no programa antes – o figurino e os efeitos especiais estão horrendos -, e agora menos ainda. Tomara que as críticas sejam boas. A BBC adora lançar séries de fantasia que duram temporadas e temporadas, mas não consigo assistir nenhuma. Parece que guardam a verba de produção para os programas policiais.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Jogo de Neal Stephenson empaca sem verbas

O protótipo de controle que simularia uma espada falhou. A Subutai Corporation, que estava desenvolvendo o jogo Clang, onde o equipamento seria inicialmente utilizado, anunciou que estão quase paralisando as atividades no título, e liberando a maioria de seus funcionários. Apesar de terem obtido mais de meio milhão de dólares no Kickstarter, não conseguiram recursos adicionais com distribuidores para continuar o desenvolvimento. O escritor Neal Stephenson, um dos integrantes da Subutai, encabeçou a campanha para arrecadar o orçamento inicial.


© Subutai

A empresa aparenta continuar otimista, citando exemplos de companhias maiores que fecharam recentemente, e afirmando que ficar sem recursos é praticamente um rito de passagem na indústria de jogos. Concluem dizendo que vão continuar desenvolvendo apenas no tempo livre, nos finais de semana, por um tempo indeterminado.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Putz, que pena. Justo quando resolve se envolver com alguma coisa além dos livros, o Neal Stephenson se dá mal desse jeito.

Acho que o mercado de motion controllers ou mesmo de controles personalizados é extremamente instável, imprevisível e caótico. Veja como o Wii fez um sucesso grotesco, enquanto o Playstation Play não foi para lugar nenhum e o Connect é basicamente uma curiosidade. Entre os controles mais exóticos eu consigo lembrar do jogo Steel Batallion. Extremamente caro e com um “painel” enorme que só funcionava para o dito cujo.

A proposta do protótipo do Clang era ser aberto, permitindo a desenvolvedores criarem outros jogos aproveitando-o. Mas duelos de espada pelo jeito não são uma área ampla o bastante para justificar a conclusão do projeto.

Fonte: GamesIndustry.biz

Tagged

Diablo 3 vai perder uma de suas novidades

O anúncio de uma expansão de Diablo 3 deixou muitos ex-jogadores felizes, mas a novidade mais recente fez a alegria de quem continua jogando até hoje. No dia 18 de março do ano que vem, a Blizzard vai encerrar oficialmente as atividades da Casa de Leilões do jogo. Tanto o sistema que utiliza moedas de ouro quanto o de dinheiro real irão ser cancelados.

wallpaper031-1024x768
© Blizzard

De acordo com a empresa, o motivo é que apesar de “jogadores no mundo todo usarem-na, ela no final das contas atrapalha o objetivo principal de jogar Diablo: matar monstros para conseguir itens legais”. Mais de cinco mil comentários na página da Blizzard enfeitam o post, e olhando superficialmente, todos são favoráveis à decisão. Segundo estes usuários, o serviço atrapalha a vida dos jogadores, enquanto facilita o trabalho de fazendas de ouro e itens, atividades comuns em regiões mais pobres principalmente de países asiáticos.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sobre o tema de fazendas de ouro, ou gold farming, sugiro o livro de ficção For the Win, do Cory Doctorow. Disponível gratuitamente no site do autor: http://craphound.com/ftw/download/

Eu usava bastante os leilões de Diablo 3. Se não fosse por eles não teria um único item decente no meu monge. Nunca achei nada que prestasse, apesar de ter gasto boas horas matando chefes em busca de itens. Nem sequer coisas medianas.

É claro que, no Diablo 2, por exemplo, eu simplesmente trocava itens com outros jogadores usando o chat do jogo. E provavelmente tinha personagens mais bem equipados do que nessa continuação. Mas eu gastava muito mais tempo em D2, conversava com uma penca de gente e fazia parte até de guildas não-oficiais. Em D3 devo ter usado uma ou duas vezes o chat geral. O texto é minúsculo e entupido de spammers.

Resumindo: a Blizzard precisa de chats melhores.

Fonte: Videogamer.com

Site oficial: http://us.battle.net/d3/en/

Tagged

Bizarra forma de vida em Marte

Liev Schreiber é o protagonista de The Last Days on Mars, ficção científica sobre um grupo de astronautas que encontra vida alienígena durante uma missão exploratória em Marte. A criatura é hostil e logo passa a eliminar os exploradores um a um. O filme já foi lançado em setembro no Reino Unido e deve sair nos EUA em dezembro. O primeiro trailer foi lançado recentemente:


© Magnet Releasing

O novato Ruairi Robinson, diretor de alguns curtas, assina o filme, com roteiro de Clive Dawson, que adaptou o conto The Animators, do escritor Sydney J. Bounds, publicado em 1975. Olivia Williams (Dollhouse) e Elias Koteas (Dr. House) são os outros nomes mais conhecidos no elenco.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

O trailer é bem impressionante. Mas convenhamos que está sendo distribuído em um momento bem peculiar. Não só é um tema que foi explorado várias vezes em anos recentes, como também foi mal sucedido em bilheteria e crítica em todas ocasiões. Last Days… pode até ser bom, mas o estigma provavelmente não vai lhe permitir uma carreira lucrativa.

Praticamente todo filme de ficção científica de 2013 foi um fiasco tremendo – The World’s End foi o único com resenhas excelentes, mas obteve uma das piores bilheterias. E as consequências desse cansaço ainda vão demorar para serem sentidas na compra e venda de roteiros. Tudo que vai ser lançado em 2014 já está no meio das filmagens ou de pré/pós produção.

Eu amo sci-fi. Mas esses filmes estão me enchendo o saco. Desisti de assistir a maioria, com medo de atrapalhar minha apreciação dos livros desse gênero.

Fonte: Deadline

Tagged

Lupin e Conan quase saem no braço em trailer

O anime longa metragem Lupin III vs. Detective Conan The Movie ganhou um trailer inédito. Os dois personagens vão se reunir nos cinemas em dezembro, no Japão, enquanto se enfrentam para obter a Cherry Sapphire, “um elusivo tesouro secreto que pode conter a chave para o mundo todo” (tradução livre da sinopse).


©

Lupin seria um descendente do personagem francês Arsene Lupin, e é um dos maiores ladrões do mundo. Já ganhou vários filmes e séries, baseados no manga original de Monkey Punch.

Já Conan é um dos maiores detetives do mundo, transformado em uma criança após atentado de uma organização secreta. Continua resolvendo crimes utilizando os adultos ao seu redor como porta-vozes, mesmo sem que eles percebam.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Isso que é integração completa. Acredito ter visto todo o elenco de apoio dos personagens aparecendo, e interagindo em vários níveis. Parece bem mais divertido do que imaginava, e escrito por roteiristas que conhecem profundamente os dois materiais.

Fiquei até com vontade de voltar a ler Detective Conan. Acho que parei no capítulo 650.

Fonte: Anime News Network

Tagged