Monthly Archives: July 2013

Supernatural pode ganhar spinoff em nova temporada

O canal americano CW vai testar um derivado do seriado Supernatural em sua nona temporada. O piloto da nova série vai ser exibido como se fosse um episódio da matriz, introduzindo o novo formato: ao invés de acompanhar as aventuras dos protagonistas através da América, o show vai lidar com a relação entre monstros e caçadores apenas na cidade de Chicago.

supernatural primeira temporada
© Warner

Mais detalhes sobre a trama ou elenco ainda não foram divulgados.

Supernatural é um drama de ação sobre dois irmãos que caçam monstros de todo tipo, interpretados por Jared Padalecki e Jensen Ackles. É exibido no Brasil pelo SBT na televisão aberta, e pelo Warner Channel na TV paga.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Nona temporada? Lembro quando estavam ameaçando cancelar o programa na segunda! Assisti vários episódios aleatórios até o momento em que finalmente matam o demônio de olhos amarelos, o grande vilão que motivava tudo que os protagonistas faziam.

Depois disso nunca mais vi nenhum episódio, já que, após a trama principal estar pronta, a tendência de qualquer franquia é decair. Segundo comentários, isso só aconteceu após a quinta temporada, quando o criador do show caiu fora, e, aparentemente, só se recuperaram na oitava.

Não consigo imaginar como prolongaram o seriado dessa forma. Mais cenas de sexo?

Fonte: Deadline

Tagged

Warhammer 40,000 entrega detalhes de MMO

A página oficial do MMORPG Warhammer 40,000 atualizou sua sessão de perguntas frequentes, confirmando algumas informações e trazendo novidades. O jogo deve ser lançado em 2015 para PC, PlayStation 4 e Xbox One. Ainda não têm certeza, mas o modelo comercial deve incluir a possibilidade de comprar o jogo e não pagar mensalidade, com acesso a todo o conteúdo, e Free to Play, com acesso restrito. Assim como em quase todo MMO, vão usar uma loja virtual, com itens para customização (vestuário) e conveniência (curas, consertos).

warhammer
© Games Workshop

De acordo com a Games Workshop, dona da franquia, os exércitos iniciais serão Space Marines, Chaos Marines, Orks e Eldar, com outros sendo introduzidos em expansões futuras. Não planejam utilizar o modelo padrão para missões, ou seja, um personagem dando uma lista de tarefas para os jogadores – vão deixar para eles próprios decidirem o que fazer no jogo. Também informam que existem classes, mas não níveis, com os personagens precisando aumentar habilidades e adquirir equipamentos.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Faltou dar um overview do que diabos é Warhammer 40,000, mas o texto estava ficando meio comprido, com tantas informações. Em suma: cenário de ficção fantástica mas em um futuro ultra-avançado, cheio de naves espaciais e etc. Os Eldar mencionados acima, por exemplo, são elfos. Não é lá muito diferente do MMO Anarchy Online, se pensar nesse aspecto de mesclar cenários – eu diria que AO é mais sutil.

Particularmente detesto essa mistura de elfos com naves espaciais. Sei que tem milhares de fãs, em produtos famosos como Shadowrunner também, mas não agrada o meu palato. Parece tão preguiçoso. É um dos motivos que me fez detestar o segundo Riddick… enfiar magia no meio de hard sci-fi. Não é pra mim.

Fonte: MMORPG.com

Site oficial: http://eternalcrusade.com/

Tagged ,

Activision Blizzard praticamente se separa da Vivendi

O diretor geral da Activision Blizzard, Bobby Kotick, liderou a compra de 611 milhões de ações da empresa das mãos da Vivendi, efetivamente se tornando independente.  O negócio custou cerca de R$ 18,5 bilhões, e deixou o grupo de Kotick com o controle de 24,9% da empresa, e, segundo ele, “mais de US$ 3 bilhões [R$ 6,7 bilhões] em caixa para preservar nossa estabilidade financeira”. A Vivendi continua como sócia minoritária, com 12% das ações.

diablo3
© Blizzard

A Activision Blizzard foi criada há cerca de cinco anos, da fusão de ambas empresas, e é responsável por franquias populares como Call of Duty, World of Warcraft, Starcraft e Diablo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Podem dizer que vejo conspirações em todo lugar, mas essa separação entre Activision Blizzard e a Vivendi explica um monte de decisões e anúncios recentes. Como o cancelamento e recomeço do MMORPG Titan, projeto que estariam desenvolvendo há anos para ser a próxima grande novidade da empresa; ou a queda dos usuários de WoW para apenas 6,6 milhões, o que só é algo negativo quando você lembra que já tiveram 10 milhões.

Pois é, até parece que queriam baixar os preços das ações antes de comprar 600 milhões delas. Mas, para afirmar qualquer outra coisa nesse sentido eu precisaria fuçar nos números do/da Nasdaq, e haja interesse para tanto.

Não aproveitaram para anunciar mudanças nos rumos da empresa (apenas disseram que planejam serem ainda mais lucrativos – que empresa não planeja isso? Duh), mas espero alguma coisa graúda nos próximos meses. Afinal de contas, por que outro motivo teriam gasto tanto, se não para inovar, ousar, experimentar?

… dividir menos lucros com a Vivendi?

Fonte: GamesIndustry.biz

Tagged ,

Neil Gaiman faz um jogo para seus fãs

Neil Gaiman escreveu o roteiro para seu primeiro jogo eletrônico, Wayward Manor. Os jogadores irão protagonizar como um fantasma, cujo objetivo é expulsar os moradores vivos que estão ocupando sua antiga mansão. O jogo já pode ser encomendado em diferentes faixas de preço, de US$ 10 a US$ 10.000, com recompensas que variam respectivamente, no site http://www.whohauntsneil.com.


© Moon Shark

Disponível para PC, Mac e tablets, ainda este ano.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Essa não é trama de Os Fantasmas Se Divertem, filme do Tim Burton lançado no final dos anos 80? É claro que muita coisa pode ser feita dentro dessa sinopse, mas esperava algo mais louco para motivar o Gaiman a se envolver com o bilionário mercado de jogos.

Não gostei da arte dos personagens ou do visual como um todo. Estilo cartunesco já é alguma coisa complicada de se aguentar por longos períodos, mas nesse caso a percepção é mais de um “visual independente”. Como se os desenvolvedores estivessem se gabando de serem indie, de não precisarem se conformar com os padrões artísticos dos grandes estúdios.

Bah.

Fonte: Coming Soon

Tagged

47 Ronins é praticamente um anime

Após um longo silêncio, Os 47 Ronins, novo filme de Keanu Reeves, ganhou seu primeiro trailer. Baseado em fatos históricos, o longa traz um grupo de 47 samurai sem mestre, conhecidos como ronin, em busca de vingança contra um nobre que matou seu chefe. Reeves é um guerreiro mestiço, a quem recorrem para ajudá-los contra o inimigo sobrenatural. Lançamento no final de dezembro.


© Universal Pictures

A maioria do elenco japonês é desconhecido por aqui, exceto Rinko Kikuchi, recentemente vista em Círculo de Fogo. O diretor é o novato completo Carl Rinsch. O roteiro foi escrito por três pessoas, envolvidas em produções como Velozes e Furiosos e Branca de Neve e o Caçador.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Olhem só, um anime com pessoas reais. Com direito a youkais, protagonistas sombrios e péssimo diálogo. Sério mesmo, não conseguiram encontrar absolutamente nada melhor para mostrar quando eles abrem a boca? Os efeitos não estão tão ruins (exceto pelo cara com a bola de ferro), mas esse monte de frases de efeito está inacreditável. Parece ser O Homem Com Punhos de Ferro desse ano.

E, sinceramente, não podiam ter achado alguém que tivesse ao menos alguma ascendência asiática? O Reeves não tem a menor cara. Já estou vendo os grupos que combatem preconceito racial reclamando do “homem branco salvando minorias”.

O politicamente/racialmente correto ainda vai eliminar a criatividade.

Achei que Ronin, Samurai, Ninja, etc não mudassem no plural. Ronins?

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Trabalho técnico impressiona em Gravidade

Gravidade, ficção científica com Sandra Bullock e George Clooney ganhou novos clipes, tirados de um trailer exibido ao público da San Diego Comic Con. Nestes é possível ver as técnicas novas de filmagem que teriam sido utilizadas no longa, conforme divulgado pelos envolvidos na produção. Alfonso Cuarón dirigiu e escreveu o roteiro com Jonás Cuarón, seu filho. Lançamento em 10 de outubro.


© Warner Bros

Eis a sinopse: “Astronautas tentam voltar para a Terra após destroços atingirem seu módulo espacial, deixando-os à deriva em órbita”.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

É uma quantidade impressionante de movimento para uma cena em tomada única. A quantidade de ensaios e a precisão nos posicionamentos parecem excruciantes. Estou legitimamente impressionado com a qualidade técnica do clipe acima .

E quanto ao aspecto emocional da trama, também estou boquiaberto com o potencial de desespero e pavor que esse filme tem. Já consigo imaginar as notícias: “Uma pessoa desmaia durante exibição de Gravidade”. É praticamente um filme de horror.

Fonte: Slash Film

Tagged

Derivado de Code Geass ganha mais um volume

Code Geass: Akito the Exiled ganhou outro trailer de sua nova temporada, Second Volume: Wyvern Torn Apart. A história se passa entre as duas temporadas de Code Geass, e é protagonizada pelos integrantes do grupo Wyvern de pilotos de mechas. São uma equipe de adolescentes japoneses do Holy Britannian Empire, com a missão de invadir o resto da Europa. A primeira série de Akito the Exiled teve quatro episódios.


© Sunrise

O vídeo mostra vários novos personagens, bem como a presença de pelo menos um dos protagonistas da série principal, Suzaku Kururugi. No mundo de Code Geass, a Inglaterra dominou boa parte da Europa e todo o Japão, com um exército auxiliado por robôs gigantes. Nos bastidores, tentando manter o controle ou destruí-lo, estão pessoas com poderes especiais, chamados de Geass.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Ficou a grande dúvida: nesse trailer badernado, quem é Akito? A loira com dois rabos de cavalo? O ruivo com a pistola? Mas admito que reconheci imediatamente a voz do Suzaku, apesar de ele ser tão normal.

Teve pelo menos uma coisa que achei sensacional: os cenários europeus. Completamente diferente do típico ambiente para mechas se destruírem. Adorei os prediozinhos velhos ao lado dos robôs, apesar da renderização estar quase igual a de um jogo de videogame.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Shroud of the Avatar terceriza seus habitantes

O mundo de Shroud of the Avatar tem tecnologia mais avançada do que deveria porque ele é habitado por pessoas raptadas de nossa realidade. A informação foi dada por Starr Long, um dos desenvolvedores do jogo, recentemente contratado por Richard “Lord British” Garriott. SotA é um RPG de ficção fantástica online, que deve resgatar aspectos da série clássica Ultima, criada por Garriott.


Portalarium

Essa tecnologia mais avançada é uma tentativa desesperada de recriar aspectos de nosso mundo, afirmou Long, em entrevista ao site MMORPG.com. O herói da saga Ultima, Avatar, passava por situação semelhante, como uma pessoa que é retirada do mundo real para se aventurar na mítica Britannia.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acho que vou procurar um pacote desses Ultimas velhos no Steam (ou simplesmente ler tudo sobre eles na Wikipédia). Não fazia a menor ideia que o Avatar era um peixe fora d’água! Em Ultima VIII ele havia sido retirado de Britannia e jogado em uma ilha pelo Guardian… quer dizer que ele era duplamente um peixe fora d’água! Pensando bem, nunca sequer vi Britannia! Ack!

Espero que esse jogo seja tão divertido quanto estão dando a entender. As expectativas estão ficando ridículas… vou até cancelar minha moratória a jogos de ficção fantástica (estou realmente tentando emplacar esse termo) para jogá-lo.

Fonte: MMORPG.com

Site oficial: https://www.shroudoftheavatar.com/

Tagged

Novo Dracula é sobre nudez e sangue

O canal NBC divulgou o primeiro trailer de Dracula, sua interpretação do personagem clássico em um seriado novo. Jonathan Rhys Meyer interpreta o vampiro, que volta a Londres para se vingar das pessoas que teriam destruído sua vida séculos antes. Seus planos encontram um problema quando ele se apaixona por uma mulher idêntica à sua esposa, falecida há muito tempo.


© NBC

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Não entendi. Pegaram o livro e misturaram com as tendências românticas e sexuais de vampiros em voga na atualidade? A única diferença desse Drácula para True Blood parecem ser as roupas (a ausência delas está idêntica).

Sei lá o nome da caçadora loira, mas as caretas exageradas dela são de matar. Provavelmente teve que concordar com uma quantidade incrível de nudez para conseguir esse papel, porque a canastrice da coitada é inacreditável.

Prevejo uma audiência invejável.

Fonte: io9

Tagged

D&D Next vai premiar role-players

Um novo aspecto de D&D Next foi revelado em artigo da Wizards of the Coast. Os desenvolvedores do jogo estão testando um sistema para estimular a interpretação dos personagens, chamado “inspiração”: sempre que o personagem age ou faz alguma coisa que reflita sua personalidade ou relação com o mundo, o Dungeon Master (DM) lhe atribui “inspiração”, que pode ser utilizada nos minutos seguintes para melhorar uma jogada de dados. Esta pode ser um ataque, ou quando os personagens estão sendo testados ou mesmo resistindo a uma magia.

derro
© WotC

A ideia, segundo o autor do texto, é dar uma pequena vantagem aos jogadores, mas não o suficiente para torná-la obrigatória em todas as partidas. Afirmam ainda que utilizar “inspiração” varia muito de DM para DM, sendo mais uma arte do que uma ciência exata.

Durante a criação dos personagens em D&D Next, os jogadores poderão selecionar certas características que irão orientar sua interpretação. Elas incluem bonds (ligações) com o mundo, pessoas, lugares ou coisas importantes para o personagem; flaws (fraquezas); e ideals (ideais). Para facilitar a vida dos grupos que pretendem incluir interpretação em suas partidas, o manual do jogo virá com tabelas prontas sugerindo ligações, ideais e fraquezas.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Quase deixei passar esse artigo, quando ele começou a contar causos de sua época de DM, e como a sessão fica mais divertida com isso, blábláblá. Como se todo jogador já não soubesse disso (e não soubesse que isso também pode degringolar em palhaçada excessiva, estragando a campanha – peguem leve).

Felizmente vejo que estão fazendo coisas concretas para os interpretadores, e seguindo os estudos psicológicos sobre motivação que recomendam ajudar alguém a continuar a fazendo algo que gostam, mas não transformar isso em algo obrigatório, o que acaba desestimulando completamente o sujeito.

Por outro lado é mais uma coisa para ficar cuidando. Se o combate no Next continuar tão complexo quanto no 4.0, o inspiration acabará sendo esquecido em detrimento de coisas mais importantes, como localização do monstro em relação aos heróis, se ele está marcado, se está com restrições para se movimentar, se está sob algum efeito…

Nem sei se ainda vão usar mapas e miniaturas no D&D Next. Imagino que sim, caso contrário seria uma fonte de renda a menos para a WotC.

Fonte: Wizards of the Coast

Site oficial: http://www.wizards.com/dnd/DnDNext.aspx

Tagged