Monthly Archives: September 2012

O pequeno herói

O diretor Peter Jackson divulgou um novo cartaz de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, filme seu, que estréia em dezembro. O longa é um prelúdio a O Senhor dos Anéis, também dirigido por Jackson, e é protagonizado por Martin Freeman, como o hobbit Bilbo Baggins.


© Legendary Pictures

Uma Jornada Inesperada faz parte de uma trilogia, adaptada do livro O Hobbit, de J.R.R. Tolkien. As continuações The Desolation of Smaug chegam aos cinemas em 2013 e There and Back Again na metade de 2014.

Hahaha, o Bilbo como herói ficou uma piada mesmo. Achei que iam insistir nesse ângulo com o Thorin Escudo de Carvalho, mas talvez tenham decidido que ele não ficou muito convincente como galã. E pior que o líder dos anões provavelmente é a única opção para um, ao menos nesse primeiro longa. Quando chegam na cidade atacada pelo Smaug tem o sujeito que dá a flechada fatal no dragão – aposto que ele vai virar destaque lá pelo final do segundo filme.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Vampiros no laboratório

Guillermo del Toro teria fechado uma parceria com Carlton Cuse para transformar os livros da Trilogia da Escuridão em uma série de TV, no canal norte americano FX. Del Toro escreveu as três obras com o autor Chuck Hogan, sobre uma invasão de vampiros em Nova Iorque sendo combatida por um médico do Centro de Controles de Doença.


© Editora Rocco

De acordo com a divulgação, o seriado vai se concentrar no aspecto biológico dos vampiros, e não no sobrenatural. Durante uma entrevista sobre os livros, há alguns anos, del Toro já havia comparado a Trilogia da Escuridão a seriados como CSI, onde os procedimentos científicos da investigação criminal são o destaque. Os livros são publicados no Brasil pela Editora Rocco.

Todo mundo estava imaginando um ou mais filmes, levando em conta o histórico do Guillermo del Toro, mas transformar seus livros em uma série parece uma evolução natural. O treco é cheio de personagens com histórias paralelas, longas discussões científicas, vítimas sofridas e cenas de ação em ambientes fechados. CSI: Vampiros. Aposto que vai fazer um sucesso daqueles, mas fico curioso quanto ao formato episódico: vão mostrar um ataque diferente por semana sendo investigado, alterando o desenvolvimento do livro, ou irão tentar ser fieis ao conteúdo, esticando a passagem de tempo nos episódios? Acho que o primeiro livro se passa em menos de uma semana.

Fonte: Blastr

Tagged

Arco invisível

A Eletronic Arts publicou mais um trailer de Crysis 3, novo título desta franquia sobre alienígenas invadindo a Terra e o supersoldado que os enfrenta. O jogo será lançado em fevereiro, para PC, Xbox 360 e Playstation 3.


© EA

Crysis 3 se passa alguns anos após os acontecimentos do segundo jogo, quando Nova Iorque foi destruída pelos invasores. O protagonista desta vez é Prophet, que havia sido morto no início de Crysis 2, mas aparentemente consegue “ressuscitar” graças aos poderes da nano armadura, tecnologia que explica todos os feitos sobre-humanos dos personagens.

Eis aí uma franquia que está pedindo para ser transformada em um filme. Ação cinematográfica, protagonista musculoso e silencioso, alienígenas monstruosos, e uma trama quase sem sentido. Mas pela qualidade desses vídeos, a Crytek já está quase chegando no ponto de imitar perfeitamente um filme, só precisando de um diretor e um roteirista sindicalizados. || Será que vão trazer o Peter Watts para fazer mais uma novelização?

Fonte: Videogamer.com

Tagged

Presente de 25 anos

O primeiro trailer de JoJo’s Bizarre Adventure foi divulgado há pouco tempo pela Warner Brothers japonesa. O anime vai adaptar o manga de mesmo nome, mas se concentrando na saga Phantom Blood, que se passa nos primeiros cinco volumes. A estreia será no dia 6 de outubro, no Japão.


© Warner Bros Japan

O manga de Hirohiko Araki já está em seu 107º volume e oitava saga. A cada certo número de volumes o manga muda de época e de protagonista, sendo que, exceto pela quinta parte, segue um descendente da família Joestar. O nome do manga vem do apelido do primeiro personagem principal, Jonathan Joestar

Que coisa mais estranha, vinte e cinco anos impressos sem um anime para televisão. O treco já foi transformado em OVAs e filmes, mas a mídia mais padrão, nada feito. Comecei a ler há pouco tempo, e ainda não passei das primeiras páginas. A arte é meio esquisita e curiosamente violenta, sem falar que o protagonista é um pouco chorão demais. Vou fazer uma força para continuar lendo, já que é um clássico amado por tantos. Infelizmente o começo é bem peculiar.

Fonte: Anime News Network

Tagged ,

The Princess Bride, de William Goldman

Sinopse: Um roteirista premiado de Hollywood resolve trazer à vida um clássico de sua infância, The Princess Bride, um gigantesco livro de sátira política com intervalos de aventura e romance. Ele resolve cortar fora todas as partes chatas e publica sua “versão resumida”, sobre a história de amor verdadeiro entre Buttercup e Westley, separados por um ataque pirata e o noivado da heroína ao sádico príncipe do reino. No meio de reviravoltas, vinganças, tortura e assassinato, o autor comenta sobre os trechos cortados e relembra o impacto que a obra teve em sua vida.

Capa:

© Harcourt

Trecho:

Hello. My name is Inigo Montoya. You killed my father. Prepare to die.

O resto desta resenha contém spoilers!

Ponto alto: O humor irônico e satírico que permeia o livro todo. Goldman conseguiu uma façanha ao escrever uma quase paródia de livros de fantasia e contos de fada, mas ainda com uma trama complexa e emocionante. Todos os personagens de The Princess Bride são interessantes e carismáticos. Um escritor pode se considerar com sorte ao criar pelo menos um destes em um livro todo, mas Goldman simplesmente construiu um elenco inteiro de pessoas com as quais você consegue se importar.

Ponto baixo: a metalinguagem do livro é boa, mas longe de perfeita. As interrupções são muitas vezes bem-vindas, mas em vários momentos Goldman exagera ao criticar o autor fictício que teria escrito a versão original. Ele parece estar tentando ou explicar demais a piada, ou dar a certeza ao leitor de que o treco não é sério. Cansativo.

Pontuação final: 723. Melhor que o filme.

Características:
The Princess Bride
William Goldman
Harcourt
512 páginas
US$ 6,99 (Amazon)

Tagged

O grande diretor

O filme Hitchcock ganhou um cartaz e uma data de lançamento: 23 de novembro, nos EUA. No Brasil, a estreia acontece somente em março. A produção se passa durante as filmagens de Psicose, uma das obras-primas de Alfred Hitchcock, e é uma história romântica sobre ele e sua esposa, Alma Reville. Trata-se de uma adaptação do livro inédito no Brasil “Alfred Hitchcock and the Making of Psycho”.


© Fox

O personagem principal é interpretado por Anthony Hopkins, visto acima, com maquiagem para deixá-lo fisicamente semelhante à pessoa real. Estão no elenco também Helen Mirren, Scarlett Johansson, Toni Collette, Jessica Biel, Ralph Macchio e James D’Arcy.

E por algum motivo Hitchcock voltou à moda este ano. Temos o seriado The Bates Motel, esse filme aí acima, que apesar do elenco sensacional não havia ganho nenhuma divulgação decente até agora, e o longa britânico The Girl, que se passa durante as filmagens de Os Pássaros. E curiosamente, até o momento nenhuma dessas produções parece terrível, pelo menos no quesito elenco. Aguardo as estreias.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Anões e Mago e Hobbit

Um novo trailer de Hobbit: Uma Jornada Inesperada foi lançado online. O filme é um prelúdio a O Senhor dos Anéis e conta a história de Bilbo Baggins quando este encontra o Um Anel, no meio de uma viagem para enfrentar um dragão ao lado de Gandalf e um grupo de anões. Estréia em 14 de dezembro.


© Legendary Pictures

O protagonista é Martin Freeman, que entra na franquia ao lado de Richard Armitage, Lee Pace, Billy Connolly, Evangeline Lilly, Luke Evans, Benedict Cumberbatch e outros. Retornam a seus papéis Elijah Wood, Hugo Weaving, Cate Blanchett, Orlando Bloom, Ian Holm, Andy Serkis, Christopher Lee e Ian McKellen. Peter Jackson dirige novamente, com roteiro que ele trabalhou ao lado de Fran Walsh, Philippa Boyens e Guillermo del Toro.

O que é isso, humor? Em Senhor dos Anéis tínhamos Merry e Pippin com a parte cômica, depois o Gimli, e no terceiro praticamente ninguém. Mas O Hobbit parece começar com todos os anões fazendo palhaçadas. Uma das coisas que mais detestei em As Duas Torres foi a transformação do Gimli em um bufão. No vídeo parece que multiplicaram isso por 12.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Vida na fronteira

Borderlands 2 deve ser lançado hoje (21) para PC, Playstation 3 e Xbox 360. O jogo é um first person shooter (tiro em primeira pessoa) futurista, e se passa em um planeta alienígena desolado, porém com alta tecnologia. A 2K Games, distribuidora, aproveita para divulgar o cinematic de introdução, que explica a história da franquia, introduz os novos personagens e mostra algumas das ameaças disponíveis.


© 2K Games

Parece ótimo, depois que você ultrapassar os terríveis primeiros dois minutos. Que mania de criar um passado riquíssimo para jogos em que o cérebro é basicamente um acessório secundário. Alguém se importa com a história por trás de Doom ou Half-life? Um dos comentários que ouvi bastante sobre o Borderlands 1 é que se tratava de um jogo com muito potencial, mas cheio de pequenas falhas que se acumulavam e quase destruíam o entretenimento disponível. Fico surpreso em ver que fizeram uma continuação.

Fonte: Videogamer.com

Tagged

Idades diferentes, necessidades diferentes

Looper: Assassinos do Futuro, ficção científica e thriller policial, ganhou dois novos cartazes internacionais com alguns dos principais personagens do filme. O protagonista é Joseph Gordon-Levitt, que interpreta o assassino Joe, um homem que trabalha eliminando pessoas enviadas do futuro para o seu presente, desse modo fazendo com que elas desapareçam completamente. Sua rotina acaba quando uma de suas vítimas é uma versão mais velha sua, papel de Bruce Willis.


© TriStar Pictures

O filme é escrito e dirigido por Rian Johnson, responsável por um dos mais estranhos e interessantes episódios de Breaking Bad, intitulado The Fly, na terceira temporada. Também estão no elenco deste longa Piper Perabo, Emily Blunt, Paul Dano, Jeff Daniels e Garret Dillahunt. Estreia em 28 de setembro.

O que, menos de 10 dias para Looper chegar? Incrível como o tempo passou rápido, continuo com a impressão que ainda faltam anos para o lançamento. Ótimos trailers, boa música, uma campanha modesta porém inspirada de marketing, e um baita elenco. Espero que este finalmente seja a boa ficção científica que esperava ter encontrado em Prometheus. Não sei se conseguirei ir nos cinemas, porém, estou sem um real sobrando este mês. Literalmente.

Fonte: Coming Soon

Tagged ,

Guaxinins espaciais

James Gunn confirmou que irá dirigir o filme de Guardiões da Galáxia, personagens dos quadrinhos da editora Marvel. Ele também está reescrevendo o roteiro, sobre um humano teleportado para o espaço, onde se une a um grupo de fugitivos alienígenas. De acordo com o cineasta, “como um grande fã dos quadrinhos Marvel, épicos espaciais e guaxinins, este é o filme que eu estive aguardando para fazer desde que eu tinha nove anos de idade”. Estréia em agosto de 2014.


© Marvel Comics

Além do acima mencionado guaxinim que usa armas de fogo, o grupo inclui uma árvore humanóide e outros monstros mais parecidos com pessoas normais. Rumores de algumas semanas atrás sugeriam que Thanos, o vilão oculto no filme Os Vingadores, também fará uma participação nesse longa, mantendo a tradição de conectar todos os filmes Marvel. Gunn já dirigiu e escreveu uma obra sobre super-heróis antes, intitulada simplesmente Super, estrelada por Rainn Wilson.

Até que enfim alguma coisa positiva sobre esse filme insano. Não assisti nada do Gunn ainda, mas o cara é tido em alta estima por muitos nerds pela internet. Mas vendo sua ficha, percebo que o sujeito tende a dirigir filmes bem violentos, o que duvido muito ser possível em uma produção da Marvel. Por outro lado, ele escreveu os roteiros dos dois longas do Scooby-Doo, o que atesta versatilidade. Nunca me imaginei escrevendo Scooby-Doo. Tive que pensar na grafia do nome primeiro. Doo é uma referência ao verbo fazer? Qual será a origem?

Fonte: Blastr

Tagged