Monthly Archives: June 2012

Viagens e kung-fu

Os trailers estão se empilhando novamente, então vamos a eles. O Vingador do Futuro é uma nova adaptação de um conto do Philip K. Dick, sobre um operário que tenta comprar uma “memória artificial”, mas que acaba recebendo a verdade sobre o seu passado. Protagonizado por Colin Farrell (Pergunte ao Pó), estreia em 17 de agosto.


© Original Film

The Man With the Iron Fists é uma espécie de filme de kung-fu escrito e dirigido pelo músico RZA (Afro Samurai), que também atua. Sete grupos com diferentes estilos de combate se enfrentam por um carregamento de ouro, com um toque sobrenatural. Lançamento ainda este ano, nos EUA.


© Universal Pictures

Acho que isso é o mais perto de uma adaptação live-action de Ninja Scroll que chegaremos a ver em cinemas ocidentais. Alguém consegue entender como diabos o Russell Crowe foi parar nesse filme? Alguém deve ganhado dele em uma competição de copo, ou em algum outro tipo de aposta de alto nível. Não sei o que pensar de Man With the Iron Fists, acho que preciso ver mais alguns quatro trailers antes de formar uma opinião que faça sentido. Gostei da trilha sonora, por enquanto.

Fonte: Deadline e Deadline

Tagged ,

Só poder haver vários

Ryan Reynolds (Lanterna Verde) teria assinado contrato para protagonizar o remake de Highlander – O Guerreiro Imortal. Ele deve interpretar o papel originalmente de Christopher Lambert, um escocês de 400 anos de idade lutando contra outros imortais ao longo dos séculos, em duelos onde o vencedor é quem corta fora a cabeça de seu oponente.


© Warner Bros.

O diretor espanhol Juan Carlos Fresnadillo (Extermínio 2) foi selecionado para dirigir, e o texto está desenvolvido pela dupla Matt Holloway e Art Macum (O Justiceiro: Em Zona de Guerra) e por Melissa Rosenberg (A Saga Crepúsculo: Lua Nova e demais sequências). Ainda não há previsão de lançamento.

Argh. Não consigo ver um único lado positivo nessa tragédia. Eu gosto do Highlander original, mas o treco sequer era um bom filme para começo de conversa. A trilha sonora era muito mais importante do que o longa, e sequer podem contratar a mesma banda para trabalhar nesse remake. Todas as sequências (e olha que assisti quase tudo, dos longas à série de TV e o desenho animado – só não consegui assistir até o final Highlander: A Origem, mas como o treco está no netflix, talvez tente novamente. Só preciso achar um motivo para me autoflagelar a esse extremo) conseguiram ser muito piores do que o primeiro, e um remake talvez seja apenas o golpe de misericórdia na franquia. Com esse talento todo envolvido, não duvido. || Caramba, como Justiceiro: Em Zona de Guerra é ruim. Um dos piores filmes que assisti, não apenas um longa de super-herói ruim, mas simplesmente uma porcaria que supera gêneros e definições.

Fonte: JoBlo.com

Tagged

Porque viajar

Um novo trailer de Looper, ficção científica estrelada por Bruce Willis e Joseph Gordon-Levitt, esclarece um pouco mais a trama de viagem no tempo do filme. Escrito e dirigido por Rian Johnson, o longa coloca um jovem assassino confrontando uma versão mais velha de si próprio, que voltou para o passado com a intenção de matar um líder criminoso que ainda não chegou ao poder.


© FilmDistrict

O novo vídeo introduz ainda alguns elementos novos, como a presença de poderes telecinéticos e a caçada em andamento contra o personagem de Bruce Willis, bem como a dinâmica entre os dois matadores. Estão no elenco também Emily Blunt, Paul Dano, Jeff Daniels, Piper Perabo e Garret Dillahunt. Estreia em 28 de setembro.

Conseguiram superar o trailer anterior (exceto pela música). Fica mais fácil engolir a telecinésia depois de todo esse papo de viagem no tempo, e como ela parece estar ligada à motivação do Bruce Willis, fez sentido deixar essa parte inexplicada até agora. E os dois batendo boca o tempo todo ficou ótimo, tomaram que passem o filme inteiro como antagonistas. Seria uma boa mudança em relação a todos outros longas que usam o chavão de “inimigo de meu inimigo é meu amigo” e acabam com oponentes virando amiguinhos no final da história.

Fonte: Slashfilm

Tagged

Abraham

Alex Kurtzman, parceiro de Roberto Orci em projetos como Transformers e Lost, falou um pouco sobre o filme de Van Helsing que estão desenvolvendo. Essa versão do pesquisador e caçador de vampiros, criado por Bram Stoker no livro Drácula, irá ignorar adaptações cinematográficas anteriores do personagem e será um pouco mais realista, sem deixar de lado a fantasia. De acordo com Kurtzman, Batman – O Cavaleiro das Trevas mudou o modo como longas de super-heróis e gêneros semelhantes podem ser filmados, e o projeto deles vai refletir isso.


© Harper Collins

O escritor e roteirista chegou a falar sobre as encarnações mais recentes de Van Helsing, interpretadas por Anthony Hopkins em Drácula de Bram Stoker e Hugh Jackman em Van Helsing. Afirmou que a versão de Hopkins era uma espécie de paródia e a de Jackman “obviamente estava em um lugar bem diferente também”.

Acho que um filme sobre o Van Helsing tem um caminho mais fácil do que o normal a ser seguido. Primeiro, porque o personagem tem um dos nomes mais legais da história da literatura mundial; segundo, porque o sujeito coloca o vampiro-mor, Vlad Tepes o Impalador em pessoa, para correr por sua vida. Imagino que vão fazer alguma coisa horrível, como uma história de origem do Van, ou o que ele fazia no tempo livre antes de caçar seu inimigo mais famoso. Mas, sinceramente, uma nova história do Drácula contada sob a perspectiva do professor já poderia ser um filme excelente. || E achei uma deselegância o Kurtzman não falar sobre o Van Helsing do Mel Brooks.

Fonte: IGN

Tagged

Aventuras clássicas

Para os fãs das histórias antigas de Conan O Bárbaro, a Dark Horse Comics está lançando uma nova edição de suas coletâneas, The Chronicles of Conan Volume 22. Com 232 páginas, a revista em quadrinhos traz material das edições 168 a 173 de Conan the Barbarian e das edições 8 e 9 de Conan Annual, com arte de John Buscema, Ernie Chan e Val Mayerik. Ao custo de US$ 18,99, a edição aparentemente está disponível somente em versão impressa.


© Dark Horse

The Chronicles… desta  vez parece se concentrar em conflitos entre Conan e os pictos, selvagens habitantes da região à oeste da Ciméria e Aquilônia. Clique na imagem acima para conferir uma prévia gratuita.

Esse material antigo é excelente. As tramas sempre elaboradas, divertidas, volta e meia cheias de coincidências exageradas, além de tesouro e mulheres. Só é meio chato reparar na falta de realismo das lutas, provável reflexo da inexperiência dos roteiristas, ou demanda dos editores. O Conan atacando a ponta da lança do seu oponente ao invés de simplesmente quebrar a haste da arma ou o próprio braço exposto do sujeito, não faz sentido algum. Mas acho que esse tipo de análise é influência de um livro que terminei recentemente, e que planejo resenhar no final de semana. Abriu meus olhos.

Fonte: DHC

Tagged

Samurai, insetos, cachorro e policiais

Vários trailers novos estão sendo lançados recentemente, e para facilitar um pouco, acumulei-os todos aqui. Rurouni Kenshin estreia somente no Japão em agosto, mas no Brasil temos Epic em maio do ano que vem, Frankenweenie em novembro e Alex Cross também.


© Warner Bros


© Fox


© Disney


© Summit Entertainment

Preguiça não, praticidade mesmo. Claro. Aham. Bem, vamos aos vereditos: Epic parece genérico e ruim, Frankenweenie além de um bocado perturbador provavelmente vai encontrar muita resistência (um menino abraçando um cachorro morto? Sério mesmo?), Alex Cross está bacana mas o vilão parece meio forçado e o protagonista inexpressivo. Já Rurouni Kenshin ganhou seu melhor trailer até agora, e tomara que mantenham as cenas cômicas de fora do filme também, já que elas estavam terríveis nos vídeos anteriores. Esse segundo semestre vai ser estranho.

Fontes: Coming Soon, Blastr, Deadline e Anime News Network.

Tagged , ,

Dungeons & Dragons & Relatórios

Mike Mearls, gerente sênior do grupo de Pesquisa e Design em Dungeons & Dragons (D&D) publicou um novo artigo listando a situação dos testes de D&D Next, próximo sistema de regras deste Role-Playing Game (RPG) de mesa. De acordo com Mearls, mais de 60% dos participantes está gostando da direção nova do jogo: a velocidade de jogo e a mecânica de vantagem/desvantagem são os tópicos mais populares. Ao que parece, diferentemente da edição 4.0, as partidas não gastarão mais tanto tempo em combate.


© Wizards of the Coast

Por falar nisso, uma das áreas que ainda vai sofrer várias alterações é o combate, segundo o artigo. Eles vão testar um sistema de manobras, uma mecânica para definir o resultado de improvisos e movimentos complicados, e também dois módulos: um para combate tático, mais similar a regras de jogos de estratégia em tabuleiro; e o outro para combate em narrativa, que transforma a descrição de uma luta em bônus e penalidades. Interessados em colaborar podem fazer um conta na Wizards of the Coast e se inscrever nos testes clicando aqui.

Pelo que o Mearls falou, D&D Next parece muito mais amplo e interessante do que poderia imaginar. Na edição anterior inventaram um bocado de elementos novos e reviveram o interesse pelo jogo, mas parece que estavam indo pelo velho caminho de se atolarem em suplementos desnecessários (minha coleção de AD&D que o diga!). Mas por mais que as ideias sejam boas, acho que o futuro de D&D está muito mais ligado a uma integração à internet que funcione bem e rápido, com partidas online, mapas e miniaturas digitais, um serviço para arranjar grupos e iniciativas similares. Coisas que estão sendo desenvolvidas por concorrentes e grupos independentes…

Fonte: WotC

Tagged

Robôs práticos

Robot and Frank se passa no futuro, quando robôs estão avançados o suficiente para auxiliar pessoas em suas tarefas no dia a dia. O protagonista é Frank (Frank Langella), um aposentado malthusiano que ganha um mordomo eletrônico, e acaba se afeiçoando ao eletrodoméstico até o ponto de treiná-lo em sua antiga profissão: ladrão de jóias.


© Park Pictures

O longa traz também Susan Sarandon, James Marsden, Liv Tyler e Jeremy Sisto no elenco, como pessoas que circulam ao redor de Frank, seus parentes e amigos. Pelo trailer o filme parece misturar um pouco de comédia com bastante drama. Sem previsão de estréia brasileira, mas vai ser distribuído restritamente nos EUA em agosto.

Isso deve ter dado trabalho. Fazer um robô convincente sem utilizar CGI é uma missão e tanto, e pelo trailer o Robot não parece muito melhor do que as brincadeiras que temos hoje em dia. E passar emoção sem olhos? O dublador também está com uma responsabilidade tremenda. Mas, pelo lado bom, temos um baita elenco. É ótimo ver atores e atrizes agindo com a idade que realmente possuem.

Fonte: io9

Tagged

Sereios

One Piece vai ganhar um novo especial de 2 horas para televisão intitulado Episode of Nami: Kokaishi no Namida to Nakama no Kizuna (Lágrimas de uma Navegadora e o Elo de Companheiros). O programa será exibido em televisores japoneses no final de agosto.


© Panini

Este filme vai adaptar uma antiga história do manga criado por Eiichiro Oda, sobre o passado da personagem Nami. Ela rouba o barco do seu grupo de piratas e parte para sua ilha natal, dominada por um grupo de piratas tritões. O bando Mugiwara vai em busca dela, e acaba descobrindo tudo sobre sua trágica história.

Acho que esse tipo de filme se encaixa na categoria “caça-níqueis sem muito esforço”. Pegue um dos arcos de história mais populares do manga, e reescreva o treco um pouco para incluir os personagens que não estavam presentes originalmente. Daí basta enfiar um vilão novo para cada um deles, separá-los para os duelos, se recostar na cadeira e ver a audiência explodindo. Não que os filme originais sejam lá grande coisa, e tão fora do cânone quanto esses. Honestamente, esses derivados todos são de doer. Incluindo o anime.

Fonte: Anime News Network

Tagged ,

Dinamite

O canal/bloco de programação Adult Swim divulgou o primeiro trailer de Black Dynamite, animação baseada em uma comédia policial. O filme original foi protagonizado por Michael Jai White, que retorna dublando seu personagem, juntamente com Arsênio Hall. A série estreia no dia 15 de julho nos EUA. O Adult Swim aparentemente é transmitido no Brasil pelo canal i-Sat na TV a cabo, e pela internet em portais como UOL.


© Adult Swim

Black Dynamite foi lançado em 2009, como uma paródia de filmes blaxploitation, gênero dos anos 70 que explorava estereótipos da cultura negra americana, exagerando-os para agradar o público de então. Essa comédia junta os chavões típicos com um roteiro absurdo, co-escrito pelo diretor Scott Sanders e o próprio Michael Jai White, além de outros colaboradores.

Até hoje não achei Black Dynamite em lugar nenhum para assistir. Já vi melhores momentos no Youtube, ouvi um episódio do Nerdist podcast com boa parte do elenco comentando a obra, mas ela em si, nada feito. Parece hilário, preconceituoso, machista, e etc, ou seja, um filme das antigas. Espero que consigam manter isso no desenho animado.

Fonte: Slashfilm

Tagged