Monthly Archives: January 2012

Mais turismo marciano

Algumas novas artes conceituas de John Carter, filme da Disney que estréia em março no Brasil, foram divulgadas na internet. Além de cenários, as imagens incluem detalhes das roupas de vários personagens importantes, criaturas nativas do planeta e veículos típicos dos marcianos. Clique abaixo para ampliá-las, ou no link no final do post para ver o resto.


© Walt Disney

John Carter é estrelado por Taylor Kitsch, com Lynn Collins, Mark Strong, Willem Dafoe, Thomas Haden Church, Samantha Morton e Bryan Cranston no elenco. A direção é de Andrew Stanton (Wall-E), que trabalhou no roteiro com Mark Andrews (Os Incríveis) e o escritor Michael Chabon (Homem-Aranha 2). O longa é uma adaptação do livro Uma Princesa de Marte, do autor pulp Edgar Rice Burroughs, publicado no Brasil pela Editora Aleph.

Mas que fortaleza terrestre gigantesca é essa?! Será alguma coisa dos livros que ainda não li, ou uma invenção para o filme? Sensacional o treco! Estou muito ansioso para ir nos cinemas assistir John Carter. Os trailers estão cada vez menos convincentes, mas tenho esperança que o Andrew Stanton não vai perder a mão, e que o Chabon conseguiu entregar um roteiro de primeira. Infelizmente o ponto fraco do longa parece ser justamente o protagonista Taylor Kitsch. Quem sabe conseguiram arrancar uma baita atuação dele, mas considerando a experiência inexistente do diretor com atores reais, tenho minhas reservas. Tomara apenas que não seja uma bomba enorme, que nem o Conan de 2011. Meu pobre coração fã de ficção pulp não aguentaria.

Fonte: Joblo.com e ItsArtMag.com (sensacional site!)

Advertisements
Tagged

X-Men: Segunda Classe

Matthew Vaughn teria finalmente assinado contrato com a 20th Century Fox para dirigir a continuação de X-Men: Primeira Classe, filme do ano passado que arrecadou US$ 352 milhões nas bilheterias do mundo todo. O longa mostra o Professor X (James McAvoy) e Magneto (Michael Fassbender) no início de suas carreiras, ainda testando seus poderes mutantes e formando suas equipes nos anos 60. A continuação provavelmente será mais focada na rivalidade entre os dois, com uma trama possivelmente relacionada ao assassinato do presidente americano John F. Kennedy.


© Fox

Este será o quinto filme baseado na equipe de super-heróis de histórias em quadrinhos X-Men, cujas aventuras foram retratadas em três longas contemporâneos, além de um exclusivamente sobre o passado do Wolverine, o personagem mais popular da franquia. Bryan Singer também retorna produzindo, conforme fez nos anteriores, além de ter dirigido os dois primeiros. Todo o elenco de X-Men: Primeira Classe deve reaparecer, já que contratos para várias continuações são padrão em Hollywood.

Será que o Fassbender vai ficar feliz com essa notícia? A carreira do sujeito está em ascensão, e pelo tipo de filme que tem estrelado ultimamente, super-heróis não devem parecer muito interessantes. Por outro lado, parecia ser o único ator se divertindo em Jonah Hex – Caçador de Recompensas, roubando todas as cenas, até mesmo quando o protagonista aparecia atirando para todo lado. || Ainda não assisti ao Primeira Classe. Depois do filme do Wolverine fiquei meio exausto com super-heróis nos cinemas. Fora o novo Batman, não tenho entusiasmo para assistir quase nada no gênero, a menos que esteja passando na televisão, ou encontre à venda por R$ 8,99 em um supermercado. Acho que não perdi muito desde então.

Fonte: Slash Film

Tagged

Aliens atrasados

O lançamento do jogo Aliens: Colonial Marines, uma espécie de continuação do filme Aliens – O Resgate, foi adiado para o final do ano, de acordo com a distribuidora Sega. A: CM estava previsto inicialmente para o primeiro semestre, mas segundo a empresa, eles preferem não “sacrificar o processo criativo apenas para seguir uma planta baixa”. Nesse jogo eletrônico desenvolvido pela Gearbox Software, os jogadores vão controlar fuzileiros navais investigando o que aconteceu de errado na missão exploratória anterior em LV-426. Para quem não assistiu o longa, quase todos os personagens são mortos por alienígenas.


© Sega

Aliens: Colonial Marines vai ser lançado para Xbox 360, PS3, PC e Wii U.

Termo de engenharia a parte, isso é apenas uma desculpa esfarrapada para dizer que o jogo não está pronto. Não conseguiram seguir o cronograma definido há sabe-se lá quantos anos, e isso é um péssimo sinal. Apesar disso, os vídeos até agora foram bem interessantes (esse acima, novinho em folha, ficou belíssimo. Onde já ouvi esse música antes?), pelo menos na quantidade de referências aos filmes. Tomara que aproveitem bem esses meses adicionais para resolver os problemas, e que estes sejam superficiais o suficiente para não comprometer o produto inteiro.

Fonte: Videogamer

Tagged

Furyoso

Vin Diesel publicou uma nova foto sua durante as filmagens do terceiro The Chronicles of Riddick. Na legenda da imagem o ator refere-se ao personagem que interpreta como um “furyan alfa”, e fala sobre a necessidade de “retornar ao lado primitivo… àquele lado animal”. Diesel já protagonizou outros dois longas na franquia, Eclipse Mortal e A Batalha de Riddick. Este terceiro continua sem um nome oficial ou uma data de estreia.


© Vin Diesel

Na sua nova aventura, o fora da lei planeja uma vingança contra todos seus inimigos, reunindo-os em um planeta habitado por feras selvagens. No elenco até agora estão confirmados, além do próprio Diesel, Karl Urban (Vakoo), Katee Sackhof (Dahl) e Jordi Mollà (Santana). David Twohy retorna para dirigir pela terceira vez, e também repete sua função como roteirista, após ter escrito o segundo filme.

Agora sim. Uma boa armadura, improvisada, prática. Nada espalhafatoso como fizeram em quase todo o design do segundo filme, transformando o universo tão interessante e realista do primeiro em uma exibição de arte moderna. Uma pena que o Twohy continue na função de roteirista, enfiou os pés pelas mãos n’A Batalha, e duvido que tenha bolado algo muito melhor dessa vez. Acho que essa vai ser a derradeira aventura de Riddick, provavelmente enterrando a franquia tanto nos cinemas quando nos jogos eletrônicos. É a vida.

Fonte: Facebook

Tagged

Diferença de tamanho

Uma nova imagem de Hobbit: Uma Jornada Inesperada foi divulgada na internet recentemente, mostrando mais uma vez o protagonista Martin Freeman (Bilbo Baggins) cercado por seus colegas anões. O filme traz também Ian McKellen (Gandalf), Cate Blanchett (Galadriel), Andy Serkis (Gollum), Richard Armitage (Thorin Coração de Carvalho), Luke Evans (Bard) e Evangeline Lilly (Tauriel) no elenco, e na direção Peter Jackson (King Kong). A primeira parte de O Hobbit estreia em dezembro, e a segunda parte no final do ano que vem.


© New Line Cinema

O Hobbit foi escrito por J.R.R. Tolkien e se passa antes dos eventos em O Senhor dos Anéis. Na trama um hobbit se junta a um grupo de 13 anões e um mago, com o objetivo de recuperar um tesouro roubado por um dragão, escondido na Montanha Solitária.

Acho que é a primeira vez que escrevo uma sinopse de O Hobbit por aqui. Estou tão acostumado com o material do Tolkien que ando simplesmente agindo como se fosse algo amplamente conhecido. Por outro lado, lembrava tão pouco do livro que tive que dar uma pesquisada (obrigado, Wikipédia), e ainda não ficou muito claro por que o Bilbo se junta ao grupo. Mas tudo bem, tudo bem, está quase na hora de comprar uma edição nova. Provavelmente no final de semana.

Fonte: Coming Soon

Tagged

A audiência que gritava lobo

O suspense The Grey, estrelado por Liam Neeson, arrecadou US$ 20 milhões em seu final de semana de estreia (27 a 29 de janeiro), nos Estados Unidos. De acordo com a sinopse, um grupo de operários sofre um acidente de avião no Alasca, ficando presos no meio de uma nevasca. Enquanto caminham para a civilização são atacados por uma alcatéia, que tenta devorá-los um a um.


© Liddell Entertainment

O longa é dirigido por Joe Carnahan (Esquadrão Classe A), que trabalhou no roteiro junto a Ian Mackenzie Jeffers (Sentença de Morte), autor do conto original “Ghost Walker”, que deu origem à produção. Um outro nome conhecido no elenco é Dermot Mulroney (J. Edgar), que interpreta um dos operários protegido pelo chefe de segurança, personagem de Neeson. Ainda não há previsão de estréia no Brasil.

Ainda bem! Estava com a impressão que era um bom filme, depois de ver os poucos trailers divulgados, e felizmente não me enganei. Além da bilheteria alta, o longa tem recebidos boas críticas também. Sou fã do ator, mas confesso que ainda não assisti nada dessa safra do Liam “estrela de filmes de ação” Neeson, como Busca Implacável e Desconhecido. Mas bem que ele podia parar de fazer tantas participações em produções ruins. Outro Fúria de Titãs? Caramba.

Fonte: JoBlo.com

Tagged

Labyrinth, de Lois McMaster Bujold

O exército de mercenários espaciais Dendarii está em um dos piores planetas do setor, com duas missões. Uma delas é oficial: comprar um monte de armas sem documentação alguma. Já a outra…


© Baen

Miles Naismith Vorkosigan, ou melhor, Almirante Naismith, levou seu exército de mercenários até Jackson’s Whole, o planeta com a interpretação mais liberal do conceito de “leis” existente neste setor. Oficialmente vieram comprar armas evitando a necessidade de se preocuparem com a burocracia – mas na realidade estão a comando do império Barrayar, com a missão de interceptar um cientista genético interessado em abandonar seu chefe atual. Tudo parece estar indo bem, mas o desertor escondeu sua pesquisa dentro de um dos seus espécimes, um tipo de super-soldado híbrido. E a criatura infelizmente foi vendida para um dos Barões locais, especializado em clonagem e experimentos nessa área, sem muita preocupação com o lado ético dos negócios.

Após discordar dos termos de troca, que incluiriam amostras genéticas suas e de alguns colegas, Miles resolve liderar um pequeno grupo de infiltração. O objetivo é penetrar em uma fortaleza, matar o experimento, retirar a pesquisa escondida em sua perna, e sair correndo. Mas o grupo acaba capturado, e enquanto seus subordinados conseguem fugir, Miles é trancafiado no subsolo de um laboratório, onde o tal super-soldado está preso. Sozinho, sem armas ou equipamentos de qualquer tipo, o Almirante Naismith precisa escapar desse labirinto e ainda cumprir sua missão. E para piorar, seu alvo está faminto.

A flat nose, ridged, powerful brows, high cheekbones. Hair a dark matted mess. And yes, fully eight feet tall, a rangy, tense-muscled body.

Por que ler?

Que saudades de Miles Vorkosigan. Estatura diminuta, costas encurvadas, ossos frágeis como vidro, doentio e suscetível a todo tipo de alergias, além de maníaco-depressivo. E um absoluto gênio tático. É um prazer tremendo acompanhar o jovem herdeiro dos Vorkosigan transformar sua aparência em uma arma e seu desespero em uma ferramenta para escapar. Enquanto pessoas normais desistem, o forte instinto de sobrevivência e talento para argumentar conseguem tirá-lo das piores situações possíveis; e nesse história ele encontra uma bem peculiar. Da meia dúzia de livros da saga Vorkosigan que já li, esse certamente traz uma das fugas mais interessantes.

Curiosamente, Labyrinth, apesar de situado em um dos cenários mais terríveis do universo criado por Lois McMaster Bujold, não retrata o mesmo nível de violência e consequências que você encontra nos demais livros. Existe claramente um elemento de horror genético presente, mas acho que os personagens não chegam perto dele o suficiente para criar um suspense razoável. Eles saem um pouco limpos demais da experiência toda, o que não acontece no livro que vou resenhar semana que vem, dentro dessa mesma saga.

Labyrinth
Lois McMaster Bujold
Baen Books
80 páginas

A editora americana Baen Books publicou algumas coletâneas da saga Vorkosigan, e Labyrinth pode ser encontrado em Miles, Mystery and Mayhem, que também inclui o excelente Cetaganda e Ethan of Athos (estou empacado nesse) por US$ 5, em vários formatos eletrônicos.

Tagged

Preparando a vingança

A Marvel Studios publicou algumas fotos novas de seu próximo lançamento, Os Vingadores. O filme reúne vários personagens da editora/estúdio que já ganharam seus próprios títulos nos cinemas, ou ao menos fizeram uma aparição nos longas alheios. Vingadores tem direção de Joss Whedon (Buffy A Caça-Vampiros) e estreia prevista para 27 de abril por aqui.


© Marvel

No elenco temos o Capitão América (Chris Evans) como personagem principal, e no resto do grupo o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), Hulk (Mark Ruffalo) e a Viúva Negra (Scarlett Johansson). O vilão principal é Loki (Tom Hiddleston) e Nick Fury (Samuel L. Jackson) banca uma espécie de mentor ou patrocinador da super-equipe. Há boatos que outros vilões podem fazer uma aparição, como os alienígenas Skrull ou o Caveira Vermelha.

Sempre fui negativo ao falar dos Vingadores, sobre como são personagens demais, atores conhecidos demais e outros demais para o treco dar certo, mas entre vários outros filmes de super-herói sendo desenvolvidos, esse parece um dos mais bem encaminhados. Talvez o Joss Whedon finalmente consiga se consolidar como diretor de hollywoodiano, e principalmente, como mais uma opção para bons roteiros sobre monstros fantasiados. Ele estava envolvido em uma daquelas tentativas de levar a Mulher Maravilha para os cinemas, mas sequer conseguiu chegar à fase de escolher elenco. Será que a Marvel contratou ele pela habilidade, ou porque sabia que os fãs nerds iriam adorar? Em três meses saberemos.

Fonte: Joblo.com

Tagged

Blizzard cancela 2012

A convenção anual Blizzcon, evento onde os principais anúncios da empresa de jogos eletrônicos Blizzard são realizados, não irá acontecer em 2012. O motivo oficial é que estarão ocupados demais com o campeonato mundial de “eSport” (esporte eletrônico) Battle.net World Championship na Ásia. Além disso, também afirmaram que preferem se dedicar a entregar Diablo III, a expansão para World of Warcraft (WoW) Mists of Pandaria e Starcraft II: Heart of the Swarm o mais rápido possível nas mãos dos fãs, o que irá consumir o resto do tempo.


© Blizzard

Atualmente a empresa passa por uma crise de imagem com duas de suas franquias. Diablo III, em closed beta, vai retirar ou refazer boa parte dos sistemas que estavam sendo utilizados dentro do jogo, atrasando ainda mais seu lançamento oficial. Já WoW está perdendo milhões de usuários, fenômeno atribuído por analistas e comunicadores tanto ao desgaste (esse MMORPG está em funcionamento desde 2004) quanto à concorrência de jogos free-to-play de qualidade ou mesmo o lançamento de títulos de grande visibilidade, como o recente Star Wars: The Old Republic.

Lendo o blog de Diablo 3 na página da comunidade do jogo, fiquei impressionado em dois momentos: primeiro pela quantidade de coisas que iam ser alteradas, apesar de a Blizzard ter insinuado que o lançamento era iminente; e a quantidade de comentários raivosos dos jogadores que não querem mais esperar. Não deixa de ser uma declaração de sentimentos apaixonados pelo jogo, e duvido que as ameaças de “desisto”, “****-se D3” se concretizem, quando o treco finalmente estiver nas prateleiras. || WoW é legal, joguei o trial até o nível 20, mas qualquer jogo tem uma vida útil limitada, eventualmente os veteranos simplesmente vão embora, e os iniciantes tem opções para caramba. Que venha Titan.

Fonte: GamesIndustry.biz

Tagged ,

Metal debaixo da sua pele

Confira abaixo um trailer de Binary Domain, jogo de tiro em primeira pessoa da Sega. Trata-se de uma ficção científica onde a presença de robôs é um fato cotidiano, mas com algumas reviravoltas. Lançamento previsto para o final de fevereiro, nas plataformas Xbox 360 e Playstation 3.


© Sega

A idéia não é má (apesar de meio batida), mas a animação está terrível, principalmente as mãos de todo mundo. Os robôs, por outro lado, ficaram bem razoáveis, e imagino que vão ser uma parte predominante do jogo, dado o cuidado que tiveram na sua elaboração. E que divulgação mais estranha… não mostram sequer o protagonista. || Por falar em trama repetida, o Philip K. Dick tem um conto nesse estilo, intitulado A Formiga Elétrica, publicado no volume 2 da coletânea Histórias de Robôs, da L&PM Pocket. Mas duvido que tratem de manipulação da realidade no jogo, provavelmente vão ficar apenas nas conspirações.

Fonte: Videogamer

Tagged