Monthly Archives: September 2011

As respostas do outro mundo

O Enigma do Outro Mundo, prequel do filme de mesmo nome dirigido por John Carpenter nos anos 80, ganhou mais uma batelada de imagens em alta resolução. De modo similar aos trailers, elas também destacam os poucos nomes conhecidos do elenco e mostram em detalhes a criatura alienígena encontrada no gelo.


© Morgan Creek Productions

O longa tem direção do novato Matthijs van Heijningen Jr., e é protagonizado por Mary Elizabeth Winstead, Adewale Akinnuoye-Agbaje, e vários atores nórdicos pouco conhecidos por aqui. O Enigma… tem a estréia brasileira prevista para o início de dezembro, mas vai sair em quase todos outros países já em outubro.

Monstros em computação gráfica, trailers que entregam toda a história, inclusive alguns dos momentos do que talvez fosse suspense. Esse filme tem uma campanha de divulgação tão amadora que dá até pena. Se o longa em si for tão ruim quanto o marketing, será uma tristeza para todos os envolvidos, mas pelo menos é mais um prego no caixão dos prequels/remakes e derivados. Por outro lado, sequências continuam tão lucrativas quanto sempre.

Fonte: io9

Tagged

Dos criadores de Reaper e Arquivos X

O pessoal responsável por dois ótimos seriados de televisão estão tentando voltar à ativa. A dupla Michele Fazekas e Tara Butters (Reaper – Um Trabalho Infernal) venderam dois shows para os canais CBS e CW. No primeiro, Notorious, vão abordar o mundo policial, com um protagonista que ficou famoso ao resolver um caso  que era destaque na mídia, e agora tenta continuar no centro das atenções investigando crimes chamativos. Para o canal CW desenvolveram uma ficção científica sobre uma jovem mulher que caça alienígenas, ainda sem título.


© ABC Studios

Já o veterano Chris Carter (Arquivos X) está oferecendo entre as emissoras americanas a idéia de um drama policial intitulado Unique, ainda sem detalhes, mas que contaria com uma personagem principal feminina e elementos sobrenaturais. Carter já fez um programa semelhante com Millennium, mas focado em serial killers.

Reaper era um barato. Ótima mistura de monstro-da-semana contra humanos normais e humor bem palatável. Não lembro porque parei de assistir na metade da segunda temporada, mas provavelmente teve algo a ver com o fato de ter sido cancelada tão cedo. Estranho que as duas criadoras conseguiram alguns contratos muito bons, apesar de tão pouco sucesso para mostrar. Mas pelo menos já demonstraram que tem potencial. O Chris Carter só dou bola porque é responsável pelo existência do Frank Black, interpretado por Lance Henrikssen. Mas depois dos filmes de Arquivos X, não dá para torcer pelo cara.

Fontes: Deadline e Blastr

Tagged , ,

Operation: Outer Space, de Murray Leinster

A humanidade finalmente está pronta para se lançar às estrelas, mas a primeira missão está sob comando de um publicitário e sua equipe, preocupados com a maior audiência possível.


© Signet

Jed Cochrane está desolado. Apesar do trabalho bem sucedido nos bastidores de um dos programas de televisão mais populares do planeta, seus chefes o enviam para a lua, onde precisa realizar um serviço para um cliente particular. Trata-se de um jovem que acredita ter feito a maior descoberta da história da ciência, mas que precisa de reconhecimento. Pelo menos é isso que seu psiquiatra prescreveu para curar sua personalidade doente, e é função de Jed divulgar para toda humanidade o gênio de seu contratante.

A invenção, um método de comunicação interplanetário mais rápido que a luz, acaba sendo aplicável a meios de transporte, dando início a exploração de outros planetas. Não querendo desperdiçar uma oportunidade única, Jed, embarca sua equipe em uma nave espacial e vagam entre as estrelas, em busca de descobertas fantásticas, e o mais importante, que rendam boas imagens. Os roteiristas estão a postos, mas, sem vídeos de algumas feras alienígenas, vai ser difícil prender os telespectadores, e ninguém quer ver os anunciantes irritados com a baixa audiência.

The Lunar City beam receiver picked up music aimed up from Earth and duly relayed it to the dust-heaps which were the buildings of the city. The colonists and moon-tourists became familiar with forty-two new tunes dealing with prospective travel to the stars. pg 75

Por que ler?

Leinster era um satirista de mão cheia, e aqui, obviamente, seu alvo é a mídia televisiva de consumo. De início temos piadas e situações ótimas, nada para gargalhar, mas o bastante para arrancar vários sorrisos, como o de alguém concordando com uma observação inteligente. Mas na metade da história, enquanto ainda estão no primeiro planeta, já começamos a sentir falta de um pouco mais de humor quanto aos exageros publicitários do protagonista. E, infelizmente, a aventura da exploração espacial toma quase completamente as rédeas da trama, nos deixando apenas seguir os personagens por alguns deslumbramentos, até chegar a um dos finais mais felizes que li nos últimos anos.

O livro é bom, de leitura rápida (não apenas por ser curto), mas preferia que tivesse se mantido na mesma linha durante a obra inteira, em suma, não gostei tanto da metade final quanto da inicial.

Operation: Outer Space
Murray Leinster
219 páginas

O livro está em domínio público nos EUA, e pode ser encontrado no manybooks ou gutenberg.org e em áudio no librivox, mas o audiolivro parece estar fora do ar.

Tagged

Mais sangue a caminho da sua televisão

Confira abaixo dois trailers para as novas temporadas de The Walking Dead e Dexter. A segunda temporada do drama sobre zumbis retorna ao canal americano AMC em 16 de outubro para seis episódios, e outros seis em fevereiro do ano que vem. E o serial killer que trabalha para a polícia vai encontrar novas vítimas no Showtime também a partir do mês que vem, desta vez lidando com uma seita religiosa.


© AMC


© Showtime

The Walking Dead é exibido dublado no Brasil pelo canal Fox, que transmitiu a primeira temporada quase simultaneamente com a exibição nos EUA. Dexter passa por aqui no canal FX na TV a cabo, e na televisão aberta na RedeTV.

Dois ótimos shows, mas como empaquei na segunda temporada de Dexter, não vou assistir aos novos episódios tão cedo. Já Walking Dead dura pouco tempo mesmo, e geralmente passava em um horário razoável. E ao contrário de um bocado de fãs raivosos, não achei a dublagem nada má. Quem reclama devia tentar assistir a animes dublados para a televisão americana, daí sim veria o que é horror de verdade.

Fontes: Bleeding Cool e Slash Film

Tagged ,

O Jogo do Exterminador procura suas crianças

A produção de O Jogo do Exterminador, adaptação cinematográfica do livro de Orson Scott Card, estaria em busca de atores mirins para dez papéis, incluindo o do protagonista, Ender. A direção aparentemente ficou mesmo nas mãos de Gavin Hood (X-Men Origem: Wolverine), mas com roteiro da dupla Alex Kurtzman e Roberto Orci (Star Trek), que teriam se mantido bem fiéis ao texto original. Um detalhe importante que parece sido alterado é a idade de Ender, envelhecido para os 10 anos de idade.


© Devir

Segundo a sinopse da editora Devir, que publica o livro no Brasil, no futuro, a raça humana está em guerra contra alienígenas, e com resultados não muito satisfatórios. Para melhor preparar os combatentes que vão passar anos em viagem até o distante conflito, os treinamentos começam já na infância. E Ender Wiggin está em uma das classes de elite.

Está aí outro daqueles clássicos famosos da ficção científica que nunca coloquei as mãos. Quem sabe se sobrar alguma verba não dou uma procurada na seção de pocket books importados de  uma livraria graúda, talvez ache uma cópia por aqueles preços minúsculos. Vão mesmo fazer um filme estrelado quase apenas por crianças, mas violento e voltado para adultos? Que estúdio mais corajoso.

Fonte: io9

Tagged

Os personagens de Melancolia curtindo o fim

A ficção científica Melancolia, com direção do escandaloso Lars Von Triers, ganhou alguns cartazes de seus personagens principais, às vésperas de ser lançado nos EUA. De acordo com a sinopse, o filme acompanha as reações de algumas pessoas enquanto esperam que um planeta chamado Melancolia se choque contra a Terra, matando todo mundo. São cinco imagens, das quais você pode ver duas abaixo e o resto clicando em qualquer uma. O último cartaz é particularmente interessante.


© Zentropa Entertainment

No elenco temos Kirsten Dunst, Charlotte Gainsborough, Kiefer Sutherland, John Hurt e Stellan Skarsgard. De acordo com o Internet Movie Database (IMDb), o filme foi lançado no Brasil no início de agosto. Se a informação for verdadeira, provavelmente já está disponível até em DVD por aqui.

Fiquei um bom tempo sem conseguir divulgar Melancolia, já que quase todo trailer trazia consideráveis segundos dedicado à nudez da Kirsten Dunst, e isso aqui é um blog família. Exceto por toda a violência e sanguinolência em boa parte dos posts, o que provavelmente me coloca bem alto na hipotética escala de hipocrisia. E por outro lado nunca assisti nada do Triers, e o sujeito tem fama de ser cineasta-cabeça, e bem mala. Esse filme em particular, porém, tem recebido um bocado de resenhas positivas, e de críticos que tenho em consideração. Mas que parece bem deprimente, isso parece.

Fonte: JoBlo.com

Tagged

Mais heróis de graça

City of Heroes, provavelmente um dos últimos grandes MMORPGs em atividade que ainda não era free-to-play, aderiu oficialmente à modalidade esta semana, se reinventando com o título City of Heroes Freedom. Seguindo quase à risca o manual do jogo convertido, CoH vai oferecer aos não-pagantes boa parte de seu conteúdo, mas, reservando para quem quiser gastar dinheiro, itens exclusivos, mais personagens, mais poderes, participação no fórum (?), acesso a super-grupos (??) e um servidor exclusivo (!).


© NCSoft

Pelo que entendi o trailer acima foi composto basicamente com vídeos do próprio jogo. Mas, caramba, como esse treco parece velho. Personagens, movimento, cores, tudo tão absurdamente grosseiro, tosco mesmo. Com DC Universe Online e Champions Online, que são lançamentos mais recentes, já abraçando o mercado F2P, eu diria que City of Heroes (e/ou City of Villains) vai ter que rebolar para se manter na liderança. Boa sorte, e boa notícia para quem curte MMOs de super-heróis.

Fonte: Videogamer

Site oficial: City of Heroes Freedom http://na.cityofheroes.com/en/freedom/

Tagged

Às armas contra Diablo

A Blizzard continua virando a típica estratégia de marketing de ponta cabeça, desta vez divulgando um banco de dados dos tipos de equipamentos e armas que estarão disponíveis em Diablo III, antes mesmo do lançamento do jogo. As informações incluem detalhes técnicos como velocidade e dano, o cálculo de dano por segundo (conhecido como DPS no meio gamer), de armas simples a até do tipo lendário, disponível apenas para personagens de nível alto.


© Blizzard

O banco de dados está disponível no Community Site, página com funcionamento semelhante a um wiki na organização de informações, ainda que seja alimentada apenas pela própria empresa. A comunidade em si participa de modo mais tradicional, comentando tópicos ou através do fórum, que está bem destacado na própria home desse site. O jogo atualmente está em fase de testes, ou beta, e novos candidatos inscritos através da battle.net, serviço para jogos online da empresa, estão constantemente sendo convocados.

Se tudo der certo, no final do ano finalmente conseguirei comprar um desktop decente e poderei usufruir de Diablo III em uma máquina adequada. O treco está previsto para ser lançado no início de 2012, o que é um otimismo brutal por parte da Blizzard. E é claro que só conseguirei jogar aos finais de semana, provavelmente à noite, quando a pirralhada estiver dormindo, por uma ou duas horas. É… estou entusiasmado pelo que mesmo?

Fonte: Diablo III Community Site

Tagged

O ainda mais vampiresco Johnny Depp

A revista sobre cinema Empire Magazine divulgou duas fotos dos bastidores de Dark Shadows, filme de vampiro protagonizado por Johnny Depp. O longa é uma adaptação de uma telenovela americana de algumas décadas atrás, onde o morto-vivo Barnabas Collins sai de sua tumba após dois séculos preso e precisa lidar com seus bizarros descendentes.


© Empire Magazine

Dark Shadows estréia em maio de 2012, sob direção de Tim Burton e no elenco Helena Bonham Carter, Christopher Lee, Eva Green, Michelle Pfeiffer, Jackie Earle Haley e Jonny Lee Miller. O filme também vai contar com a participação especial de Jonathan Frid, o Barnabas original.

O visual já parecia bem interessante na primeira foto oficial, mas estas duas acima praticamente me venderam um ingresso. Como havia mencionado, o treco parece um retorno do Burton à sua melhor forma, e o Depp conseguiu criar mais um personagem que parece ao mesmo tempo estranho e cativante. Não é lá algo muito fácil de se realizar, com essa quantidade absurda de maquiagem pendurada no rosto.

Fonte: Blastr

Tagged

Destruição, horizontes e agora sem nome

Jessica Chastain (A Árvore da Vida) teria sido contratada para contracenar com Tom Cruise na ficção científica anteriormente conhecida como Oblivion, daí renomeada para Horizons e que agora estaria sem título oficial. Duas sinopses estão circulando na internet, e em ambas Cruise é o único homem em um planeta desolado, matando alienígenas (ou trabalhando como um operário), até que uma visita misteriosa o faz reconsiderar sua vida. A principal diferença entre os resumos é que um se passa em um mundo estranho, e o outro, na própria Terra.


© Cottonwood Pictures

O filme sem título tem direção de Joseph Kosinski, que basicamente não existia antes de dirigir Tron: O Legado. Segundo o Internet Movie Database (IMDb), o roteiro é baseado em uma história em quadrinhos de Arvid Nelson. Buscando informações sobre HQs do autor na wikipedia, o que mais se aproxima do filme é Zero Killer, sobre um caçador de recompensas sobrevivendo em um futuro devastado, tentando fugir dos EUA para a África.

Acho que a melhor parte de ver o nome do Cruise envolvido em um projeto é a certeza que o treco vai ter um ótimo orçamento e uma produção impecável. Um bom roteiro não é necessariamente garantido, mas pelo menos as duas ficções científicas em que atuou foram bem decentes. E ele estava ótimo em Trovão Tropical também, roubou um bocado a cena.

Fonte: Deadline

Tagged