Monthly Archives: June 2011

Elfos e um rei

A Disney reativou o projeto de adaptar King of Elves, filme baseado no único conto de fantasia escrito por Philip K. Dick. O polêmico autor, responsável por obras que deram origem a clássicos como Blade Runner – O Caçador de Andróides e o Vingador do Futuro, escreveu nos anos 50 uma breve história sobre um homem que protege um grupo de elfos da chuva e acaba virando seu rei.


©  Subterranean

Além de novos diretor e roteirista, King of Elves vai ser produzido por John Lasseter, um dos gênios por trás da Pixar. A previsão de lançamento é em 2013.

Não fazia idéia que esse conto existia, ou que alguém havia tentado transformá-lo em filme antes. Já li um bocado de Philip K. Dick e costumo ler Do Androids Dream of Eletric Sheep? pelo menos uma vez ao ano. Acho que estou querendo dizer é que talvez ele só tenha escrito um conto nesse gênero por um bom motivo.

Fonte: IGN Movies

Tagged

Curtas 30/06/11

Mal sinal para a produção de GUERRA MUNDIAL Z. O longa, que atualmente está sendo carregado pelo produtor e protagonista Brad Pitt, perdeu os únicos membros de seu elenco com algum renome. Ed Harris e Matthew Fox deram um desculpa esfarrapada e desistiram do filme, que atualmente está a procura de substitutos. Com direção de Marc Foster, a Guerra deve chegar aos cinemas em 2012. Talvez. Fonte: Blastr

© Editora Rocco

Hugh Jackman deu algumas informações sobre as datas de seus próximos filmes durante uma entrevista. THE WOLVERINE começa a ser rodado em outubro, com direção de James Mangold, e deve ser lançado em 2012. LES MISERABLES vai ser filmado apenas ano que vem, e provavelmente vai sair em 2013. Sabe que nunca terminei o último volume de Os Miseráveis? Pior que é um livro muito bom, melhor tirá-lo da prateleira e deixar por perto. Fonte: Bleeding Cool

© Editora Cosac Naify

Tagged ,

Prometheus Esclarecido

Damon Lindelof, um dos roteiristas mais em alta atualmente finalmente explicou qual é a história por trás de Prometheus. A nova ficção científica de Ridley Scott é realmente um prequel do universo Alien, mas seguindo as diretrizes estabelecidas por Lindelof sobre o que essa categoria de filme deve ser. “Um genuíno prequel deveria essencialmente preceder os eventos do original, mas ser sobre algo completamente diferente, usar personagens diferentes, ter um tema totalmente diferente, apesar de se passar no mesmo mundo”, explicou.


© Fox

Damon também esclareceu como foi a sua participação no roteiro de Prometheus, dizendo que gastou duas semanas reescrevendo-o, mas que já era um texto bom de início. “A lenda é que eu chego, invento uma história nova que é tão original que todo o resto foi jogado fora. Na minha cabeça, não foi bem isso que aconteceu”, disse.

Aproveitou também para jogar água na fervura sobre a participação dos monstros no filme. Segundo ele, o filme “se passa no universo Alien, precede os eventos do Alien – O Oitavo Passageiro original, mas não está preso a todos os chavões da franquia, com Facehuggers e Chestbursters, e todas essas coisas que eu amo… nós já vimos isso antes, podemos fazer algo diferente dessa vez?”.

Não sou fã declarado do trabalho do cara, não tendo assistido lá muita coisa que escreveu. Mas só essa conversa sobre a natureza do prequel já me transformou pelo menos em admirador das idéias dele. Muito bom esse conceito, aproveitando apenas o ambiente para desenvolver uma história nova. Já tinha pensado em algo assim para continuações, mas acho que funcionariam muito bem para filmes prévios também.

Fonte: Slash Film

Tagged

O Caso de Charles Dexter Ward

Primeiro livro de um famoso escritor de horror, que até então se sustentava vendendo contos para revistas do gênero.


© L&PM Pocket

A história começa com Charles Dexter Ward em um sanatório, aparentemente louco. Além das mudanças de comportamento observadas por conhecidos seus, ele também apresenta bizarras transformações físicas, que inclusive o deixaram parecendo muito mais velho do que é. Sem falar no fato de ter esquecido vários fatos recentes, mas guardar uma prodigiosa memória sobre coisas que aconteceram há alguns séculos.

Que conta sua história e desvenda o mistério por trás de sua doença é o doutor Willett, médico da família Ward há tanto tempo que foi inclusive responsável pelo parto do jovem Charles. Através de diários, documentos e entrevistas com o insano paciente, Willett acompanha o desenrolar da trama, que começa quando o rapaz descobre que um de seus antepassados era profundamente ligado ao ocultismo. Quando percebe que as circunstâncias da sua morte foram sistematicamente apagadas de quase todos os registros que encontra, esse tataravô vira praticamente uma obsessão para o filho único dos Ward.

Sua investigação o aproxima de um sombrio grupo de pessoas, envolvido em situações e práticas grotescas, das quais não vai conseguir se livrar tão facilmente.

“Havia fórmulas e diagramas enigmáticos escritos em sua caligrafia e na de outras pessoas que Ward agora copiou com cuidado ou fotografou, e uma carta extremamente misteriosa numa caligrafia que o pesquisador reconheceu por certos registros contidos no Cartório Civil como sendo positivamente de Joseph Curwen.” ´pg.75

Por que ler?

O Caso de Charles Dexter Ward é a primeira oportunidade do Howard Philips Lovecraft exercitar e combinar boa parte das estruturas que havia inventado em seus contos previamente. E quase todas elas funcionam muito bem nesse formato mais longo, exceto por um cansativo passeio arquitetônico pela cidade.

O cenário que Lovecraft cria para esse livro é espetacular, e o vilão principal um dos melhores de suas histórias. Quando você para para imaginar a magnitude do que o tal grupo seria capaz de fazer, é de cair da cadeira. Um porém é que lá pela metade você já deduziu a trama toda, enquanto o doutor Willett continua boiando… mas a cena dele nos subterrâneos da casa de Joseph Curwen compensam quaisquer defeitos que você encontrar nesse livro.

O Caso de Charles Dexter Ward
H.P. Lovecraft
L&PM Pocket
208 páginas.
R$ 15,00

Ou de graça em inglês no Manybooks.net ou hplovecraft.com

Tagged

Curtas 29/06/11

WORLD OF WARCRAFT também aderiu ao Free-to-Play? A Blizzard está divulgando que agora qualquer pessoa pode jogar gratuitamente seu popular MMORPG, até o nível 20, mas com várias restrições. Basicamente pegaram o antigo modelo de 10 dias grátis e se livraram da restrição de tempo, o resto parece idêntico. Eu joguei o trial, e mesmo gastando apenas 1 a 2 horas por dia, é impossível não chegar ao nível 20 nesse tempo. E o tal MMO novo, cadê? Fonte: MMORPG.com

© Blizzard

A Sony Pictures adora dinheiro, e para celebrar esse fato compraram o novo roteiro de SINGULARITY, ficção científica do diretor Roland Emmerich (O Dia Depois de Amanhã). Não revelaram detalhes sobre a trama, mas provavelmente vai lidar com a humanidade finalmente sendo suplantada por computadores. E com alguém correndo para não ser capturado por um cabo de modem ou algo assim. Fonte: Deadline

© Fox

Tagged ,

Militares, macacos e mortos-vivos

Um bando de cartazes oficiais de vários filmes foram divulgados recentemente, então resolvi coletá-los todos em um post apenas. Capitão América: O Primeiro Vingador está previsto para 29 de julho, Planeta dos Macacos: A Origem para 5 de agosto e Fright Night ainda não tem uma data no Brasil, mas sai em 2 de setembro nos EUA.


© Chernin Entertainment


© Marvel Studios


© Albuquerque Studios

E eu que achava o título original dos Macacos uma bobagem, a tradução ficou ainda mais absurda. Não entendi como ou porque estão encaixando isso no cânone do Planeta dos Macacos, o terceiro filme em diante tratava justamente de como os símios dominam a Terra! Espero que o CG do macaco protagonista tenha ficado de primeira, para justificar se livrarem do excelente trabalho de maquiagem já criado para o filme do Tim Burton. Um dos únicos pontos bons daquele filme, por sinal.

Fonts: JoBlo.com, IGN Movies, Joblo.com

Tagged , ,

Samurai de carne e osso e cicatrizes

Rurouni Kenshin, ou Samurai X, popular manga dos anos 90 finalmente vai ganhar uma versão com atores reais. Com produção da Warner Bros Pictures Japan, o longa vai ser estrelado por Takeru Sato (Buraddi Mandei), no papel do samurai que usa uma espada com lâmina invertida, Kenshin Himura. A previsão de lançamento é em 2012, e um seriado de televisão também está sendo discutido.


© Toho Company

Além deste novo filme o popular samurai vai ser transformado em anime mais uma vez, projeto sobre o qual ainda não há muitas informações. Lançado há 17 anos, o manga já foi publicado na íntegra no Brasil pela Editora JBC.

Não tenho muito do que reclamar nesses casos. Pelo menos vão fazer algo novo, por mais trash que fique não é apenas uma versão requentada de uma série velha, mais fiel ao manga original ou algo nesse estilo. E eu que admirava a coragem da indústria editorial japonesa em enterrar seus personagens assim que estivessem terminados e partir para novas histórias. Bons tempos, ou foi sempre uma ilusão?

Fonte: Anime News Network

Curtas 28/06/11

HELLGATE, a versão MMORPG gratuito do antigo Hellgate: London vai entrar em open beta ainda esta semana, no dia 30. O site oficial não contém lá informações muito úteis, como classes e tal, mas ao menos revelaram que o jogo vai ter diversas modalidade e mapas de PvP. E um modo de sobrevivência com zumbis. Será que o material bruto original vale a pena esse trabalho todo? Fonte: Epic Battle Axe

© T3 Entertainment

Jeff Bridges por algum motivo que emplacar uma adaptação de livros juvenis de fantasia a qualquer custo. O astro adquiriu os direitos de O DOADOR, da escritora Lois Lowry, e pretende estrelar o treco além de produzir. De acordo com sinopse oficial, em uma comunidade sem sofrimento e também sem passado, “Uma única pessoa é encarregada de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis”. Bacana. Fonte: io9

© Editora Sextante

Tagged ,

Del Toro não consegue parar

O cineasta Guillermo del Toro finalmente comentou alguns dos boatos sobre seus inúmeros projetos. O diretor atualmente está divulgando o horror Don’t Be Afraid of the Dark, um roteiro seu, mas é claro que os jornalistas querem saber mesmo é sobre Pacific Rim. De acordo com ele, trata-se de seu “filme mais não-modesto. Ele tem tudo. A escala é enorme e eu sou apenas uma criança grande se divertindo”.


© deltorofilms.com

Para alegria de seus fãs, disse também que não desistiu de At the Mountains of Madness. “O modo que eu planejo fazer [este filme] é bem peculiar, e se eu não me manter fiel a ele a versão que eu gostaria de ver jamais seria feita” afirma. Del Toro também declarou que os estúdios Universal ainda querem que ele faça seu Frankenstein, e infelizmente admitiu brincando que quando finalmente voltar a Hellboy o ator principal, Ron Perlman, vai estar usando uma cadeira de rodas.

Coitado do Guillermo, o sujeito simplesmente não sabe dizer não. Basta oferecer alguma coisa divertida que ele logo se compromete a participar de alguma maneira. Vejam só a sua lista de produtor no IMDb: Gato de Botas? Kung Fu Panda 2? Tudo bem que nesses casos ele provavelmente só colaborou a parte financeira, mas ainda assim!

Fontes: JoBlo & Slash Film

Tagged ,

Optimus está magoado

Esta provavelmente é a sua última chance de assistir a um trailer de Transformers: O Lado Oculto da Lua antes de sua estréia nesta quarta-feira (29) nos cinemas. Novamente podemos ver o exército de decepticons sem lataria colorida, naves que parecem baratas flutuando e as tais minhocas de ferro derrubando prédios.


© Paramount Pictures

Que baderna. Parece que um monte de lutas diferentes estão acontecendo ao mesmo tempo, que nem no primeiro filme. Mas as críticas que encontrei estão sendo razoavelmente positivas, dizendo pelo menos que este é o melhor dos três. Não sei bem se isso é um elogio. Os efeitos 3D também estão coletando boas opiniões, o que surpreende um pouco. O diretor Michael Bay, afinal de contas, disse que nunca iria usar esse técnica.

Fonte: iTunes Trailers

Tagged