Herói reaproveitado em Heroes Reborn

Masi Oka, protagonista da série Heroes, vai retornar para a nova versão, Heroes Reborn, anuncia o canal NBC. Oka interpretava o herói capaz de se teleportar e controlar o tempo, Hiro Nakamura, e era responsável por várias reviravoltas na trama, sobre pessoas comuns que descobriam terem poderes extraordinários.


© NBC

Heroes Reborn deve ser lançado ainda este ano, com duração de 13 episódios, elenco quase inédito e uma trama independente do programa original. O criador de Heroes, Tim Kring, retorna como produtor executivo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Dá para acreditar que Heroes tem quase 10 anos? É um daqueles programas de TV que contava com entusiasmo gigante de público mesmo antes de sua estreia, apesar de não ter qualquer nome famoso para ajudar na divulgação. Teve uma primeira temporada quase perfeita, com pouquíssimo episódios desperdiçados, algo complicado de ser feito com 23 horas para serem preenchidas. Assistia com minha esposa toda semana, quando isso era uma prática comum – ajustar sua vida de acordo com a programação da TV.

Se conseguirem capturar o espírito dessa temporada no programa novo, talvez tenhamos algo muito agradável para assistir. E tomara que deixem o narrador de fora dessa vez!

Fonte: Coming Soon

Tagged

Exterminador do futuro mas protetor de zumbis

Arnold Schwarzenegger continua reconstruindo sua carreira com várias iniciativas – de continuações das suas franquias a dramas independentes de horror. Dois trailers do veterano ator foram lançados quase simultaneamente, tão opostos um do outro que parecem tratar de pessoas diferentes. Em Maggie, ele tenta proteger sua filha, papel de Abigail Breslin, enquanto ela lentamente se transforma em um zumbi durante uma quarentena militar.


© Lionsgate

Em O Exterminador do Futuro: Gênesis, quinto filme da série, Schwarzenegger é uma versão idosa do ciborgue assassino que interpreta há décadas, mudando radicalmente a cronologia dos filmes anteriores. Neste novo trailer, o recém premiado com o Oscar de ator coadjuvante J. K. Simmons faz sua primeira aparição.


© Paramount Pictures

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Já consigo enxergar uma certa coerência no roteiro desse Exterminador do Futuro. Como estão subvertendo toda uma história clássica, vão subverter também clichês – no caso do Simmons, que interpreta um detetive, segundo o IMDb, é o aliado relutante, que só acredita na história do protagonista nos últimos momentos, depois que uma verdade absurda não pode ser mais negada. Pelo vídeo, parece que ele se junta ao grupo imediatamente, mostrando aceitação e adaptação incomuns a esse tipo de personagem/trama. Continuo em cima do muro quanto a essa produção.

Maggie parece muito bacana, cheio de potencial e tudo mais. Por outro lado é um trailer bem conservador, tomadas curtinhas, cheio de sombras e escuridão, trilha dramática, em suma, mais escondendo o filme que mostrando. Conseguiram aspas de alguém elogiando o Schwarzenegger por sua atuação, mas a única coisa que exibiram é ele enfezado e casmurro, mais ainda que sua versão robótica do futuro. Eu sei que faz bem para carreiras participar de alguns filmes independentes, interpretar papéis incomuns, mas desaconselharia criar expectativas elevadas demais quando ao longa e/ou a interpretação de seu protagonista. Por enquanto, é só hype – e os efeitos especiais parecem toscos.

Estou precisando ser mais positivo nesses comentários, ou pelo menos encontrar alguma notícia que me motive a tanto. Ninguém aguenta ficar lendo tanta reclamação. Tentarei ser nostálgico, pelo menos – a partir de amanhã.

Fonte: Deadline e io9

Tagged ,

O experimento russo de Halo

A Microsoft está testando uma versão gratuita de sua popular franquia Halo, para PCs, na Rússia. A versão inédita será desenvolvida pela Saber Interactive, empresa que já colaborou com outros títulos desse jogo de tiro em primeira pessoa, e vai ser distribuído por uma companhia local com experiência em gerenciar MMOs. O título do projeto aparenta ser Halo Online.


© Microsoft

No universo Halo, composto por vários jogos, livros, e adaptações live-action para TV, a humanidade luta contra alienígenas invasores empregando soldados modificados geneticamente.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Já consigo imaginar os propósitos da Microsoft com esse maluquice – testar as águas do lucrativo e volátil mercado free-to-play, e ao mesmo tempo expandir nos países em desenvolvimento, com títulos acessíveis em computadores menos potentes/novos. Não sei bem porque escolheram a Rússia, mas imagino versões indianas, chinesas e brasileiras a caminho (sim, o povo do BRIC).

Não me interesso muito pelo estilo de jogo, mas vou acompanhar o desenvolvimento do produto pelo aspecto econômico – se der certo em qualquer um dos sentidos, criará interessantes possibilidades mercadológicas.

Fonte: GamesIndustry.biz

Tagged

Jogador Número 1 ganha Warner e Spielberg

A adaptação do livro Jogador Número 1 ganhou dois nomes de peso com o anúncio da participação dos estúdios Warner Bros. e do diretor Steven Spielberg. O cineasta de E.T. e Jurassic Park pode começar a dirigir a versão cinematográfica da obra de Ernest Cline após concluir os trabalhos no filme infantil The BFG, previsto para o ano que vem.


© Editora Leya

Wade Watts é um adolescente nos anos 2040, dividindo seu tempo entre escola e lazer dentro do Oasis, um gigantesco mundo virtual/MMO onde a maioria da humanidade passa seu tempo trabalhando, estudando, jogando e vivendo. Ao morrer, o criador dessa gargantuesca simulação deixou um mistério para seus usuários resolverem, e toda sua fortuna para o primeiro que conseguir – a única dica? Ele era um fã doente da cultura popular dos anos 80.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Virou moda odiar o Ready Player One, aparentemente. Quase todo site que noticiou essa jogada de marketing (Spielberg não vai dirigir esse filme nem a pau) foi inundado por comentários raivosos. Mal escrito, sem trama, sem desenvolvimento de personagem, etc – como se o treco não tivesse a estrutura de um romance, ao invés de ser uma obra realista, e não passasse de uma divertida aventura adolescente, com centenas de referência para idosos de mais de 30 anos.

Claro que não é um livro sensacional, mas tem um excelente aproveitamento de marcas e conhecimento de história recente, com o nível ideal de deslumbramento para não perder o interesse de seus leitores. O filme, se um dia sair mesmo, provavelmente vai atrair a mesma faixa etária mencionada acima, mas duvido que alguém mais novo vá se interessar tanto quanto – não imagino meu filho lendo esse livro, por exemplo. Não sem acessar a Wikipédia o tempo todo para entender as referências, ou, pior ainda, vindo perguntar para mim.

Fonte: Slash Film

Tagged

Semana de festas em MMO de horror

O MMORPG The Secret World entrou em um período festivo chamado de Golden Week até 1º de abril. Durante esses dias os personagens ganharão o dobro de Ability Points (usados para obter poderes); poderão caçar o Guardian of Gaia, um gigantesco monstro dourado cuja morte rende sacolas de itens promocionais; e jogadores terão 30% de bônus na aquisição de Funcom Points, moedas utilizadas para comprar atualizações e itens do jogo.


© Funcom

A empresa também está vendendo pacotes de atualizações com descontos, para jogadores novos e para os que ainda não estão em dia com o conteúdo lançado.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Que dilema! Estava tentando me convencer a comprar o pacote de três atualizações por 29 euros (normalmente 56, informa o site oficial), lutando contra meu arrependimento e remorso futuros em gastar dinheiro comigo mesmo. Daí a Blizzard divulga que a expansão de Diablo 3 também está em promoção, pela metade do preço.

Devo ter jogado TSW mais que D3, mas em qual dos dois me diverti mais? E qual tem maior potencial de divertimento futuro? Queria ter ambos atualizados, mas não ouso desperdiçar tanto dinheiro assim – mal tenho coragem de comprar um deles.

Por outro lado, minha wishlist no site da Paizo está cheia de suplementos de Pathfinder a preços bem mais módicos – e tranqueiras de RPG sempre dou um jeito de aproveitar em família, jogando com meus filhos, o que suaviza a culpa de gastar dinheiro com entretenimento.

A solução óbvia é não fazer nada. Veremos.

Fonte: The Secret World official website

Tagged

Conan fora de si

Duas publicações de Conan, o Bárbaro estão disponíveis a partir desta semana, pela Dark Horse Comics. Conan the Avenger #12, a série mensal, traz o cimério encerrando um conflito contra um mago no deserto, enquanto sofre as sequelas de uma doença mágica. Roteiro de Fred Van Lente, arte de Brian Ching e cores de Michael Atiyeh. À venda por US$ 3,50.


© Dark Horse Comics

Conan Red Sonja #3 mostra outro encontro entre os guerreiros, em diferentes períodos de suas carreiras – tema da minisérie. Desta vez, Conan aparenta estar tentando escapar de sua natureza violenta, para espanto de Sonja. Roteiro de Gail Simone e Jim Zub, com arte de Randy Green e cores de Rick Ketcham. Disponível por US$ 3,99.


© Dark Horse Comics

Ambas publicações tem 32 páginas, e são vendidas em formato digital e impresso. Uma prévia gratuita de cada revista está disponível clicando em suas capas acima.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Eu sei que é nada menos que válido para novos autores explorarem diferentes facetas de personagens consagrados, tentando criar sua própria versão, encaixá-los na história que querem contar. Não tem grandes consequências para a versão principal desses personagens, e talvez sirva para quebrar uma monotonia real ou não.

Mas sempre me decepciono quando mexem com o âmago do bárbaro: sua força. Não apenas a força física, mas a de caráter, de personalidade. Não consigo aguentar um Conan resmungando ou se arrependendo de qualquer coisa. Simplesmente não combina.

As prévias da série da Gail Simone estavam parecendo ótimas até agora, mas esse trecho novo foi de doer. Talvez seja culpa de seu co-autor, sei lá, ou puro fingimento. A Sonja, pelo menos, continua igual.

Fonte: Dark Horse

Tagged

Arquivos X retorna em mini-temporada

Os estúdios Fox anunciaram que vão lançar uma série de seis episódios de Arquivos X, com o retorno do elenco original, David Duchovny e Gillian Anderson, os agentes Mulder e Scully. O programa de TV acabou há mais de uma década, após várias temporadas de investigações do FBI sobre crimes sobrenaturais. Chris Carter, criador do produto original, também vai retornar. Lançamento previsto para o ano que vem.


© Fox

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Assistia e gravava em videocassete os episódios de Arquivos X na Fox, um milhão de anos atrás. Simplesmente adorava o treco, apesar de ser dublado (primeira vez que ouvi o Mulder no original foi no filme) e picotado por comerciais. Comecei a desistir não lembro bem o motivo… se foi a perda do canal, ou se ficou muito repetitivo. Só lembro que foi antes de trocarem o elenco.

Depois dos filmes praticamente enterrei os Arquivos X na minha memória, que ficassem lá soterrados na nostalgia. Tentei assistir ao episódio piloto quando apareceu no Netflix, e desliguei gritando. Acho que a tecnologia dos anos 90 não se transferiu adequadamente para o novo formato.

Voltando ao tema, não entendi o motivo desse revival. Os filmes são horrendos, e foram muito mal de bilheteria. O Duchovny estava com uma carreira razoável na televisão, e a Anderson protagoniza uma série policial britânica na BBC, acho. Só Chris Carter parecia estar péssimo das pernas, tendo fracassado com seu piloto na Amazon Studios. Os fãs provavelmente são mais ressentidos do que saudosistas, atualmente.

Talvez seja um teste, um tiro no escuro para ver o que acontece, se ainda existe algum dinheiro para ser ganho explorando mais um pouco suas velhas franquias. Ou é prelúdio de um reboot.

Fonte: io9

Animação do “Homem de um soco só” este ano

A Bandai Visual lançou o primeiro teaser de One-Punch Man, adaptação animada do manga criado por ONE e redesenhado por Yuusuke Murata. O protagonista é Saitama, o super-herói mais poderoso do planeta, capaz de derrotar todo tipo de oponente com apenas um soco. Seu excesso de poder acabou tornando sua vida tediosa, e ele passa seus dias enfrentando problemas cotidianos, ocasionalmente salvando a humanidade. Sua eficácia também o deixou no anonimato, pois tende a lidar com ameaças antes que o público perceba o que está acontecendo.


© Bandai Visual

Lançamento em outubro.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Sou um daqueles sortudos que descobriu o One-Punch Man original, desenhado/rabiscado pelo próprio ONE, antes de ler a versão glorificada do Murata. Ambas são sensacionais, mas o original se pendura inteiramente na comédia, enquanto o remake equilibra as piadas com escandalosas cenas de ação. Prefiro o primeiro!

Acredito que o manga vai ser traduzido perfeitamente para anime, o visual dinâmico criado pelo Murata provavelmente tinha isso em mente desde o início.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Novo episódio de Life is Strange

A Square Enix lança hoje a segunda parte de Life is Strange, seu jogo-narrativa sobre uma garota com o poder de voltar no tempo e seus dilemas adolescentes/sobrenaturais.  Cada um dos episódios custa US$ 4,99, e o jogo completo pode ser adquirido por US$ 19,99 (mas o lançamento deles continua sendo periódico). Disponível para Xbox One e 360, Playstation 3 e 4, e para PC.


© Square Enix

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Há alguns anos venho fugindo de sci-fi/fantasy protagonizado por adolescentes sempre que possível, pois essas obras (contemporâneas, principalmente) caíram em uma fórmula particularmente odiosa: herói está em uma missão importante; herói forma seu grupo de aliados; herói se apaixona; missão vira objetivo secundário; herói se comporta como um imbecil; história se resolve apesar dos personagens terem ficado insanos.

Não é um molde exclusivo de romances juvenis, mas parece ter se enraizado no gênero de modo quase permanente, com resultados inacreditavelmente irritantes. No primeiro trailer Life is Strange parecia que estava indo por esse caminho, com o drama adolescente subindo pelas paredes e a amiga rebelde como aparente interesse amoroso. Mas nesse episódio novo o sobrenatural aparenta estar dominando a trama, e a relação das duas parece ter se solidificado como “best friends forever”, escapando de mais um clichê moderno.

O que isso está me lembrando agora é de Twin Peaks!

Fonte: Coming Soon

Tagged

Escritor e mágico famosos se unem na TV

A Sony Pictures TV está anunciando que vendeu os direitos de exibição de Houdini And Doyle para o canal americano Fox, além de ter assinado contratos semelhantes com emissoras canadenses e inglesas. O programa de televisão é baseado na amizade entre o mágico e cético Harry Houdini e o escritor e espiritualista Arthur Conan Doyle, criador de Sherlock Holmes. Os dois investigarão crimes ligados ao sobrenatural ao longo de 10 episódios, com produção de David Shore, um dos criadores do seriado médico House.


Fotógrafos: Arnold Genthe & desconhecido. Domínio público.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Se você já leu uma biografia de uma página, ou assistiu um documentário sobre um dos dois, conhece essas facetas exploradas pelo programa: Houdini passou seus últimos anos desmascarando fraudes sobrenaturais, enquanto Doyle tentava acreditar em tudo quanto é fenômeno estranho, motivado por alguma tragédia pessoal, se me lembro bem.

Ainda não vi um trailer, sequer uma imagem oficial, mas a premissa me deixa animado até não poder mais. São duas figuras históricas que me interessam desde a juventude, e tenho a impressão que receberão um tratamento digno nas mãos do David Shore e companhia.

Agora é esperar aparecer no Netflix.

Fonte: Deadline

Tagged
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 130 other followers