Especial de Mushishi encerra série

A série animada Mushishi: Zoku-Sho ganhou um filme com o subtítulo Suzu no Shizuku, adaptando os últimos dois capítulos do manga original. O longa foi lançado esta semana no Japão, com a última aventura do caçador de insetos espirituais, Ginko. Confira o teaser:


© Artland

Mushishi já teve duas séries animadas e um filme, criados a partir do manga de Yuki Urushibara. A primeira temporada já foi exibida no Brasil nos anos 00.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Ainda estou na metade da primeira temporada, mas está em meus planos assistir tudo. Mushishi simplesmente não é um anime para ser assistido em baciada, como os demais que estou vendo atualmente – acredito que ele deve ser degustado, e que os episódios merecem um intervalo de reflexão entre si.

Terminada a babada, aproveito para novamente apontar um dos melhores aspectos técnicos do anime – sua qualidade sonora. Trilha, efeitos, e vozes, tudo de primeira. Tem uma complexidade que complementa o traça simples da animação. Muito lindo.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Marte Ataca RPG

A Steve Jackson Games está anunciando o manual GURPS Mars Attacks, licenciado da franquia de histórias em quadrinhos e filme. Jogadores terão a opção de escolher entre interpretar os terráqueos e combater os invasores, ou jogar como os próprios marcianos e tentar conquistar o planeta.


© SJG

São 96 páginas por 25 dólares, ainda em produção.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Um detalhe interessante que aproveito para incluir aqui são os diferentes níveis de envolvimento no conflito terráqueo x marciano: da frente de combate ao gerenciamento da guerra.

Fazia tempo que não licenciavam alguma coisa para GURPS – talvez vendam mais que os temas genéricos, mas definitivamente são mais caros. Lembro de GURPS Vorkosigan (ou algo assim) baseado nos livros de ficção científica de Lois McMaster Bujold, publicado quando a licença estava quase vencendo, devido ao longo período de produção.

Quanta complicação – mas são úteis para chamar um pouco mais de atenção ao sistema, de vez em quando. Aposto que um GURPS Duna funcionaria muito bem em vários sentidos. Talvez já exista?

Fonte: Daily Illuminator

Tagged

Twin Peaks 3 recupera diretor original

Após brigas, ameaças, desistências e renegociações, David Lynch vai mesmo dirigir a nova série de Twin Peaks, afirmam os produtores do canal Showtime. O protagonista das primeiras duas temporadas Kyle MacLachlan, agente especial Dale Cooper, vai retornar para a nova trama, que se passa décadas após o programa original ser exibido. Lançamento previsto para 2016.


© ABC

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Entendo a alegria de recapturarem o Lynch – afinal de contas, além do marketing positivo, dificilmente conseguiriam reproduzir o grau de insanidade dele e ao mesmo tempo criar algo atual.

Por outro lado, Twin Peaks foi cancelada por baixa audiência. Hoje em dia tem muitos fãs, é considerada cult e tudo mais… será o suficiente para garantir sucesso de público?

Pior que tiraram o programa do Netflix, e nunca lembrei de terminar de assistir. É a vida.

Fonte: Deadline

Tagged

Livros gratuitos da Baen

A editora americana Baen anuncia que está atualizando sua livraria gratuita com três novos títulos: Monster Hunter International, de Larry Correia; Fire with Fire, de Charles E. Gannon; e Cobra, de Timothy Zahn. Todos são livros iniciais de suas próprias franquias, também publicadas pela editora.


© Baen

Em MHI, um contador recebe uma nova proposta de emprego após jogar seu chefe, recém transformado em um lobisomem, pela janela do 14º andar. Fire with Fire é um suspense de espionagem interplanetária que se passa 100 anos no futuro. E Cobra é um relato da vida de um super-soldado modificado com implantes eletrônicos e a sua adaptação à vida normal após o fim do conflito, escrito pelo autor da Trilogia Thrawn, os primeiros livros oficiais de Star Wars.

Disponíveis em vários formatos e podem ser baixados sem necessidade de cadastro ou qualquer outro requerimento.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Excelentes novidades! MHI é um best-seller extremamente divertido e violento, e Cobra tem um ritmo bem diferente do que você possa imaginar. Fire with Fire ainda não li, mas vou colocar essa cópia gratuita na lista. É o primeiro livro do autor, mas tem sido bem elogiado.

A Baen é pioneira nessa estratégia de divulgação, colocando vários dos livros iniciais de séries gratuitamente em seu portal, os quais baixei a maioria e li parte razoável. Recomendo!

Fonte: Baen Newsletter

Tagged ,

Nova série de TV sobre magia real

The Magicians é a nova série do canal americano Syfy, baseada no livro Os Magos, de Lev Grossman. Nela um estudante entra para uma universidade onde descobre que a magia é real, e aprende como utilizá-la. Lançamento previsto para este ano.


© Universal Cable

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Pelo menos não é um drama adolescente – o povo tem mais de 18 anos, apenas se comportam como se tivessem 14. Caso não passasse tanto a impressão que o protagonista é uma alma torturada e sofrida, cheeeeio de problemas fascinantes típicos da idade e de muito tempo livre, poderia ter me interessado. E esse estilo de história “pessoa se comportando como se tudo fosse normal em um cenário fantástico” está ficando cansativo, não?

Visualmente me lembrou Os Guardiões da Noite, só que com uma trama menos relevante.

Fonte: io9

Tagged

Novo Star Wars não-episódio avança com elenco

Diego Luna é o primeiro nome mais conhecido no elenco de Star Wars Anthology: Rogue 01, filme de Gareth Edwards (Godzilla), com estreia prevista para o final do ano que vem. De acordo com a sinopse, os protagonistas são um grupo de rebeldes que roubam os planos de construção da Estrela da Morte original, eventualmente repassando-os para a princesa Leia – antes dos acontecimentos do Episódio IV.


© Disney

Além dos episódios VII a IX, outros três filmes de Star Wars devem ser produzidos para serem lançados nos intervalos, garantindo um novo longa da franquia todo ano.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Acredite, gastei uns 10 minutos discutindo com um conhecido sobre em qual episódio (IV ou VI) é falada a frase “[nome de alienígenas] foram mortos para conseguir esses planos” em referência ao furto dos planos da Estrela da Morte que servirá como trama desse filme. Daí, 15 minutos de wookiepedia depois, sem achar nada, lembro-me que a frase está errada, não eram os planos, mas sim os códigos de segurança para o Luke Skywalker entrar na Estrela da Morte 2.0. Patético.

Acho que um filme sobre o roubo desses códigos de segurança (uma mera referência sem importância no meio de um discurso) seria bem simpático, uma homenagem aos pobres alienígenas sacrificados. Mas o roubo dos planos, motivador da primeira cena do primeiro filme de Star Wars é definitivamente um atrativo maior.

E pelo menos não é exatamente um prequel, mas sim uma história que se passa no mesmo universo, marginalmente conectada ao longa original. Esse tipo de produto acho bem mais aceitável do que continuações reversas.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Televisão investe na família do Super-homem

Foi lançado esta semana o trailer de Supergirl, série de TV sobre a prima do Super-homem que irá ao ar no canal CBS. Melissa Benoist (Glee) protagoniza como a relutante super-heroína, que após anos escondendo seus poderes e tentando ter uma vida comum, resolve começar a combater o crime.


© CBS

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Calma! Antes de se escandalizar, sair correndo ou quebrar o teclado no monitor, pense bem: você é o público-alvo desse programa? Eu tenho certeza que eu não sou – não me identifiquei ou me interessei por coisa alguma em todo o vídeo – e sequer consigo imaginar exatamente quem é.

Mas essa mistura de O Diabo Veste Prada com Smallville tem pelo menos um mérito raro nesses programas deprimentes da DC Comics: uma heroína não-relutante. Tudo bem que ela inicialmente repete a mesma ladainha de “quero uma vida normal” e blá-blá-blá, mas assim que começa a combater o crime, seu entusiasmo compete com o do Hiro, na extinta série de televisão Heroes. Ninguém precisa empurrá-la para sair voando por aí, ela se voluntaria, faz questão. E isso, honestamente, é muito bacana.

Além disso, a atriz parece tão confortável no papel que é surpreendente. Muitos não concordam, mas eu acredito que ela foi uma boa escolha.

Dito tudo isso, estou fora.

Fonte: Slash Film

Tagged

Minority Report TV tem um trailer

Anunciado há poucas semanas, a série de TV baseada em Minority Report já divulga seu primeiro trailer. Um dos gêmeos com poder de prever o futuro, Dashiel, retorna como protagonista, ajudando uma detetive a combater o crime em 2065, enquanto procura por seu desaparecido irmão.


© 20th Century Fox TV

Lançamento ainda este ano, no canal americano Fox. Estão no elenco Meagan Good, Wilmer Valderrama e, reprisando seu papel de técnico dos “precogs” no filme, Daniel London.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Que trailer agitado e dinâmico. Parece que conseguiram imitar todos os aspectos mais reconhecíveis do filme original (que fez isso tudo treze anos atrás) sem adicionar nada novo. Elenco bem inexpressivo também, e isso sequer comparando-os a Tom Cruise e companhia.

Gostei das armas. Design, utilidade, etc, conseguiram passar a impressão de “futuro”. É o que mencionei por aqui há algum tempo: se quer passar a ideia de outro mundo ou outro tempo, os pequenos detalhes são o caminho mais econômico/seguro.

A menos que o programa tenha resenhas inacreditáveis, vou deixar passar.

Fonte: Coming Soon

Tagged

MMO conclui sua primeira temporada

The Secret World colocou à venda o Issue #11: Reaping the Whirlwind, sua nova atualização de conteúdo e mecânicas. O MMORPG encerra a “primeira temporada” de sua trama principal com essa novidade, afirma o material de divulgação, após os jogadores invadirem e explorarem a torre Orochi, no Japão.


© Funcom

TSW é um jogo de horror moderno online que precisa ser comprado para ter acesso, mas não cobra mensalidades. Os usuários devem, no entanto, pagar por atualizações e itens de comodidade ou cosméticos.

Para utilizar o Issue #11 é preciso ter concluído os issues 9 e 10, que abrem acesso aos mapas japoneses do jogo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Não estava entendendo muito bem esse papo de concluir a trama principal. Nos três mapas principais do jogo você enfrenta, em sequência, um mago em conluio com forças abissais, um faraó, e uma namorada do Drácula, como inimigos principais. Não me vinha à cabeça se existia mesmo alguma ligação entre eles, mas me toquei que há sim, um tipo de monstro presente em todos os cenários: the filth (a sujeira, a imundície, etc).

A gosma preta cheia de tentáculos que transforma pessoas, animais e coisas em monstros aparece com frequência, e provavelmente é o elo dessa temporada. Não acredito que seja possível derrotá-la no final da torre, mas talvez expulsá-la de volta para o espaço…

Só que, repetindo um tema meio batido aqui, não jogo TSW há semanas, talvez meses. Ainda sequer comprei as atualizações 9 e 10, apesar de terem colocado em promoção, com desconto, e tudo mais. Deprimente!

Fonte: The Secret World Newsletter

Tagged

E mais Witcher nos quadrinhos

Já está à venda a segunda edição de The Witcher: Fox Children, história em quadrinhos da Dark Horse Comics com uma história inédita de Geralt of Rivia. O caçador de monstros prossegue em sua aventura aquática, desta vez enfrentando mortos-vivos.


© Dark Horse Comics

Roteiro de Paul Tobin, arte de Joe Querio e cores de Carlos Badilla. São 32 páginas por US$ 3,99, em versão digital ou impressa. Clique na imagem acima para ler a prévia.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Por que não um dia inteiro dedicado a Witcher? Maioria dos sites de jogos está fazendo-o, mas ao invés de um dia vai ser uma semana.

Gosto do estilo desse Joe Querio. Parece caricato, mas dá uma impressão de realismo com suas sombras e expressões faciais. Provavelmente funciona melhor com histórias de terror como essa.

O segundo livro de The Witcher finalmente vai ser lançado nos EUA este mês (lançaram o 1º, 3º e 4º – loucos), mas com o grotesco preço de 11 dólares. Tenho todos os outros, mas me abstive de ler após o primeiro justamente pelo fator cronológico. Agora talvez me abstenha de comprar pelo fator monetário. Onde já se viu enfiar a faca desse jeito? Será que os livros ficaram repentinamente populares, ou estão surfando no entusiasmo de quem vai comprar o Witcher 3? Por enquanto é wishlist, se cair pra uns 7 dólares, daí é  mais provável que adquira uma cópia.

Fonte: Dark Horse Comics

Tagged
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 136 other followers