Novo trailer para novo filme de Ghost in the Shell

O anime prelúdio Ghost in the Shell Arise está divulgando um novo trailer de seu longa metragem, Ghost in the Shell: The New Movie. A história se passa antes dos animes anteriores, Stand Alone Complex e Stand Alone Complex 2nd GIG, e traz o recém-formado grupo de enfrentamento à ameaças terroristas Section 9 lidando com o vírus Firestarter e o assassinato do primeiro ministro japonês.


© Production I.G.

Ghost in the Shell é uma franquia cyberpunk de mangas, animes e filmes, criada originalmente pelo mangaka Masamune Shirow. Já possui três séries de anime para televisão e três filmes, sem contar este novo.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Estou quase terminando Ghost in the Shell Arise: Alternative Architecture, a série de 10 episódios prelúdios à série original, e que foram lançados originalmente nos cinemas em 4 filmes média-metragem. Daí vou assistir aos dois filmes lançados nos cinemas e caçar o terceiro filme, para televisão, Solid State Society (cuja existência ignorava até alguns minutos atrás). Estou quase concluído minha saga de conferir tudo de GitS, só vai faltar o mangá, que imagino existir sob certas condições.

Mais ou menos relacionado ao tema e aos artistas envolvidos, assisti também todos os 47 episódios de Patlabor, além dos OVAs e filmes. Que diabos foi esse segundo filme? Coisa mais bizarra e distanciada do produto original, não entendi muito bem qual o propósito. Provavelmente não vou atrás do seriado de TV e filme live-action, porém. Parecem bestas demais.

Sobre o trailer – o vilão é uma duplicata da Mokoto? Depois de Mardock Scramble estava esperando algumas coisas mais… se não originais, pelo menos extremas, por parte do Tow Ubukata (roteirista). Acho que o fato de não possuir nenhuma cena em um cassino já é um bônus – pelo menos no trailer.

Fonte: Anime News Network

Tagged

MMO ganha reforma após mais de uma década

14 anos após seu lançamento, o MMORPG Anarchy Online está passando por uma reforma visual. O jogo gratuito colocou para download o seu novo engine, após vários anos de desenvolvimento, com melhorias nas sombras, texturas e ambiente (incluindo grama, luz do sol e chuva).

... ok.
© Funcom

Segundo a Funcom, empresa que criou e desenvolve o título, alguns aspectos ainda estão em desenvolvimento, além de estarem lidando com problemas de estabilidade e performance.

Anarchy Online é um jogo futurista, com alienígenas, implantes cibernéticos, naves espaciais e demais características do gênero.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Joguei muito AO há alguns anos – meu engenheiro chegou no nível 90 (acho que de 200 possíveis) antes de abandonar tudo por um jogo mais fácil/mais sociável. Quando refizeram o mapa para iniciantes há algumas semanas, tentei reinstalar para dar uma verificada, sem sucesso. Tentei de tudo, mas o client simplesmente se recusava a instalar o maldito jogo.

O novo engine me convenceu a tentar de novo, e na quarta tentativa descobri o erro fatal: após baixar o instalador em nove pedaços, o client tenta funcionar automaticamente – caso você não esteja presente para dar o OK, ele desiste e some com todos os arquivos baixados (acho que uns 20 gigas). Na quarta tentativa acima mencionada, estava sentado ao computador quando o processo terminou e consegui instalar. Enfim!

Estou na terceira missão da nova newbie zone e fiquei com saudades da antiga. Que baderna, que missões chatas, que mapa confuso. E continuo em dúvida se instalei mesmo o engine novo – não consegui notar diferença entre a experiência atual e a anterior. O treco todo continua parecendo velho pra caramba.

Fonte: Site oficial AO

Tagged

Pathfinder tem fantasmas e heróis

Jogadores de Pathfinder tem até o dia 20 de julho para ajudar a moldar uma das novas classes desse RPG de mesa, o Vigilante. O personagem está em “playtest”, período em que qualquer pessoa pode testar seu funcionamento em partidas de jogo e dar sua opinião sobre modificações e melhorias que achar pertinentes. O documento com as informações sobre a classe pode ser baixado aqui, bastando ter uma conta gratuita no site da editora Paizo, e a discussão está aberta nos fóruns do RPG. O Vigilante será lançado no livro Ultimate Intrigue, em 2016.


© Paizo

Outra classe que já foi testada à exaustão e estará disponível em breve é a Spiritualist. Tema de artigo esta semana, a personagem é capaz de se comunicar com fantasmas, hospedá-los em seu cérebro e manifestá-los na forma de ectoplasma, além de usar magias com esse tema. Ela estará disponível no livro Occult Adventures, no mês que vem.


© Paizo

E finalmente, está à venda Psionics Augmented: Seventh Path, manual da Dreamscarred Press compatível com Pathfinder, sobre poderes psiônicos e sua relação com os mortos e espíritos. São 50 páginas de conteúdo inédito com variações de classes, novos poderes para todos personagens psiônicos, mais façanhas e até monstros. Em formato digital por US$ 8,99.


© Paizo

Pathfinder é um dos mais populares RPGs de mesa da atualidade. Todos seus livros estão à venda em .pdf, mas as regras podem ser consultadas gratuitamente no Pathfinder Reference Document: http://paizo.com/pathfinderRPG/prd/

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Apesar de ter ficado por último, o Seventh Path é justamente a minha novidade predileta desse post gigante. Adoro psionics, sempre gostei, desde Advanced Dungeons & Dragons, com o Complete Psionics Handbook ou algo assim (tenho ele na prateleira atrás de mim, mas o reflexo da luz impede-me de ler a lombada. E está meio alto…) e o meu cenário de campanha predileto, Dark Sun, repleto desse tipo de poder.

E a versão dos psionics em Pathfinder é muito superior a essa clássica, suas classes esquisitamente divertidas quando não inteiramente funcionais, ou simplesmente balanceadas quase à perfeição.

Lambeção à parte, tenho que fazer uma crítica: como lançam um livro no final do mês, quando meu dinheiro já acabou semanas antes? Agora só em julho para colocar as mãos nesse suplemento…

E, sim, o Vigilante é exatamente o que você está pensando: Batman, Demolidor, etc.

Fonte: Paizo, Paizo e mais Paizo

Tagged

Conan e o horror subterrâneo #3

Mais um pedaço de Xuthal of the Dusk está adaptado na revista mensal Conan the Avenger. O conto original do criador de Conan, Robert E. Howard, traz o bárbaro e uma seminua companheira enfrentando uma cidade de tecnologia antiga, cujos habitantes vivem drogados para escapar do horror com que convivem. São US$ 3,50 por 32 páginas, roteiro de Fred Van Lente, arte de Guiu Vilanova e cores de Michael Atiyeh.

Cada vez melhor!
© Dark Horse Comics

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Repetindo o meu hover text da imagem acima, que o wordpress parece ter devorado novamente, “Cada vez melhor!”. A arte desse arco de histórias de Conan está surpreendente. Preciso ficar de olho nesse Guiu Vilanova, o sujeito tem um talento espetacular. Não apenas mostrou excelente domínio de anatomia na edição passada, como fez um trabalho soberbo com escuridão desta vez. Quanto ao roteiro, é uma adaptação direta de Howard, o que geralmente rende algumas das revistas mais memoráveis do bárbaro.

Excelente trabalho, editora cujos gibis nunca mais são lançados por aqui.

Fonte: Dark Horse Comics

Tagged

Marvel anuncia Homem-Aranha adolescente

Tom Holland é o Homem-Aranha da nova parceria entre Sony e Marvel, segundo press release dos estúdios. O ator de 19 anos vai interpretar uma versão adolescente do herói no terceiro longa do Capitão América e em um título próprio em 2017. Holland pode ser encontrado no filme-desastre O Impossível, como filho dos personagens de Naomi Watts e Ewan McGregor.

Ele está um pouco maior agora.
© Summit Entertainment

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Adivinha qual longa todo mundo deve estar fuçando no Netflix desde ontem? Eu não tinha muito interesse em ver essa reencenação do tsunami asiático, apesar do elenco ótimo, mas agora vai ser inevitável dar uma conferida. Principalmente com a resenha no IMDb dizendo que o guri carrega o filme…

Depois do segundo O Espetacular Homem Aranha, é difícil conseguirem fazer algo ainda pior. Eu costumava achar que O Homem Aranha 3 era o fundo do poço, apesar de uma batalha final razoável, mas a choradeira do Andrew Garfield foi inacreditável – culpa do roteiro, eu sei, mas infelizmente é a fuça dele na tela levando a culpa.

Tomara que se lembrem de incluir mais humor do que dramalhão neste novo cabeça de teia.

Fonte: Slash Film

Tagged

Terceiro Kung Fu Panda com muito mais pandas

Os estúdios Fox divulgaram esta semana o primeiro trailer de Kung Fu Panda 3, animação da DreamWorks protagonizada por Jack Black, com Angelina Jolie, Jackie Chan, Seth Rogen, Lucy Liu e, juntando-se ao elenco, Bryan Cranston. Conforme havia sido anunciado no final do segundo longa, o tema desta vez é a reunião do herói Po com sua família. Lançamento em março de 2016.


© 20th Century Fox

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Confesso que ri. É uma piada só, esticada pelo vídeo inteiro, mas achei hilária. O desfecho podia ter sido um pouco melhor, mas, ainda assim, muito engraçado.

Entre as franquias da DreamWorks, é a única cuja continuação não me decepcionou completamente. Shrek ficou cada vez pior, Como Treinar Seu Dragão perdeu seu charme em uma versão “maior e mais barulhenta”, outros produtos nem vale a pena mencionar.

Tomara que essa continue engraçada e com algumas boas cenas de ação.

Fonte: Deadline

Tagged

Novo Kojak pode ter dado mais um passo

O remake de Kojak, protagonizado por Vin Diesel, teria ganho um novo roteirista, após meses sem novidades. Philip Gawthorne seria o nome do escritor, cuja carreira, segundo o Internet Movie Database (IMDb), se concentra em seriados médicos e telenovelas inglesas. A nova versão do detetive, caso se concretize, será um filme.

Acho que nunca assisti um segundo sequer, mas conheço algumas referências
© Universal Television

Theo Kojak era um detetive durão de Nova Iorque, cujas histórias foram contadas ao longo de 118 episódios, de 1973 a 1978, além de vários longas para TV nos anos 80 e 90. Foi interpretado por Telly Savalas, falecido em 1994.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Esse filme em potencial é tão etéreo que sequer possui uma página no acima mencionado IMDb. Só noticiei mesmo, apesar da escassez de fontes, porque já ouço falar do projeto há algum tempo, e acho a ideia hilária.

Sinceramente, dá para imaginar o Vin Diesel interpretando um detetive durão/safado? Provavelmente teriam que tirar qualquer sensualidade do papel para evitar que se torne uma comédia.

Adoro o sujeito como Riddick, mas as limitações dele são bem óbvias. Talvez quando estiver com 60 anos funcione em papeis mais dramáticos ou exigentes, como o Schwarzenegger anda fazendo, mas por enquanto seria sensato evitar qualquer coisa diferente de Velozes e Furiosos.

Fonte: Bleeding Cool

Tagged

Futuro de Deus Ex é sujo, lotado e violento

Deus Ex: Mankind Divided ganhou um trailer de 25 minutos durante a Eletronic Entertainment Expo (E3). No vídeo é possível acompanhar o protagonista Adam Jensen interagindo com outros personagens e lutando contra alguns vilões. O título ainda não possui uma data oficial de lançamento, mas deve sair para PlayStation 4, Xbox One e PC.


© Square Enix

A franquia Deus Ex se passa em um futuro onde implantes eletrônicos ficaram acessíveis e até corriqueiros, gerando uma espécie de divisão entre pessoas normais e as aumentadas. Os jogos também possuem um forte elemento de conspiração, com grupos manipulando governos e empresas.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Como provável futuro ciborgue, uma das primeiras modificações extras que eu pediria seria o botão “mute”. Porque aguentar esse discursozinho da primeira NPC foi de amargar. E não é uma questão de realismo, de duvidar que alguém falaria desse jeito, porque já testemunhei isso, e realmente existem militantes que levam política completamente a sério o tempo todo. O problema é quando resolvem transformar qualquer conversa informal em um palanque, e estão sempre tentando converter todo mundo para sua causa.

E pelo que vi no outro trailer divulgado durante a E3, todo NPC desse novo Deux Ex parece ter um palanque eletronicamente implantado embaixo dos pés, sem uma opção de desligar. Que futuro chato.

Fonte: Videogamer

Tagged

Começa a divulgação das novas classes de Pathfinder

O livro Occult Adventures, suplemento do RPG de mesa Pathfinder, será lançado no final de julho, com seis novas classes. Como é de praxe para a editora Paizo, criadora do sistema, estão publicando artigos sobre cada uma dessas novidades, começando pelo Occultist.


© Paizo

Este usuário de psychic magic absorve o poder latente de objetos antigos ou carregados de energia psíquica e os utiliza para canalizar poder mental. Além de usar magias, ele possui pontos de mental focus que podem ser colocados em um de seus objetos para “ativá-lo”, sendo que o efeito fica mais poderoso de acordo com os pontos aplicados. Uma terceira área de atuação são os círculos mágicos, que podem ser usados para invocar criaturas extra-dimensionais para conversar ou realizar pequenas tarefas, e também para aprisionar oponentes.

Occult Adventures chega em 29 de julho, por US$ 9,99 em formato .pdf. Todos os principais livros de regras do RPG estão à venda por esse preço, e o conteúdo está disponível gratuitamente no Pathfinder Reference Document (PRD): http://paizo.com/pathfinderRPG/prd/

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Muito bem, muito bem – acho que criaram uma classe que não compete com nenhuma das que possuo, oficiais ou não. O sistema de psychic magic não é muito inovador, mas pelo menos diferencia os novatos das classes veteranas. Absorver e aplicar magia em objetos acho que ninguém fazia (lembra o Magic of Incarnum da WotC, ou a adaptação Akashic Mysteries da DSP, porém), e os círculos mágicos são um pouco parecidos com os talismãs de área do Onmyouji, mas apenas no tema, a aplicação é bem diferente.

Estou gostando muito mais desse manual do que do Advanced Class Guide, no ano passado. Adoro classes malucas, a originalidade é um dos fatores determinantes quanto a comprar algum produto não-oficial – opções adicionais e alternativas a personagens oficiais me atraem muito pouco.

Até a história do personagem temático ficou bacana, e a sua aparência física bem justificável. Mas acho que sua versão adulta deveria ser mais bonachona do que bon-vivant, mesmo que continuasse como um disfarce.

Fonte: Paizo Blog

Tagged

Outro livro de Gaiman adaptado

Fãs de Neil Gaiman comemoraram (provavelmente) o recente anúncio de que Deuses Americanos, livro publicado em 2001, vai ser transformado em uma série no canal Starz. Bryan Fuller (Hannibal) é o criador do projeto, que vai contar com o escritor como um dos produtores. A próxima etapa, segundo os participantes, será encontrar um elenco.


© Harper Collins

Deuses Americanos é uma fantasia contemporânea, onde divindades de várias religiões vivem escondidas em meio à humanidade, caindo em decadência, perseguindo seus próprios objetivos e participando de um gigantesco conflito. É publicado no Brasil pela Editora Conrad.

________________________________ ◊ Opinião ◊ ________________________________

Ugh. Li dois livros do Gaiman: Coraline, que é ótimo, e esse Deuses Americanos, que é… nem tanto. Foi na época que a editora americana dele fez uma maluquice, colocar alguns livros de graça na internet, mas você precisava ler online, direto no site (sim, um streaming de livros). O cenário é divertido, como todo romance paranormal geralmente é, mas o protagonista é um mala e o desfecho um horror. Será que tem tantos fãs assim, para continuarem tentando adaptar após 14 anos?

Fonte: io9

Tagged
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 137 other followers