O Protetor traz Denzel Washington destruindo criminosos

Denzel Washington vai protagonizar mais um filme policial, O Protetor. Ele interpreta um militar que forja sua morte para tentar viver tranquilamente em anonimato, mas acaba se envolvendo em uma guerra contra mafiosos russos. A mocinha da história é Chloë Grace Moretz, vítima desses criminosos.

equalizer

equalizerphoto2
© Columbia Pictures

O filme é baseado no seriado dos anos 80 The Equalizer, que durou 4 temporadas. Neste, um agente secreto se aposenta e vira um detetive particular.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

E eu achando que Shaft era um nome óbvio. The Equalizer. Fazia algum tempo que não lia nada sobre adaptações de séries antigas em filmes, e como nunca tinha ouvido falar tanto do longa quanto da versão televisiva, foi uma surpresa absoluta.

É ótimo ver o Washington bancando o durão que quebra bandos de criminosos sem grande esforço, ele fica muito bem nesse papel. Apesar de já ter feito isso um sem número de vezes. E agora de novo.

A Moretz é até parecido com a Dakota Fanning.

Fonte: Coming Soon

Tagged

Inimigos divinos na televisão

O canal Syfy lançou o primeiro teaser de Dominion, sua nova série que continua a história contada no filme Legião. Após a humanidade ser ameaçada por zumbis possuídos por anjos, agora eles devem enfrentar os seres divinos em pessoa, preparados para destruir toda a população.

© Syfy

O longa original era protagonizado por Paul Bettany, com Adrianne Palicki e Charles S. Dutton. Na série, o nome mais conhecido é Anthony Head, o treinador em Buffy a Caça Vampiros.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Acho que preciso ser mais fiel à minha regra de não postar teasers. Tudo bem que não há quase nada mais sendo divulgado de interessante, mas esses vídeos de 30 segundos que tentam resumir um trailer de 3 minutos são um horror.

Pior que não cumprem sua função. Deveriam te deixar animado para assistir um trailer completo, ou, pensando do modo mais otimista possível, o próprio filme – mas tudo que conseguem é deixar você frustrado. E, se divulgados em excesso, até mesmo irritado com a produção.

Sou a favor de abolir essa prática. Talvez existam editores capazes de criar um teaser magnífico, mas não vejo nada assim há anos. Se é que já encontrei um antes.

Fonte: ScreenCrush

Tagged

Conan em busca de vingança?

Conan the Avenger é a nova série mensal de Conan, o Bárbaro, lançada pela Dark Horse Comics. Nesta primeira edição o personagem ainda está se recuperando de perdas recentes nas mãos de um mal milenar, e, aparentemente, de um período de bebedeira.

conan avenger
© Dark Horse Comics

São 32 páginas com roteiro de Fred Van Lente, arte de Brian Ching e cores de Michael Atiyeh, em versão impressa (US$ 3,50) ou digital (US$ 3,99).

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Ótima novidade, quanto mais Conan existir disponível para leitura, melhor. Detestei a premissa da história, porém, com o bárbaro afogando as mágoas em bebida (sempre bebeu para se divertir, nunca para esquecer) e tendo visões da Bêlit (nunca ficou remoendo o passado, sempre seguiu em frente).

Acho que é uma versão moderna de Conan, mais humanizado, menos uma força perfeita da natureza, uma espécie de única esperança contra o mal, e uma celebração da vida. Talvez seja o que a sensibilidade dos novos leitores exigem. Não me incomoda, mas prefiro o original.

Fonte: Dark Horse

Tagged

Primeiro teaser do Lupin III live-action

O primeiro teaser de Lupin III foi exibido em um programa na TV japonesa e já está disponível na internet. Durante os breves segundos de vídeo é possível ver um pouco de cada um dos personagens principais. Lançamento em agosto, no Japão.

© Toho

O longa vai recontar a origem da gangue de Lupin III, neto do famoso ladrão literário Arsene Lupin, e o seu conflito com o inspetor Zenigata.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Rápido! Rápido demais para julgar devidamente. Parece similar à maioria dos filmes de ação/comédia japoneses de anos recentes: boa ação, mas atuação caricata demais.

Lembro quando a Locomotion (depois Animax, depois sei lá se ainda existe) passava episódios diários de uma das séries antigas de Lupin, e como nunca assisti nenhum episódio, exceto trechos aleatórios. Foi uma oportunidade desperdiçada, acho.

Não parecia horrível, mas também não parecia interessante demais. Sei lá, quem sabe deveria assistir somente ao longa do Miyazaki, o Castle Cagliostro.

Fonte: io9

Tagged

O que fazer quando alguém invadir sua casa

Michael C. Hall (Dexter) é um pai de família que fica famoso após matar um invasor em sua casa, no longa Cold in July. Enquanto a polícia afirma que ele matou uma pessoa diferente da que invadiu sua propriedade, o pai do morto (Sam Shepard) aparece procurando vingança.

© IFC Films

O filme é baseado no livro de mesmo nome de Joe R. Lansdale, inédito no Brasil, premiado escritor de horror, velho oeste, fantasia e roteirista de HQs de super-heróis.

Lançamento limitado em maio, nos EUA.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Se esse filme não te convencer a comprar uma arma, o que mais convenceria? Apesar da situação aterrorizadora em que o protagonista se encontra, a trama parece ficar ainda mais complexa. Segundo a sinopse, ele e o criminoso que o atormenta logo se aliam para descobrir porque estão tentando “plantar” o morto errado em sua casa. Que loucura. Deu vontade de ler o livro.

Fonte: Deadline

Tagged

Ghibli escolhe duas novas protagonistas

Os estúdios Ghibli divulgaram o nome das duas atrizes que vão dublar os papéis principais em Omoide no Marnie (Quando Marnie não estava lá). Sara Takatsuki e Kasumi Arimura serão protagonistas no primeiro longa da Ghibli com duas personagens femininas em destaque, e também o primeiro após a aposentadoria de Hayao Miyazaki.

anna

marnie
© Ghibli

De acordo com o site Goodreads, a sinopse do livro é: “Anna é uma solitária criança enviada para uma pequena vila em Norfolk no verão. Lá ela faz amizade com uma misteriosa e significante garota chamada Marnie e descobre muito sobre seu passado. A medida que a trama avança, se torna óbvio que a solidão não é a única coisa que estas duas meninas têm em comum”. O longa deve ser lançado no Japão em julho.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

É uma história de fantasma, não? Aposto que sim. A Ghibli sempre faz esses filmes protagonizados por crianças enfrentando desafios reais e pessoais, e amadurecendo através da resolução desses conflitos. Nesse caso, a protagonista vai lidar com a dificuldade de se comunicar com outras pessoas e também com o sentimento de perda. Bonitinho. Espero que seja um fantasma mesmo, caso contrário não se encaixa nas categorias do blog. Assim como o filme anterior, ainda do Miyazaki, sobre um engenheiro de aviões na segunda ou primeira guerra mundial.

Fonte: Anime News Network

Tagged

Mais variedade para o Inner Sea no RPG Pathfinder

A editora Paizo anunciou suas novidades para este mês ainda, no RPG de mesa Pathfinder. Dentro do cenário de campanha Inner Sea (um conjunto de vários reinos no mundo de Golarion) são dois títulos: Combat e Gods. No primeiro estão disponíveis novas classes de prestígio, arquetipos para montar personagens, listas de NPCs famosos no mundo das artes marciais, bem como mais regras para combate. Versão impressa por US$ 19,99 e digital por US$ 13,99 a partir do dia 30 de abril.

combat

gods
© Paizo

Já em Inner Sea Gods o alvo são as religiões dessa parte do mundo, com detalhes sobre as igrejas e seus seguidores, e mais de 300 divindades. Novas classes de prestígio, que podem ser customizadas para cada um dos 20 deuses principais, em um total de 60 classes novas. A editora também afirma que o livro inclui novos feats, magias, itens mágicos e monstros. Versão impressa por US$ 39,99 e digital por US$ 27,99.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Sempre gostei de mestrar, talvez por nunca ter sido um jogador muito bom ou coerente. Comecei a mestrar as aventuras gratuitas de Pathfinder para meus filhos, traduzindo e explicando todas as regras sempre que possível/necessário. Dá um trabalho do cão. E também é um dos pontos fracos de ser o único dono dos livros de regras, ou o único capaz de lê-los. Você tem que fazer absolutamente tudo.

Depois de algumas semanas eles já conseguem lembrar de várias regras, tem boa iniciativa para resolver problemas e enigmas, mas ou não lembram ou não tem interesse por mecânicas mais complexas. Em sete sessões só usaram uma única vez as manobras de combate, apesar de eu já tê-las descrito e explicado pelo menos em duas ocasiões – o resultado são combates sabor baunilha.

Acho que vou colocar inimigos para usar as tais manobras, mas daí vou acabar criando vantagens injustas para o lado dos monstros. Se por um lado talvez convença-os a usarem mais criatividade marcial, talvez desanime-os pela surra. Crianças são absurdamente complicadas.

E como estão caros esses livros. A Paizo está maluca.

Fonte: Paizo.com

Tagged

Bruxas de verdade em Salem de mentira

Neste final de semana será lançado o seriado Salem, no canal da TV a cabo WGN America. O programa se passa na cidade de mesmo nome, durante a pequena inquisição que matou várias pessoas no século XVII, acusadas de bruxaria. A premissa é que existiriam bruxas de verdade no local.

© Twentieth Century Fox Television

O único nome conhecido no elenco é Shane West, de A Liga Extraordinária.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Exatamente o que eu estava dizendo, horror visual presente na televisão. É claro que se trata de um desconhecido canal de TV a cabo, então a violência e nudez podem alcançar níveis impossíveis para a TV aberta.

O Shane West é inacreditável. O sujeito é tão ruim, tão canastrão, que dá para reconhecê-lo mesmo embaixo de um quilo de barba falsa, maquiagem, e um excesso de sombras. O programa parece extremamente vagabundo, mas a presença dele consegue garantir um patamar de porcaria que, sem ele, seria uma dúvida.

Aposto que aparece no Netflix em breve.

Fonte: ScreenCrush

Tagged

O bebê de Rosemary chega em maio

A nova versão do Bebê de Rosemary vai ser exibida pelo canal NBC, em dois episódios de duas horas, nos dias 11 e 15 de maio. Zoe Saldana é a nova protagonista, ao lado de Jason Isaacs e Patrick J. Adams.

rosemary
© NBC

Adaptado do livro Ira Levin, Rosemary é uma jovem mulher grávida, que se muda para a França com o marido e acaba caindo nas mãos de um culto diabólico, seus vizinhos.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Um teaser está sendo distribuído aqui e ali pela internet, mas como o próprio canal está colocando entraves na sua exibição, deixei de fora. Se não querem divulgação, ótimo.

Nunca vi o filme original, como admiti no hover text da foto acima, mas já li/ouvi falar bastante a respeito, o suficiente para saber que é um tremendo horror psicológico, onde o bebê possuído nunca aparece, ou quase nunca. Esse tipo de material funciona muito bem na televisão, que pode caprichar no trabalho de câmera e trilha para criar o suspense ou os sustos.

Se bem que o horror visual está ficando comum na TV também, então talvez vejamos algum monstrinho engatinhando por aí. Mas eu duvido.

Fonte: Coming Soon

Tagged

All You Need is Kill vai ganhar uma sequência

Hiroshi Sakurazaka, autor do livro All You Need is Kill, anunciou na revista Miracle Jump que está escrevendo uma continuação do seu popular romance sobre ciclos no tempo e uma guerra contra alienígenas.

all you need is kill
© VIZ Media

Atualmente a obra está sendo adaptada em quadrinhos pelo mangaka Takeshi Obata, conhecido por Death Note, e também vai chegar aos cinemas em breve, em uma versão protagonizada por Tom Cruise, chamada No Limite do Amanhã.

________________________________ ◊ Opinião ◊ _____________________________

Boa novidade, o livro é realmente bem bacana, bem curto e cheio de ação. Adoraria ler mais algumas coisas do Sakurazaka, ver se manteve o gênero, do que mais é capaz de fazer. Preciso dar uma olhada na Amazon, descobrir se traduziram mais livros do sujeito.

Mas confesso que a ideia é bem inusitada, não imaginava que o cinema americano tivesse tanta influência no Japão, no mercado cultural, editorial. Porque não dá para imaginar que isso seja coincidência. Duh.

Fonte: Anime News Network

Tagged
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 80 other followers